FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Setembro 2014
Ciclo do Divino Espírito Santo 2014



Quando: de maio a setembro
Quanto: Gratuito

Em atenção à Lei Municipal nº 8010/2009, a Fundação Franklin Cascaes organiza a abertura do ciclo de festividades há cinco anos, assim como apoia a realização da festa em várias comunidades do município. Em Florianópolis, o calendário cultural alusivo ao Divino Espírito Santo abrange o período de maio a setembro. Em 2014, abertura do Ciclo do Divino Espírito Santo será sábado, dia 24 de maio, no Centro da cidade.

Em 2014, integraram o ciclo de festividades do município as comunidades da Lagoa da Conceição, Monte Verde, Ribeirão da Ilha, Prainha, Trindade, Estreito, Rio Tavares e Pântano do Sul (junho); Campeche (julho); Barra da Lagoa (agosto); e Santo Antônio de Lisboa, Rio Vermelho e Canasvieiras (setembro).

O bairro de Canasvieiras sedia o último evento do Ciclo do Divino Espírito Santo em Florianópolis. Contando com diversas atividades culturais e religiosas durante três dias, a festa começa na sexta-feira, 26 de setembro, com um cortejo imperial pela rodovia Tertuliano de Brito Xavier, nas imediações da Igreja São Vicente de Paula, e inclui também gastronomia típica, novenas, bingos e shows. No domingo, 27 de setembro, às 17h, acontece o encerramento do ciclo de festividades, com a presença dos casais festeiros de 2015.


A Prefeitura da Capital, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, vem apoiando as Festas do Divino Espírito Santo que ocorrem anualmente no município, no período de maio a setembro. Registrada como patrimônio histórico, artístico e cultural de Santa Catarina (Lei Estadual nº 15.731/2012), essa tradição foi introduzida pelos imigrantes vindos dos Açores em 1748, enraizando-se no litoral catarinense.

Festa do Divino

Mesclando elementos religiosos, profanos e folclóricos, a Festa do Divino é comemorada a partir das celebrações de Pentecostes (50 dias após a Páscoa), envolvendo um expressivo conjunto simbólico que traduz a devoção ao Espírito Santo. Os festejos abrangem peditórios, novenas, promessas, oferendas, folguedos populares, bailes, folias e cantorias. Contemplam também a procissão da corte imperial e a cerimônia de coroação do Imperador, principal momento da festa, que traz como símbolos a coroa, o cetro, a salva e a bandeira.

Ornada com fitas multicoloridas, com uma pomba branca no alto do mastro, a Bandeira do Divino tem presença emblemática em todas as cerimônias do ciclo festivo na Capital e, sua passagem pelas ruas das comunidades, anuncia o início dos festejos. Ao som de rabeca, viola e tambor, os foliões do Divino seguem de casa em casa, arrecadando donativos para as festividades, mantendo uma tradição de mais de dois séculos. Entre os devotos, é comum tocar e beijar a bandeira nas celebrações, em sinal de respeito e fé.  

Rica em significados, a Festa do Divino Espírito Santo ocorre em várias cidades do mundo onde existe a presença açoriana. Simbolizando a esperança na chegada de uma nova era que trará paz, liberdade e solidariedade, a festa celebra a constituição do Império da Igualdade, onde predomina a partilha, a caridade e a união entre as pessoas. 


Divina Tradição

Alguns historiadores contam que a Festa do Divino Espírito Santo surgiu na Alemanha, no século 12, propagando-se posteriormente para a Europa, e em especial para Portugal e arquipélago dos Açores, onde essa manifestação popular ganhou maior dimensão. A origem da festa em terras portuguesas é atribuída à devoção da Rainha Isabel de Aragão.

Em 1282, a jovem casou-se com Dom Dinis, Rei de Portugal, e dessa união nasceu Afonso, herdeiro legítimo do trono português. Porém, o rei demonstrava predileção por Afonso Sanches, filho nascido fora do casamento, situação que despertou um ciclo de desavenças e disputas familiares pela conquista do trono.

Temendo a morte do esposo ou do filho nesses conflitos, Dona Isabel de Aragão, apegada às convicções cristãs, prometeu ao Espírito Santo um dia de culto e a própria coroa se a paz voltasse à família e ao reino. Atribuindo a dádiva alcançada ao poder divino, a rainha levou a prometida coroa real à Igreja do Espírito Santo, na Vila de Alenquer, no Dia de Pentecostes, seguindo em procissão com a participação de nobres do reino carregando estandartes com o símbolo do Espírito Santo.

Durante as celebrações, foi realizada uma cerimônia simbolizando a instituição do Império do Espírito Santo, ocasião em que um banquete (o bodo) foi partilhado com os pobres. Nessa data, pessoas humildes receberam as insígnias do poder real, a coroa e o cetro, para externar a vontade do rei e da rainha em servir ao povo no espírito da igualdade, caridade e humildade.

Por determinação da Casa Real, a festa consagrada ao Espírito Santo passou a se realizar todos os anos, na mesma data, ultrapassando as fronteiras do tempo e do território português. Pela vida voltada à caridade e prática do bem, Isabel de Aragão ficou conhecida como "Rainha Santa”, sendo canonizada pela Igreja, em 1625, em razão de diversos milagres a ela atribuídos.

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL / FESTAS NAS COMUNIDADES

MAIO

Abertura do Ciclo do Divino Espírito Santo será sábado, dia 24 de maio!
Veja programação:

  • 24 de maio (sábado) – Centro

*Abertura do Ciclo do Divino Espírito Santo 2014

  Local: Rua Padre Miguelinho, 58 - Centro (Em frente à Casa da Memória)

9h      – Concentração dos festeiros e cortejos das comunidades

              Rua Padre Miguelinho (em frente à Casa da Memória)

10h     – Hasteamento da Bandeira do Divino e bênção dos pães

11h     – Desfile de cortejos das Festas do Divino pelas ruas do Centro

           – Encontro das Bandeiras do Divino e apresentações culturais

12h     – Confraternização das comunidades / abertura do Ciclo do Divino 2014

    Local: Largo da Catedral (Em caso de chuva: interior da Catedral Metropolitana)

 

JUNHO

 

  • 6 a 8 de junho

*Festa do Divino - Monte Verde

  Rodovia Virgílio Várzea nº 538

  (Imediações da Igreja Matriz São Francisco Xavier / Monte Verde)

  Casal Festeiro: Márcio Alexandre e Bernadete Ferreira Alexandre 

 

*Festa do Divino - Lagoa da Conceição

  Rua Francisca Luiza Vieira

  (Imediações do Santuário da Imaculada Conceição / Lagoa da Conceição)

  Casal Festeiro: Maurílio Valmiro da Silveira e Sandra Terezinha da Silveira

 

*Festa do Divino - Ribeirão da Ilha

  Dia 6 - Rodovia Baldicero Filomeno nº 1684

              (Capela Santo Estêvão / Alto Ribeirão)

  Dias 7 e 8 - Praça Hermínio Silva

             (Imediações da Igreja de Nossa Senhora da Lapa / Freguesia)

  Casal Festeiro: Cesar Ciro Pereira e Maristela Aparecida Silva

 

  • 6 a 15 de junho

 *Festa do Divino - Trindade

  Praça Santos Dumont nº 94

  (Imediações da Paróquia da Santíssima Trindade / Trindade)

 Casal Festeiro: Valmiro Reis da Silva Filho e Maria Helena Sardá da Silva

 

  • 7 e 8 de junho

 *Festa do Divino - Prainha

  Rua 13 de maio

  (Imediações da Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus / Prainha)

  Casal Festeiro: Juracy Manoel Pires e Maria Catarina Pires

 

  • 13 a 15 de junho

*Festa do Divino - Estreito

  Rua Souza Dutra nº 442

  (Imediações do Santuário Nossa Senhora de Fátima / Estreito)

  Casal Festeiro: Vítor Conradi e Saula Bense Conradi

 

*Festa do Divino - Rio Tavares

  Rua do Divino Espírito Santo

  (Imediações da Capela Bom Jesus / Cachoeira do Rio Tavares)

  Casal Festeiro: Alcebíades Vital  Pinheiro e Madalena Demétrio Pinheiro

 

  • 28 e 29 de junho

*Festa do Divino - Pântano do Sul

  Rua Abelardo Otacílio Gomes

  (Imediações da Igreja do Pântano do Sul)

  Casal Festeiro: Osvaldo Leôncio Duarte e Maria Olga Duarte

 

JULHO


  • 19 e 20 de julho

*Festa do Divino - Campeche

  Rua da Capela nº 1347

  (Imediações da Capela de São Sebastião / Campeche)

  Casal Festeiro: Eriberto José de Souza e Nair Braulina Costa

 

AGOSTO

  • 29 a 31 de agosto

*Festa do Divino - Barra da Lagoa

  Rua Amaro Coelho nº 35

  (Imediações da Igreja e da Praça de Esportes /Barra da Lagoa)

  Casal Festeiro: Natalino Manoel Gonçalves  e Luiza Ana Gonçalves

   

SETEMBRO

  • 5 a 9 de setembro

*Festa do Divino - Santo Antônio de Lisboa

  Caminho dos Açores nº 2450

  (Imediações da Igreja Nossa Senhora das Necessidades / Santo Antônio de Lisboa)

  Casal Festeiro: Edemilson Neves Damasceno e Maria Helena Possenti Damasceno


  • 12 a 14 de setembro

 *Festa do Divino - Rio Vermelho

  Rodovia João Gualberto Soares

  (Imediações da Igreja São João Batista e Praça João G. Soares / Rio Vermelho)

  Casal Festeiro: Alexandre Ferreira e Zélia Olinda Coelho Ferreira

 

  • 26 a 28 de setembro

*Festa do Divino - Canasvieras

  Rua Tertuliano de Brito Xavier (Imediações da Igreja São Francisco de Paula / Canasvieiras)

  Casal Festeiro: Luiz Antônio Schmidt e Marlucia José da Silva

 

  • 28 de setembro – Canasvieiras

*Encerramento do Ciclo do Divino Espírito Santo 2014

  Rua Tertuliano de Brito Xavier (Imediações da Igreja São Francisco de Paula / Canasvieiras)

17h     – Encontro das Bandeiras do Divino

17h30 – Desfile de cortejos pelas ruas da comunidade

18h     – Missa com apresentação dos casais festeiros de 2015

19h     – Descerramento da Bandeira do Divino

19h30 – Confraternização / Café da Partilha

Ciclo do Divino Espírito Santo 2014


Categorias: Setembro 2014
Tags: festa, Divino
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Junho 2018 Make Music Day terá aulas gratuitas de sete modalidades na Escola de Música Rafael Bastos
até 19 Junho 2018 12ª Feira de Artes Entremostras abre inscrições
até 19 Junho 2018 Inscrições para 1.937 vagas em 49 cursos gratuitos técnicos e Proeja do IFSC
até 20 Junho 2018 Sala Verde UFSC promove atividades gratuitas


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar