FaceBook Instagram Twitter


Jornada de Música e Imagem em Movimento exibe filme brasileiro com interação musical ao vivo



Quando: 20 Setembro 2016, terça-feira, às 14 horas
Onde: Centro de Artes (Ceart), Udesc
Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi
Quanto: Gratuito

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), por meio do Grupo de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade (Musics), realiza nesta terça-feira, 20 de setembro, a Jornada de Música e Imagem em Movimento, debatendo a relação entre música e cinema. O evento ocorre a partir das 14h no Centro de Artes (Ceart) da universidade, em Florianópolis, com entrada gratuita e aberta ao público.

A programação terá conferência de abertura, mesa redonda e exibição de filme com interação musical ao vivo:

• 14h | Conferência de abertura:
A orquestração das coisas: pragmatismo e invenção na música para cinema, com o professor doutor José Cláudio Castanheira (UFSC).
Local: Auditório do Bloco Amarelo;

• 16h | Mesa Redonda:
Som e música no cinema Brasileiro, com os professores doutores Alessandra Brandão (UFSC), Ramayana Lira (Unisul) e Tatyana Jacques (Udesc).
Local: Auditório do Bloco Amarelo;

• 19h | Exibição de filme:
Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos, com interação musical ao vivo do Grupo de Música Experimental Contemporânea da Udesc.
Local: Auditório do Departamento de Música.

O Grupo de Música Experimental Contemporânea (GMEC) foi criado no Departamento de Música da Udesc pelo professor Acácio Piedade, no primeiro semestre deste ano, a partir de seu projeto de pesquisa A Poétic a da Criação Musical: desdobramentos, pesquisa e produção em composição. O grupo foi formado para realizar sonoramente experiências de criação que exploram linguagens musicais contemporâneas, improvisação livre, interação com imagem e movimento, tecnologia musical e poesia falada.

A proposta de interação musical com o filme brasileiro Vidas Secas (1963), cujo roteiro é baseado no livro homônimo de Graciliano Ramos, consiste em um diálogo sonoro com o filme, orientado pela improvisação livre em gestos e roteiros, buscando o surgimento de novas paisagens sonoras e propiciando uma nova experiência na exibição do filme.

O Grupo de Música Experimental Contemporânea é formado por: Acácio Piedade, Arthur Zucchi Boscato, Benedikt Mensing, Cesar Damaceno, Érico Miranda, Schmitt, Filipe Maliska, Gandhi Martinez, Silvana Leal, Rodrigo Moreira da Silva e Tatyana Jacques.
Jornada de Música e Imagem em Movimento exibe filme brasileiro com interação musical ao vivo


Categorias: Setembro 2016
Tags: Cine, Cinema
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Maio 2020 Prefeitura de Florianópolis lança plataforma digital com mais de 10 mil vagas em cursos online gratuitos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar