FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Julho 2014
Teias Culturais Agroecológicas: saberes e sabores



Quando: 11 Julho 2014, Sexta-feira, às 16 horas
Onde: Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/498487356948292

Apresentar um olhar contemporâneo sobre a força da cultura ligada aos engenhos de farinha e aos ranchos de pesca do litoral catarinense é a idéia da mostra artístico-gastronômica Teias Culturais Agroecológicas, que acontece na próxima sexta, 11 de julho, às 16h, no CIC. O evento traz na programação o lançamento da coleção livro+vídeo Engenhos da Cultura, que aborda experiências de articulação comunitária e de movimentos sociais voltados para a preservação do patrimônio agroalimentar e cultural dos engenhos de farinha de mandioca, além da mostra fotográfica e audiovisual Luas de Maio, com exibição do documentário Antes do Inverno, um retrato da pesca artesanal da tainha em Bombinhas. A promoção da mostra é da Rede Cultura Viva SC, através de dois Pontos de Cultura: Engenhos de Farinha (Florianópolis) e Engenho do Sertão (Bombinhas).

Mais do que vistos e ouvidos, as histórias e saberes tradicionais do litoral catarinense também poderão ser degustados durante o evento, no coquetel agroecológico com produtos típicos e novas fusões preparadas por chefs do Movimento Slow Food. Um destes quitutes, a bijajica (bolo preparado com massa de mandioca, amendoim e especiarias), acaba de entrar para a Arca do Gosto do Slow Food, catálogo de alimentos ameaçados de extinção mas que continuam sendo saboreados e ensinados através das gerações. Outro produto catarinense que entrou para a Arca foi o Butiá, fruta nativa do Sul do Brasil.

Para completar as ações de fomento à (agri)cultura dos engenhos, o evento simboliza o fortalecimento da articulação da Rede de Engenhos de Farinha da Grande Florianópolis. Através do Ponto de Cultura Engenhos de Farinha, a Rede encaminhará em agosto para a FCC o pedido de salvaguarda do modo de fazer a farinha polvilhada de Santa Catarina como Patrimônio Cultural Imaterial estadual.


PROGRAMAÇÃO

16h – Exibição do vídeo ENGENHOS DA CULTURA: teias agroecológicas e comentário dos mestres e mestras da Rede dos Engenhos Artesanais da Grande Florianópolis.

17h – Exibição do documentário ANTES DO INVERNO, com comentário dos realizadores da Tramela Produções.

18:00 – Coquetel agroecológico e lançamento do livro ENGENHOS DA CULTURA: teias agroecológicas.

Paralelamente estará aberta a exposição fotográfica Luas de Maio – Edição Florianópolis, com degustação de produtos típicos de Bombinhas.


Rede Cultura Viva SC

Reúne diversos Pontos de Cultura do estado. Os Pontos de Cultura fazem parte do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, e são formados por grupos que promovem a inclusão social por meio de atividades culturais e alcançam adultos, idosos, jovens e crianças com suas ações. A ideia é atender iniciativas desenvolvidas pela sociedade civil, que firmam convênio com o Ministério da Cultura (MinC), por meio de seleção por editais públicos. Atualmente, existem 60 Pontos em Santa Catarina, administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Sobre o Ponto de Cultura Engenhos de Farinha: projeto realizado pelo Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (www.cepagro.org.br) desde 2010. Através de cursos, oficinas, intercâmbios entre produtores e debates com públicos diversos, busca-se a promoção do patrimônio agroalimentar e cultural dos engenhos artesanais de farinha de mandioca, seja como espaços de memória ou como unidades produtivas, apostando na articulação em rede. Estas metodologias e ações são retratadas na coleção livro+vídeo Engenhos da Cultura, organizada pela historiadora Gabriella Pieroni, que também coordena o projeto.


Engenho do Sertão

O Ponto de Cultura Engenho do Sertão é uma iniciativa do Instituto BoiMamão de Fomento à Cultura, sediado num antigo engenho de farinha, onde funciona o Museu Comunitário Engenho do Sertão. Além de atrativo turístico, o Museu promove oficinas de arte-educação envolvendo aspectos da cultura popular local e percepção ambiental para estudantes de 14 a 18 anos e aulas de antropologia para pós-graduandos da Univali, constituindo uma importante referência histórica para a comunidade de Bombinhas.


Luas de Maio


Iniciativa voltada à circulação e difusão do patrimônio cultural da cidade de Bombinhas através de linguagens artísticas, abrangendo mostras de cinema etnográfico, fotográficas e degustações gastronômico-culturais. O projeto é realizado pela Tramela Produções Culturais, formada pelo diretor e produtor audiovisual Santiago Asef, a arte-educadora Aline Vieira e o escritor e poeta Marcos Pinheiro. A última obra do coletivo artístico é o documentário Antes do Inverno, apoiado pela Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, que retrata o cotidiano dos pescadores que mantêm viva a tradição da pesca artesanal da tainha.


Teias Culturais Agroecológicas: saberes e sabores


Categorias: Julho 2014
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 22 Novembro 2017 Mostra CIC 100 Anos de Animação no Brasil ... >> Cinema Gratuito
até 24 Novembro 2017 Inscrições para curso gratuito de Formação... >> Educação / Cursos
até 26 Novembro 2017 5ª Edição da Orquestra de Baterias >> Música
até 10 Dezembro 2017 Inscrições para 3.224 vagas em cursos grat... >> Educação / Cursos
até 10 Dezembro 2017 Udesc abre inscrições para formação comple... >> Educação / Cursos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar