FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Fevereiro 2014
Exposição Portas Abertas: o acervo oculto do Museu Histórico de Santa Catarina



Quando: até 2 de fevereiro de 2014
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina, MHSC - Palácio Cruz e Sousa
Endereço: Praça XV de Novembro, 227 - Centro
Quanto: Gratuito

Visitação: de terça a sexta-feira, das 10h às 18h.
Sábados e domingos, das 10h às 16h

De 20 de dezembro de 2013 a 02 de fevereiro de 2014 o público poderá ter acesso a oito obras do acervo de pinturas do Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa, espaço administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) no Centro de Florianópolis. A exposição Portas Abertas: o acervo oculto do Museu Histórico de Santa Catarina apresenta obras que revelam parte da composição da coleção de arte do museu.
 
Entre os trabalhos expostos estão criações de Sebastião Vieira Fernandes, Martinho de Haro, Darkir Parreiras e L. Auj. Moreau. A exposição aproxima o público de personagens que marcaram diferentes momentos da história catarinense.
 
As obras
 
De Darkir Parreiras (1894 – 1967) será exposto o quadro O Extermínio da Família Dias Velho. Feita em 1927 com a técnica de óleo sobre tela, a obra retrata o bandeirante paulista, Francisco Dias Velho, fundador do povoado da Ilha de Santa Catarina, e sua família. Do mesmo autor, será exposto ainda o trabalho Garibaldi e Anita, de 1921. O óleo sobre tela mostra Anita, conhecida por ser uma lenda nas lutas liberais nos dois lados do Atlântico e, por isso, é conhecida como "Heroína dos dois mundos”, e Giusepe Garibaldi, revolucionário italiano que participou da Revolução Farroupilha em terras catarinenses.
 
O pintor L. Auj. Moreau é representado por duas telas: Retrato de Jacinto José da Luz, de 1885, que traz o abastado comerciante na região de Desterro, esposo de Joaquina Ananias Neves e pai do ex-governador Hercílio Luz; e Barão de Cheneburg, do mesmo ano, com a imagem de Maximiliano Von Schneéburg, alemão que morou no Brasil e por cerca de 40 anos se dedicou ao governo como capitão do Imperial Corpo de Engenheiros e diretor da colônia Itajahy (Itajaí), cujo cargo ocupou até 1867.
 
Sebastião Vieira Fernandes (1866 - 1943) é lembrado com a obra São Gerônimo, cujo ano não foi identificado, no qual retrata o santo que foi escritor e intelectual erudito, dono de uma das mais célebres bibliotecas do mundo e também conhecido por transpor pela primeira vez o Antigo Testamento em hebraico para o latim. Do mesmo autor, o público poderá contemplar, ainda, o trabalho Primeira Missa no Brasil, uma cópia de 1929 da célebre obra de Vitor Meirelles (1860) em referência ao momento histórico que representa o contato oficial dos europeus com os indígenas no Brasil. Sebastião foi discípulo e aluno de Meirelles em 1866 na Academia Imperial de Belas Artes.
 
De Martinho de Haro será exposta a obra O Gaúcho, de 1976, em óleo sobre tela. A exposição traz ainda o quadro Almirante Jesuíno Lamego Costa (Barão de Laguna), de autoria e data não identificadas, com a imagem de Jesuíno Lamego Costa (1811-1886) natural de Laguna, que além de militar foi deputado geral (1860 a 1872) e senador (1872 a 1886) do Império Brasileiro.
Exposição Portas Abertas: o acervo oculto do Museu Histórico de Santa Catarina

Categorias: Fevereiro 2014
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 09 Dezembro 2016 Exposição "Conexões Viscerais" e... >> Exposições
até 14 Dezembro 2016 Inscrições para Projeto Verão Cultural CIC... >> Música
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar