FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Novembro 2017
Exposição "Entre Rendas e Narrativas" no Mercado Público faz homenagem às rendeiras



Quando: até 4 de novembro
Onde: Mercado Público - Centro
Endereço: Rua Jeronimo Coelho, 60 - Centro
Quanto: Gratuito

A Galeria de Artes no piso superior do Mercado Público recebe na próxima quarta-feira, 18 de outubro, às 19h30, a Exposição Entre Rendas e Narrativas, em alusão ao Dia Municipal da Rendeira e do Rendeiro, comemorado em 21 de outubro.

A mostra segue até 04 de novembro e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 13h às 19h e aos sábados das 10h às 14h. A entrada é gratuita.

A exposição apresentará obras dos artistas: Décio David, Elias Andrade, Elita Ramos, Laércio Luiz, Luz Cúrcio, Maria das Rendas, Marilene Orleans, Maurílio Roberge, Tolentino Santanna Neto, Talyta Bastos e Vera Sabino. Todos os artistas convidados desenvolvem o labor de fazer rendas ou criam narrativas pessoais tendo como base a referida tradição.

De acordo com os organizadores, Marcelo Seixas e Sandra Nunes, a exposição pretende mostrar a importância do fio para a humanidade e a necessidade de evolução de certas práticas para permanecerem vivas no mundo contemporâneo.

Presente em praticamente todas as culturas, do oriente ou do ocidente, o simbolismo do fio está associado àquele agente que liga todos os estados da existência entre si, e ao seu principio, sendo, portanto, o responsável por conectar este mundo, o outro mundo e todos os seres.

Em culturas orientais, como as do Japão e China, muitas iniciações femininas incluíam um trabalho de tecelagem ritual associado à reclusão, à noite, ao inverno. Assim, o trabalho de tecelagem simboliza a estrutura e o movimento do universo, associando a tecelagem a um trabalho de criação, de parto, pois todos os instrumentos relacionados a esta prática são tidos como símbolos do destino, pois tecer é, antes de tudo, um ato de criação de novas formas, pois controla não somente os nascimentos como, também, o decurso dos dias e o encadeamento dos atos.

Os trabalhos selecionados na Exposição Entre Rendas e Narrativas procuram sinalizar aquilo que é potência, ou seja, a possibilidade de superação da própria tradição que ao ser infinitamente repetida copiada e replicada, absorve a força necessária para dar o salto necessário para reinventar-se e renascer pronta para as demandas e anseios do contexto atual.

Afinal, como as próprias rendeiras já perceberam, inovar e diversificar a produção é questão de sobrevivência, assim como profissionalizar, agregar valor ao trabalho também o é para atrair as jovens e preservar a tradição. Assim como nas artes, a tradição também precisa ser criativa para seguir em frente e superar as adversidades.
Exposição "Entre Rendas e Narrativas" no Mercado Público faz homenagem às rendeiras


Categorias: Novembro 2017
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Junho 2018 Make Music Day terá aulas gratuitas de sete modalidades na Escola de Música Rafael Bastos
até 19 Junho 2018 12ª Feira de Artes Entremostras abre inscrições
até 19 Junho 2018 Inscrições para 1.937 vagas em 49 cursos gratuitos técnicos e Proeja do IFSC
até 20 Junho 2018 Sala Verde UFSC promove atividades gratuitas


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar