FaceBook Twitter Google+
Início » Eventos de Teatro / Circo
Camerata Florianópolis apresenta ópera-rock "Frankenstein"



Quando: 27, 28 e 29 de junho, às 20 horas
Onde: Teatro Ademir Rosa (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: R$110 inteira e R$55 meia-entrada
Evento no FB: www.facebook.com/events/2107525552595262

A Camerata Florianópolis sempre busca inovar e trazer apresentações e projetos diferentes para o público e mais uma surpresa está sendo preparada, a Ópera Rock “Frankenstein”.

O espetáculo terá sua estreia nos dias 27, 28 e 29 de junho no Teatro Ademir Rosa, do CIC (Centro Integrado de Cultura), em Florianópolis. No dia 26, terça-feira às 14h, também no Teatro do CIC, será realizada uma récita direcionada a professores e alunos, com entrada gratuita mediante listagem. Abaixo seguem informações sobre a distribuição e venda de ingressos.

Criada pelo compositor Alberto Heller, a ópera-rock FRANKENSTEIN é uma grandiosa produção, que envolve orquestra sinfônica, banda e um grande elenco de coro e solistas. O que torna o espetáculo ainda mais especial é a homenagem aos 200 anos da publicação original do romance da escritora britânica Mary Shelley. A emoção fica por conta do tom dramático do livro, mesclado aos acordes da orquestra. Um espetáculo que irá surpreender! Diferente de tudo que você já viu e ouviu.

“Me apaixonei pelo livro do Frankenstein, as pessoas conhecem o filme de terror, mas o livro original é um drama existencial, uma tragédia com todos os elementos de tragédia grega e é extremamente filosófico, profundo e eu me encantei por essa história do livro. E pensei, isso é uma Ópera perfeita.”, explica Heller sobre o projeto.

A produção é uma realização da Camerata Florianópolis, com regência de Jeferson Della Rocca, direção cênica de Renato Turnes, direção artística do próprio Alberto Heller e produção executiva de Maria Elita Pereira.

Nos papéis principais, grandes nomes do canto lírico e do rock nacional como Alirio Netto (no papel da Criatura), Rodrigo “Gnomo” Matos (Victor Frankenstein), Carla Domingues (Elizabeth), Masami Ganev (Justine), Daniel Galvão (Henry), Alexei Leão (Robert Walton) e Claudia Ondrusek (Agatha) – além de coro masculino, banda e orquestra sinfônica.

Com libreto adaptado a partir da obra homônima de Mary Shelley (livro que comemora neste ano de 2018 exatos 200 anos desde sua publicação), a ópera-rock FRANKENSTEIN se propõe a resgatar a dimensão trágica e existencial do original – distanciando-se assim das adaptações cinematográficas que costumam transformar essa profunda e riquíssima história num conto de terror. Nesta ópera, a concepção (tanto do libreto quanto da música) é altamente dramática, dramaticidade que não diminui pelo fato de se tratar de uma ópera-rock. Embora formalmente possa ser vista como um musical, estilisticamente FRANKENSTEIN se diferencia da tradição dos musicais (que em geral têm forte influência pop, como no caso dos musicais da Broadway ou mesmo nos da Disney e similares), resultando numa mescla única em seu gênero no contexto das produções contemporâneas.

Os vários temas que se entrelaçam na história continuam absolutamente atuais: a relação entre criador e criatura, os limites éticos nas pesquisas científicas (discussão que se estende desde a clonagem até as células-tronco, passando ainda pela robótica e pela inteligência artificial), as ambiguidades e os conflitos da natureza humana, o sentido da existência (quem somos, de onde viemos, para onde vamos), a relatividade do bem e do mal, o mistério da vida e da morte, as dificuldades frente à diferença e à alteridade e vários outros temas que, além de atuais, mostram-se universais: extrapolam o contexto europeu no qual e do qual nasceram e encontram solo fértil em nossa realidade local.

O libreto e a composição musical são de autoria do compositor Alberto Heller, músico várias vezes premiado, autor de concertos, sinfonias, música para teatro, dança e cinema e que une aqui seu conhecimento musical ao literário (é doutor em Literatura e membro da Academia Catarinense de Letras e Artes). Nos últimos dez anos foi também o responsável pelos arranjos das várias edições do projeto Rock’n Camerata junto à Camerata Florianópolis – trabalho esse que foi inspirador para a composição de sua ópera-rock.

Além da estreita ligação com o rock, também a presença da ópera é fortíssima na vida da orquestra Camerata Florianópolis: nos últimos vinte anos o grupo, dirigido pelo também muitas vezes premiado maestro Jeferson Della Rocca, estabeleceu Florianópolis como um dos mais importantes polos operísticos do país, interpretando obras como La Traviata, Rigoletto, Carmen, A Flauta Mágica, Cavalleria Rusticana, O Barbeiro de Sevilha e muitas outras, sempre em produções impecáveis e elogiadas pela crítica.

A ópera-rock Frankenstein (obra em dois atos, com duas horas de duração) será cantada em inglês (com legendas simultâneas em português), mantendo assim a musicalidade da língua na qual a história foi originalmente concebida. Uma história profunda e comovente transformada numa ópera que promete ser uma das mais ambiciosas e originais produções dos últimos anos – não apenas em nível nacional.

Libreto e composição: Alberto Heller
Regência e direção musical: Jeferson Della Rocca
Direção Cênica: Renato Turnes
Direção artística: Alberto Heller
Iluminação: Hedra Rockenbach
Figurinos: José Alfredo Beirão
Cenografia: Sandro Clemes
Preparação do coro: Claudia Ondruseck
Produção: Maria Elita Pereira
Realização: Camerata Florianópolis

Saiba mais: https://www.operafrankenstein.com/

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: Não recomendado para menores de 14 anos

INGRESSOS
Abaixo seguem informações sobre a distribuição e venda de ingressos:

Récita dia 26/junho - 14 horas
ENTRADA FRANCA (sem lugar marcado)
Direcionada para alunos (com 14 anos ou mais) e professores
Entrega de 500 ingressos na bilheteria do CIC, no dia 11 de junho, a partir das 14h.
Cada aluno/professor poderá retirar até 2 ingressos.
Na entrada no teatro (no dia do espetáculo) será solicitada a apresentação de comprovante (professor ou aluno).
Os demais 406 ingressos estão reservados para escolas públicas e projetos sociais que formarão grupos de alunos/professores.

Récita dia 27/junho - 20 horas
ENTRADA FRANCA (sem lugar marcado)
Entrega de 700 ingressos na bilheteria do CIC, no dia 12 de junho, a partir das 14h.
Cada pessoa poderá retirar até 2 ingressos.
Os demais 206 ingressos estão reservados para FCC, imprensa, autoridades e convidados da orquestra/elenco/coro/staff. As récitas dos dias 26 e 27 de junho estão sendo viabilizadas pelo Governo do Estado de Santa Catarina - Fundação Catarinense de Cultura.

Récitas dias 28 e 29/junho - 20 horas
Espetáculos com lugares marcados.
Os ingressos podem ser adquiridos nas bilheterias dos teatros (CIC, TAC e Pedro Ivo), sede da Camerata Florianópolis e pela Blueticket (site e lojas) no link: www.blueticket.com.br/?secao=Eventos&q=frankenstein
Plateia inferior (Inteira R$ 110,00 - Clube Assinante R$ 88,00 - Meia R$ 55,00)
Plateia superior (Inteira R$ 70,00 - Clube Assinante R$ 56,00 - R$ Meia 35,00)

Camerata Florianópolis apresenta ópera-rock "Frankenstein"


Categorias: Teatro / Circo, Música
Tags: Ópera, Rock
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 25 Junho 2018 Sala Verde UFSC promove atividades gratuitas
até 25 Junho 2018 Inscrições para 1.937 vagas em 49 cursos gratuitos técnicos e Proeja do IFSC
até 20 Julho 2018 12ª Feira de Artes Entremostras abre inscrições


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar