FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Maio 2016
SpokFrevo Orquestra faz show de lançamento do disco "Frevo Sanfonado"



Quando: 06 Maio 2016, Sexta-feira, às 21 horas
Onde: Teatro Governador Pedro Ivo
Endereço: Rodovia SC 401, 4600 - Saco Grande
Quanto: R$30 inteira e R$15 meia-entrada
Evento no FB: www.facebook.com/events/1575428599452697

No próximo dia 6 de maio, a Spok Frevo Orquestra, big band de frevo-jazz pernambucana ovacionada no País e no Exterior, estará no Teatro Pedro Ivo, em Florianopólis, para lançamento do seu terceiro disco "Frevo Sanfonado" em uma única apresentação.

O projeto é realizado pela Jaraguá Produções, com produção local da Verdura Produções e Harmônica Arte e Entretenimento. O patrocínio é da Petrobras, que tem garantido a circulação do grupo pelo Brasil e o lançamento do CD.

Em êxito exponencial desde o disco Ninho de Vespa (2013), o segundo registro de estúdio, colecionando uma gama de participações e concertos com prestigiosa visibilidade internacional — Jazz at Lincoln Center de NY e Berklee College of Music, nos EUA (outubro/2014), Do Frevo ao Jazz com o trompetista Wynton Marsalis no Parque Dona Lindu, no Recife/PE (abril/2015), Rock in Rio USA em Las Vegas (maio/2015) e turnê europeia pela Itália, Holanda e França (julho/2015) — a SpokFrevo Orquestra entra em nova fase, mais madura e inovadora.

Há dois anos sob o patrocínio do Petrobras Cultural, que viabiliza uma circulação em território nacional e um novo álbum, o conjunto de 17 integrantes avança ainda mais sobre a experimentação e o universo da música popular com tonalidades eruditas e audição acurada neste novo trabalho. No álbum, que acaba de sair do forno, renova-se mais uma vez o frevo, gênero musical e de dança nascido no Recife há mais de cem anos sob a tradição dos antigos carnavais.

Frevo Sanfonado, terceiro disco do grupo liderado pelo saxofonista, arranjador e diretor musical Inaldo Cavalcante de Albuquerque, conhecido popularmente como maestro Spok, transporta o som da orquestra de metais (saxofones, trompetes e trombones), percussão, baixo e guitarra para outro lugar totalmente inédito: o diálogo harmônico e melódico com o acordeão, a sanfona ou a gaita-ponto — instrumentos de fole com nomes distintos mas mesma natureza e extremamente populares no Brasil, sobretudo no Nordeste.

Fruto de contribuições, em sua maioria, de sanfoneiros e acordeonistas que compuseram frevos inspirados pelo trabalho da SpokFrevo, o álbum Frevo Sanfonado imprime uma nova coloratura na verve jazzística do grupo. Em 11 anos de carreira, desde o álbum de estreia Passo de Anjo, a big band de jazzfrevo vem recriando o gênero em profundo contato com a música instrumental contemporânea, estabelecendo um elo entre o passado e o futuro.

“O disco confere uma nova roupagem à sonoridade da SpokFrevo e ao frevo ao utilizar um instrumento profundamente nordestino e fortemente pernambucano, que é a sanfona. Nele, os sanfoneiros e acordeonistas executam frevos compostos por eles mesmos”, explica o maestro Spok, pesquisador nato do frevo e entusiasta da preservação da cultura pernambucana em conexão com a contemporaneidade, porém sem abandonar o espírito da música em suas mais remotas origens.

Prova disso é que Frevo Sanfonado confere uma linguagem nova para o frevo a partir da sanfona, atrelada a arranjos dos próprios compositores, base sobre a qual a harmonia dos metais da SpokFrevo se sobrepõe. Cada sanfoneiro atua também como solista, casando improvisações jazzísticas junto com os instrumentistas da orquestra. “Muitos sanfoneiros, a exemplo de Dominguinhos, Sivuca e muitos outros, já improvisavam há muito tempo. Trata-se de um disco de frevo executado e improvisado por instrumentos, entre eles a sanfona, um elemento novo para o frevo”, justifica Spok.

E o disco se notabiliza por colaborações brilhantes e promissoras, oriundas de diferentes gerações e regiões do Brasil. O pianista, acordeonista, compositor e arranjador carioca Vitor Gonçalves, que atualmente mora em Nova York e já tocou com Hermeto Pascoal e Maria Bethânia, compôs “De Cazadero ao Recife”, um frevo de arranjo sinfônico e suave que se encorpa à medida que ganha movimentos e modulações. O acordeonista gaúcho Renato Borghetti, um dos proeminentes compositores da música instrumental brasileira, e também folclorista e artista plástico, participa como solista e compositor na faixa “Frevaricação”.

Talentos pernambucanos e nordestinos marcam participação maciça em Frevo Sanfonado. Saudoso sanfoneiro pernambucano, o mestre Camarão, falecido em abril deste ano, figura com uma contribuição póstuma, na música “Sandro no Frevo”. Em função de seu falecimento dias antes da produção desse frevo inédito, o carioca Rafael Meninão, atual sanfoneiro de Elba Ramalho, e o potiguar Lulinha Alencar substituem-no, de forma virtuosa, na tarefa de solistas.

“Sax Sanfona”, com o experiente sanfoneiro Gennaro que participa em solo junto com Spok; “Saudade de Seu Domingos!”, um frevo em diálogo sugestivo com o baião e o xote, composto por Beto Hortis; e “Frevo Pra Ela”, do jovem cearense Nonato Lima, que tocou com Liv Moraes, filha de Dominguinhos, fecham algumas faixas do disco, feito quase inteiramente de frevos novos. Uma das exceções é o frevo clássico “Gostosão”, do maestro Nelson Ferreira (1902-1976), considerado pelo maestro Vicenti Fittipaldi um dos melhores frevos de rua pernambucanos ao lado de “Evocação”. A composição de Nelson Ferreira ganhou arranjos de Spok e solo de Waldonys, famoso sanfoneiro e piloto de avião cearense, e de Niraldo, trompetista da SpokFrevo Orquestra.

SpokFrevo Orquestra faz show de lançamento do disco "Frevo Sanfonado"


Categorias: Maio 2016
Tags: Orquestra
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 23 Fevereiro 2018 Inscrições para workshop gratuito de defesa pessoal feminina
até 23 Fevereiro 2018 Inscrições para cursos gratuitos de teatro de animação, instrumentos e prática de orquestra do IFSC
até 23 Fevereiro 2018 Inscrições para oficina gratuita de Curadoria Colaborativa de Coleções
até 25 Fevereiro 2018 Trilha Medita do Vale da Utopia da Guarda do Embaú com prática de yoga e meditação orientada
até 26 Fevereiro 2018 Inscrições para aulas gratuitas de dança, alongamento e ginástica 2018/1
até 26 Fevereiro 2018 Palestra gratuita Os Mistérios dos Antigos Celtas


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar