FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Maio 2016
"A Questão Palestina" em cinco filmes, lançamento de livros, bate-papo e coquetel árabe



Quando: 24 Maio 2016, Terça-feira, às 19 horas
Onde: Fundação Cultural Badesc
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 216 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/561524310675562

Durante o mês de maio a Fundação Cultural Badesc abre espaço para o Ciclo A Questão Palestina em Cinco Filmes, promovido em parceria com o CineArt7. Nos dias 4, 11, 17, 18 e 24 de maio, o Cineclube exibirá filmes sobre a palestina, além da promoção de debates sobre o assunto, lançamento de livros e coquetéis temáticos.

Jamil Abdalla Fayad, integrante do Movimento pela Liberdade da Palestina em Santa Catarina, apoia as atividades: “Por meio dos eventos será possível uma reflexão e tentar uma maior conscientização e sensibilização do público com o tema. Geralmente ouvimos falar apenas nos conflitos, mas os palestinos também têm grande contribuição para o engrandecimento da sociedade e esses encontros proporcionarão maior discussão sobre o assunto e também nos auxiliará em futuras articulações”.

Nos dias programados para as exibições, às 18h30 haverá bate-papo com convidados. Os filmes serão exibidos às 19h e, em seguida, será oferecido um coquetel temático (comida árabe). Produtos como chaveiros, camisetas, livros e documentários sobre a cultura palestina serão comercializados no local como forma de arrecadar recursos para apoiar a causa. A entrada é gratuita.

Livros

O livro de poemas “Nosso Verbo é Lutar: Somos Todos Palestinos”, do médico Yasser Jamil Fayad, que foi dedicado a todos que lutam contra a opressão e exploração será lançado no dia 18 de maio (quarta-feira), às 20h30. O valor de venda será de R$ 25.

O livro Vítimas de um Apartheid ou Ativistas Silenciosos do Sionismo?, de Hasan Félix tem seu lançamento marcado para o dia 24 de maio (terça-feira), às 20h30. Hasan é pesquisador antropólogo, escritor e artista plástico. O valor de venda será de R$ 20.

Programação

Na abertura da Mostra no dia 04/05, quarta feira, às 18h30, haverá a apresentação do Documentário “Ocupação 101 – Vozes da Maioria Silenciada”, de Sufyan Omeish e Abdallah Omeish, produzido nos Estados Unidos, que apresenta, de forma didática, como ocorreu a ocupação das terras palestinas. Haverá também um bate papo com Fawzi El Mashni, ex-embaixador da Palestina no México, que mora há anos em Tubarão/SC.

No dia 11/05, quarta feira, às 18h30, será reproduzido o filme “Inch’Allah”, de Anaïs Barbeau-Lavatte. Esta produção franco-canadense mostra a rotina de uma médica do Canadá que trabalha na Palestina. Será possível vivenciar as dificuldades, a falta de estrutura e a imensa tristeza do dia a dia. Khader Othman, figura marcante da comunidade palestina em Florianópolis, realizará um bate papo com o público presente.

Na terça feira, dia 17 de maio, às 18h30, será apresentado “Violação de Domicílio”, de Saverio Costanzo. Este filme italiano mostra, de maneira imparcial, o conflito de um casal sobre o futuro de sua família decorrente da angústia entre a decisão de ficar na Palestina sob ocupação, ou tentar a emigração. Neste dia, o bate papo ficará por conta de Nauro Velho, apoiador da Causa Palestina.

Na quarta feira, 18 de maio, às 18h30, será a vez de “Omar”, que concorreu ao Oscar de filme estrangeiro em 2014. Esta obra, de Hany Abu-Assad foi produzida na Palestina, em 2013 e merece ser assistida. É um drama político, entrelaçado a uma história de um casal apaixonado. No mesmo dia, também haverá bate papo com Arnoldo Ramos Candido, do Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino e será lançado o livro de poemas “Nosso Verbo é Lutar, Somos Todos Palestinos”, de Yasser Jamil Fayad, médico catarinense formado na UFSC.

Por fim, no dia 24 de maio, terça feira, será reproduzido o premiado Documentário “05 Câmeras Quebradas”, de Emad Burnat e Guy Davidi, uma produção conjunta entre França/Palestina/Israel. Emad Burnat, diretor do filme – casado com uma brasileira, comprou uma câmera em 2005 para acompanhar o crescimento de seu filho Gibreel. Quase ao mesmo tempo em que a criança deu os seus primeiros passos, a pequena cidade de Bil’in, na Cisjordânia, onde vivem, foi dividida por um muro para a construção de assentamentos no território ocupado. Um retrato real do difícil cotidiano dos palestinos. Haverá ainda, nesse dia, um bate papo com Silvinha, integrante do Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino e o lançamento do livro “Vítimas de um Apartheid ou Ativistas Silenciosos do Sionismo” de Hasan Félix.

Dia 04, quarta-feira

18h20: Palestra de abertura com Fawzi Machni, ex-embaixador da Palestina no México.

19h: Ocupação 101- A Voz da Maioria Silenciada – (Ocupation 101) de Abdallah Omeish, Sufyan Omeis. EUA. 2006. 90min.

O documentário apresenta uma análise exaustiva dos fatos e verdades escondidas em torno do conflito israelense-palestino.

20h30: Coquetel árabe com debate

Dia 11, quarta-feira

18h30: Bate-papo com Khader Otman, representante da Comunidade Palestina.

19h: Inch’Allah – (Inch’Allah) de Anaïs Barbeau-Lavalette. Canadá, França. 2012. 101min. Drama. Com Evelyne Brochu, Sabrina Ouazani, Sivan Levy.

O filme mostra o dia a dia de uma médica canadense divide o seu tempo entre Ramallah, na Palestina – onde trabalha -, e Jerusalém, em Israel – onde mora.

20h45: Coquetel árabe com debate

Dia 17, terça-feira

18h30: Bate-papo com Arnaldo Ramos Candido, apoiador da Causa Palestina.

19h: Violação de Domicílio – (Private) De Saverio Constanzio. Italia. 2004. 90min. Drama. Com Mohammad Bakri, Lior Miller e Hend Ayoub.

Numa área ocupada pelo exército israelense, um casal entra em conflito sobre o futuro de sua família. A esposa deseja se mudar, enquanto o marido defende a permanência. Sair é capitular. Em meio a discussões ácidas, o local é invadido e eles são mantidos como reféns pelos soldados israelenses.

20h30: Coquetel árabe com debate

Dia 18, quarta-feira

18h30: Bate papo com Nauro José Velho, apoiador da Causa Palestina.

19h: Omar – (Omar) de Hany Abu-Assad. Palestina. 2013. 96min. Drama, suspense. Com Adam Bakri, Leem Lubany e Eyad Hourani. História de Omar, da namorada e de dois amigos de infância, ao tempo em que lutam, à sua maneira, por liberdade numa Cisjordânia ocupada.

20h30: Lançamento do livro de poemas “Nosso Verbo é Lutar: Somos Todos Palestinos”, de Yasser Jamil Fayad.

Café árabe com debate.

Dia 24, terça-feira

18h30: Bate-papo com Silvinha, do Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino.

19h: Cinco Câmeras Quebradas – (Five Broken Cameras) de Emad Burnat, Guy Davidi. Palestina, Israel, França, Noruega. 2011. 94min. Documentário. Com Emad Burnat, Soraya Burnat e Mohammed Burnat.

Agricultor de pequena cidade na Cisjordânia decide armar-se de uma câmera e, como forma pacífica de protesto, tentar conservar suas terras.

20h35: Lançamento do livro “Vítimas de um Apartheid ou Ativistas Silenciosos do Facismo?”, de Hasan Félix

Encerramento com coquetel árabe. "A Questão Palestina" em cinco filmes, lançamento de livros, bate-papo e coquetel árabe

Categorias: Maio 2016
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 07 Dezembro 2016 Exposição "Conexões Viscerais" e... >> Exposições
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar