FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Outubro 2015
Ciclo Feliz Aniversário! - programação de outubro do Cineclube Ó Lhó Lhó



Quando: 29 Outubro 2015, Quinta-feira, às 18 horas
Onde: IFSC Campus Florianópolis
Endereço: Avenida Mauro Ramos, 950 – Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/1640096469612892

Em outubro, no mês do seu aniversário, o Cineclube Ó Lhó vai exibir cinco filmes metalinguísticos, ou seja, filmes que falam sobre filmes. As sessões ocorrem nas sextas-feiras às 18h na Sala de Artes Visuais do IFSC Câmpus Florianópolis, são abertas à comunidade externa, com entrada franca. E pra completar, além de filme bom, tem pipoca e tem debate. O ciclo inicia no dia 2 com o clássico "Cinema Paradiso", de 1988, dirigido por Giuseppe Tornatore.
OBSERVAÇÃO: Para os participantes que não estudam no IFSC, é necessário trazer o RG para entrar no campus.

Próximas sessões do ciclo, às 18 horas na Sala de Artes Visuais:
02/10 - Cinema Paradiso
09/10 - A Noite Americana
16/10 - Cada Um Com Seu Cinema
23/10 - 8½
29/10 - Ed Wood

Além das sessões normais, serão exibidos curtas metragens na hora do almoço, nas duas quartas-feiras antes do fim de outubro, dias 21 e 28. Essas sessões serão realizadas às 12h15 no Auditório do IFSC, onde é proibida a entrada de alimentos, portanto, não haverá pipoca. (Mas, para compensar, as poltronas são acolchoadas.)

Os curtas que serão exibidos ao longo destas duas sessões são:
-O Sanduíche (13min)
-Cinemaiêutica (15min)
-Um filme chamado Sfincter (15min)
-Os filmes que não fiz (16min)
-Isto não é um filme (22min)

Dia 2/10 - "Cinema Paradiso"
Direção: Giuseppe Tornatore. 1988. Itália. 124 minutos. Classificação Indicativa: 12 anos.
Sinopse: Salvatore Di Vita é um cineasta bem-sucedido que vive em Roma. Um dia ele recebe um telefonema de sua mãe avisando que Alfredo está morto. A menção deste nome traz lembranças de sua infância e, principalmente, do Cinema Paradiso, para onde Salvatore, então chamado de Totó, fugia sempre que podia, depois que terminava a missa (ele era coroinha). No começo, ele costumava espreitar as projeções através das cortinas do cinema, que o padre via primeiro para censurar as imagens que possuíam beijos, e fazia companhia a Alfredo, o projecionista. Foi ali que Totó aprendeu a amar o cinema.
Após um caso de amor frustrado com Elena, a filha do banqueiro da cidade, Totó deixa a cidade e vai para Roma, retornando somente trinta anos depois, por causa da morte de Alfredo. Ao final, o Novo Cinema Paradiso, já abandonado, acaba demolido pela prefeitura para construir um estacionamento. Voltando para Roma Totó assiste a uma fita com todas as imagens de beijo que o padre da cidade havia censurado.

Dia 9/10, na segunda sessão do Ciclo será exibido "A Noite Americana", filme de 1973 feito pelo cineasta francês François Truffaut. Confira a sinopse do filme:

O filme mostra Ferrand, um cineasta, durante a produção de um filme chamado Je vous presente Pamela, seus imprevistos, atores com ego inflado, problemas de bastidores, e as soluções improvisadas para concluir o projeto a tempo, como por exemplo, furtar um vaso do hotel onde o elenco estava hospedado para compor o cenário da casa da personagem "Pamela". Durante as filmagens de Je vous presente Pamela, Alphonse e Julie, os atores principais, têm um caso, mas ela não leva o caso adiante. Com ciúme, ele conta ao marido dela, que invade o set de gravação, enquanto o ator ameaça abandonar o projeto — e esse é só um dos problemas que Ferrand tem de enfrentar.

Dia 16/10, às 18h, dando continuidade ao ciclo metalinguístico que celebra o aniversário do Cineclube, exibem o filme "Cada Um Com Seu Cinema".

Como manda a tradição, vai ter pipoca e debate. Além disso, a IFSC TV vai estar lá a partir das 17h, recolhendo depoimentos sobre o cineclube. Quem quiser participar das gravações, é só chegar!

Sobre o fime: O filme é uma antologia que reune 34 curtas realizados por diretores aclamados de 25 países diferentes, entre eles o iraniano Abbas Kiarostami e o brasileiro Walter Salles, além de figuaas que já passaram pelo Cineclbe Ó Lhó, como os irmão Dardenne e Jean-Luc Godard (Ambos no Ciclo Greve!? com os filmes Dois Dias, Uma Noite e Tudo Vai Bem, respectivamente.)
Cada curta dura três minutos e foram encomendados em 2007 para a 60ª edição do Festival de Cannes, tendo como ponto de partida a relação do diretor com cinema e a sala de exibição.

Dia 23/10, sexta-feira, às 18h, o Cineclube Ó Lhó Lhó exibirá o filme autobiográfico do diretor italiano Federico Fellini, . Ele leva esse nome pois Fellini tinha dirigido nove filmes até então (com um deles sendo uma co-direção).

Confira a sinopse: O filme retrata a crise de criatividade de um cineasta chamado Guido Anselmi, que demonstra um certo esgotamento no seu estilo de vida e resolve se internar em uma estação-de-águas para buscar inspiração.
Usa de uma estratégia engenhosa para contornar o bloqueio criativo que—conta-se—o próprio Fellini estaria sentindo: contar a própria dificuldade de realizar um filme. E ainda obter o prestígio de fazer um filme metalinguístico, que usa a linguagem do cinema para comentar um filme que seus personagens estão fazendo. Ciclo Feliz Aniversário! - programação de outubro do Cineclube Ó Lhó Lhó

Categorias: Outubro 2015
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 04 Dezembro 2016 Campeonato de Surf na Barra da Lagoa >> Esportes
até 04 Dezembro 2016 8° Algodão Doce Especial Natal reúne arte,... >> Especiais / Outros
até 04 Dezembro 2016 Festival de Queimas Cerâmica Alternativa 2... >> Educação / Cursos
até 06 Dezembro 2016 Filme "O Filho Eterno" de graça ... >> Cinema Gratuito
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar