FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Outubro 2016
Exposição fotográfica "Longe. Estado Indefinido", de Lela Martorano



Quando: até 29 de outubro
Onde: Galeria de Artes Pedro Paulo Vecchietti
Endereço: Praça XV de Novembro, 180 - Centro
Quanto: Gratuito

Abertura 14 de setembro, quarta-feira, às 19 horas
Visitação até 29 de outubro de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h

Utilizando a fotografia como linguagem para refletir sobre a passagem do tempo e as recordações, a artista visual Lela Martorano abre a exposição “Longe. Estado Indefinido” na Galeria Municipal de Arte Pedro Paulo Vecchietti. Selecionada por meio de edital de ocupação lançado pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, a mostra será aberta nesta quarta-feira, 14 de setembro, às 19 horas, e ficará disponível para visitação pública até 29 de outubro, com entrada franca.

Composta por uma série de nove fotografias de paisagens, a exposição busca proporcionar uma aproximação com o espectador. O conjunto de imagens está distribuído no espaço como páginas de um livro, questionando os limites da fotografia e de sua própria materialidade. Também fazem parte da mostra uma imagem impressa em papel (lambe-lambe) – e que ocupa uma parede da galeria – e a “paisagem sonora”, assinada pela artista Fê Luz.

Nas imagens, a superfície arranhada sugere a ideia de efemeridade e esquecimento, “como se as paisagens fossem se desfazendo ao longo do caminho”, explica a artista. Para ela, “cada viagem é uma experiência interior, um passo a mais no deslocamento do homem sobre a terra”, complementa.

Explorando imagens

Natural de São Joaquim, Lela Martorano é graduada em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina e doutora em Lenguajes y Poeticas em el Arte Contemporaneo pela Faculdade de Belas Artes de Granada/Espanha. Radicada em Florianópolis, a artista tem um trabalho focado na exploração implacável da imagem e sua projeção, com uso opcional de dispositivos analógicos. A apropriação de slides e filmes super-8 produzidos pelo seu pai na década de 1970 constituiu a base para o desenvolvimento desse processo, que transita entre a fotografia e a videoinstalação.

Através do procedimento de apropriação e das relações entre a imagem-luz (projeção) e a imagem-matéria (fotografia), Lela Martorano busca deslocar as imagens de seu contexto cotidiano para o campo da arte e estabelece uma relação íntima com o espectador, fazendo um cruzamento de tempos, memórias e histórias, que não remetem apenas à percepção, mas também às sensações e emoções operadas pela memória.

Entre as diversas exposições individuais e coletivas realizadas pela artista, destacam-se “Mar de Dentro”, na Fundação Cultural Badesc/Florianópolis-SC e Mela Chu Gallery/Colônia-Alemanha (2012); “Olhos D’Agua”, na Galería Arrabal & Cia, Granada-Espanha (2012); e “Cidades Inventadas”, no Museu Vitor Meirelles / Florianópolis-SC (2005).
Exposição fotográfica "Longe. Estado Indefinido", de Lela Martorano


Categorias: Outubro 2016
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 22 Junho 2018 Make Music Day terá aulas gratuitas de sete modalidades na Escola de Música Rafael Bastos
até 22 Junho 2018 Sala Verde UFSC promove atividades gratuitas
até 22 Junho 2018 Inscrições para 1.937 vagas em 49 cursos gratuitos técnicos e Proeja do IFSC
até 20 Julho 2018 12ª Feira de Artes Entremostras abre inscrições


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar