FaceBook Instagram Twitter


Exposição "O Nômade e o Sedentário" de Diane Sbardelotto



Quando: até 28 de julho
Onde: Fundação Cultural Badesc
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 216 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/1633444806974260

A Fundação Cultural Badesc abre no dia 23 de junho, quinta-feira, no Espaço 2, às 19h a exposição O Nômade e o Sedentário, de Diane Sbardelotto, que fica aberta para visitação até dia 28 de julho, com entrada gratuita.

Por meio de obras que misturam linguagens como pintura, escultura maleável, objetos e roupas a artista trabalha os conceitos de nomadismo e sedentarismo.

“Nela serão apresentados trabalhos que entremeiam limites das linguagens artísticas da pintura e da escultura, por meio de objetos construídos com tecidos diversos costurados de maneira irregular, onde são aplicadas camadas pictóricas e endurecimentos com cola e goma. São expostos ora com distendimentos, com protuberâncias, ora com maleabilidade e soltura do tecido. A poética é desenvolvida como gesto de ser nômade sem sair do lugar, mover-se em um espaço sedentário, de aprisionamento. Relaciona-se com ideias de revestimento do corpo, roupa ou carne”, explica Diane.

O trabalho começou há oito anos a partir do elemento do molde da roupa, enquanto a artista trabalhava em uma fábrica de roupas em série. Várias foram as maneiras como ele foi apresentado durante esse tempo, através de performances, pinturas mais planas e outros desdobramentos, inclusive com colaborações de outros artistas.

“Esse trabalho atingiu mais espacialidade e caráter escultórico. Na associaçã o com o nômade e o sedentário, a pesquisa em torno desses dois conceitos, vem de aproximadamente um ano, quando comecei a estudar temas da educação e filosofias da diferença, a partir de autores como Deleuze e Guattari. Essas associações teóricas são, no entanto, algumas relações possíveis e contaminações de leituras, mas plasticamente o trabalho está atualmente envolvendo bastante as questões de maleabilidade, distensão, fixo e móvel, forma e des-forma, repetição, entre outras”.

Diane Sbardelotto é bacharel e licenciada em Artes Visuais (Unochapecó e UFRGS). Atua em diversos campos das artes com temas como o corpo submisso, a roupa, a mulher em ambientes rurais e poéticas do cotidiano doméstico. Sua trajetória artística é de trabalhos simultâneos em ensino de arte como professora e mediadora, com figurinos e cenografia de espetáculos cênicos. Tem diversos trabalhos colaborativos com textos e ilustrações publicados em livros e revistas.
Exposição "O Nômade e o Sedentário" de Diane Sbardelotto


Categorias: Julho 2016
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Maio 2020 Prefeitura de Florianópolis lança plataforma digital com mais de 10 mil vagas em cursos online gratuitos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar