FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Outubro 2016
5ª edição da exposição coletiva "Desenho de Monstro"



Quando: até 13 de outubro
Onde: Memorial Meyer Filho
Endereço: Praça XV de Novembro, 180 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/1780209592227479

Terça-feira, 4 de outubro, às 19h, o Memorial Meyer Filho, na Praça XV de Novembro, recebe a abertura da 5ª edição da mostra coletiva "Desenho de Monstro", exposição onde artistas são convidados a pensar o monstruoso em sua produção. Com idealização, curadoria e participação de Adriana Maria dos Santos, a exposição ficará aberta para visitação até o dia 13 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h, com entrada gratuita.

HISTÓRICO:

A 1ª edição Desenho de Monstro acontece como exposição coletiva no espaço cultural da travessa Ratclif no centro da cidade de Florianópolis em 2010, dentro da programação de um evento, a Semana Ousada de Arte e Cultura, envolvendo UFSC e UDESC o que permitiu uma boa cobertura da mídia e apoio no coquetel de abertura. Com uma curadoria bastante anárquica, cuidei de chamar artistas apenas, sem focar em nenhuma obra específica e sem seleção prévia, o artista poderia expor o que bem quisesse seguindo apenas a referência do monstro como guia. Entendendo este como corpo-transgressor, foi solicitado que os artistas pensassem o mesmo em suas produções, independentemente do que costumavam trabalhar. Esta primeira edição contou com vinte e sete artistas, sendo eles: Aline Dias, Aline Volkmer, Augusto Benetti, Antonio Vargas, Bil Luhman, Bruno Rocha, Camila Constanza, Diego de los Campos, Diego Rayck, Doraci Girrulat, Edgar Colares, Elisa Schmidt, Fernando Weber, Iam Campigotto, João Rosa, Jorge Luiz, Kamilla Nunes, Kelly Kreis, Marta Martins, Nara Milioli, Priscila Menezes, Raquel Stolf, Sandra Reis, Sílvia Simões, Talita Esquivel, Vinicius Domingues.

A 2ª edição aconteceu em 2011 em um espaço de atelier, o B2 também no centro da cidade, e também com exposição coletiva, nos mesmos moldes da anterior, envolvendo outros artistas além de alguns da primeira edição sendo: Kamilla Nunes, Diego Rayck e Aline Dias, Marta Martins, Jorge Miguel, Camila Constanza, João Muller, João Rosa e Flávia Klein, Sílvia Simões, Kelly Kreis, Flora Li, Gabriel Garavello, Liomar Arouca, Silmar Rigo, Manolo Doyle ( reside em Porto Alegre, elaborou a pintura enquanto fez residência aqui na ilha e ministrou oficina), Manoel Veiga (reside em São Paulo, ministrou oficina nos dias que seguiram o evento), Thaís Gil (também reside em São Paulo), Ligia Czesnat e Fabiana Mateus.

Na 3ª edição a proposta foi uma publicação, através do lançamento do selo Miríade, sendo os participantes Arthur Sampaio, Angelo Raviz Tokutake, Augusto Benetti, Bruno Rocha, Camila Constanza Villacis, Clara Fernandes, Debora Pazetto, Fábio Ilmar, Giorgio Filomeno, Iam Campigotto, Itamara Ribeiro, João Müller, Juliana Crispe, Kelly Kreis Taglieber, Leandro Pitz, Luciana Afonso, Manolo Doyle, Marta Martins, Ocram (in memorian), Ricardo Ramos, Ryana Gabeck e Vinícius Domingues, além de texto de apresentação de Jayro Schmidt .

A 4ª Edição/2015 consistiu em uma montagem nos jardins da Fundação Cultural Badesc, onde os artistas convidados tinham como desafio estratégico adaptar seu olhar ao espaço externo sujeito às intempéries e, como nas edições anteriores, num contexto urbano, já que se localiza no centro da cidade. A relação que cada um fez com o monstruoso perpassou a condição temporal, o caráter perecível e a fragilidade do que é trazido à tona fora do ambiente fechado do atelier e da galeria.

A ideia parte da necessidade de pensar o monstruoso no projeto individual de cada artista, submetendo o olhar do público que transita pela rua ou que, de passagem para o interior da galeria, sinta-se tocado pelo imaginário singular comprometido com o estranho que a abordagem deste ícone simbólico remete.
Nesta 4ª edição estavam presentes:

Clara Fernandes, Ricardo Ramos, Djuly Gava, Bruno Bachmann, Claudia Cárdenas e Rafael Schlichting, Adson Loth, Pablo Rodriguez Vence, Pama Krowczuk, Estevao Mattos, Yasminka Guimarães, Felipe Vernizze, Airton Perrone, Fabrício Manohead, Jonathan Belusso, Marta Martins, Lara Montechio, Kelly Kreis Taglieber.

Este projeto envolve artistas cuja direção do trabalho pessoal nem sempre tem o monstruoso como foco conceitual ou poético, as linguagens são variadas não possuindo nenhuma limitação neste aspecto, a curadoria é feita apenas como escolha dos participantes, a organização é colaborativa envolvendo os próprios artistas e o único mote comum é a paixão pelo tema, seja de leitores de velhos quadrinhos, identificação com o monstro do cinema seja de que época for, com o feio, o diferente ou a conexão com o transgressor em si e no trabalho em arte. Trata-se de encontrar, como já citei em texto anterior a este, o monstro que habita a linha gráfica, cênica, sonora de cada um.

Adriana Maria dos Santos
Idealização, curadoria e participação 5ª edição da exposição coletiva "Desenho de Monstro"

Categorias: Outubro 2016
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 07 Dezembro 2016 Exposição "Conexões Viscerais" e... >> Exposições
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar