FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Novembro 2016
Exposição "Arquipélago"



Quando: até 5 de novembro
Onde: O Sítio Arte Educação Coworking
Endereço: Rua Francisca Luísa Vieira, 53 - Lagoa da Conceição
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/296706780714438

Abertura 7 de outubro, às 19h
Visitação até 5 de novembro, das 9h às 21h

Sexta-feira, 7 de outubro, às 19h, O Sítio Arte Educação e Coworking abre a exposição "Arquipélago", com curadoria da Fabiana Wielewicki e da Leticia Cardoso. Entrada franca.

SOBRE A EXPOSIÇÃO

Arquipélago foi um espaço independente de arte que resistiu de 2007 a 2010, aqui na Ilha. Sua breve e intensa existência foi uma tentativa de resposta ao contexto semi-árido do circuito local de arte contemporânea. A vontade de tornar concreto o projeto de um lugar capaz de acolher a produção não absorvida pelas instituições locais, criar canais de conversa entre os artistas e investigar outras formas de auto-sustentar a produção local, foram propostas fundadoras do Arquipélago. O desejo temperado com utopia, movia uma série de artistas na investigação de estratégias de sobrevivência para a produção de arte.

A exposição Arquipélago divide-se em um núcleo documental, com registros que contam parte da trajetória do espaço independente de arte Arquipélago, e outro que procura reinventar este percurso a partir da imagem de travessias inacabadas, pequenos naufrágios e ilhas imaginárias.
Para integrar este segundo núcleo, denominado Fôlego, foram convidados artistas que fizeram parte da trajetória do Arquipélago e em cuja produção emergem aspectos ao mote acima exposto: Daniela Vicentini, Fábio Noronha, Gabriele Gomes, Glaucis de Morais, Mariana Silva e Marcos Sari. A este corpo de trabalhos soma-se também obras das artistas Letícia Cardoso e Fabiana Wielewicki, idealizadoras do Arquipélago e desta exposição.

O fôlego, mais do que combustível para concluir o trajeto, é tempo respirado em desafio. Sua imagem evoca o poder humano de resistir em contextos adversos. Vale lembrar que também é um atributo importante na arte da navegação (e diplomacia): o fôlego é fundamental quando se pretende reunir (ou trazer para a conversa) pequenas porções de terra aparentemente isoladas.

Um arquipélago se une pelo mar – esta vasta extensão de água salgada que sofre constantemente alterações de correntes marítimas que (no campo da utopia) são capazes de movimentar ilhas e (no campo dos desastres) podem provocar naufrágios.

A maré nunca interrompe seu movimento, e as circunstâncias que unem também podem afastar pessoas (e ilhas). O caráter temporário que marcou a existência do Arquipélago não despotencializa ou apaga suas pegadas. A imagem que permanece é a dos arquipélagos e sua capacidade de se mover no tempo e no espaço. Apenas as ilhas conhecidas estão nos mapas, lembra-nos Saramago em O conto da ilha desconhecida. Os contextos semi-áridos são sempre propícios ao exercício de se vislumbrar outras ilhas.

SOBRE OS ARTISTAS

Daniela Vicentini
Daniela Vicentini é bacharel em Superior de Pintura (EMBAP-PR), mestre em História da arte (PUC-Rio). Produz aquarelas, feltragens e desenhos; escreve sobre arte, realiza curadorias, é professora. É uma das três vencedoras do prêmio editorial Iberê Camargo, publicou Tríptico para Iberê (Cosac Naify, 2010). e Arte Brasileira nos Acervos de Curitiba(Segesta, 2010). Em 2014, realizou a exposição individual M ar, pelo edital Fernando Beck, no centro cultural Badesc, em Florianópolis; em 2015 a individual Vai, vem ver, no Museu da Gravura, Solar do Barão, Curitiba-PR. Atualmente participa da Escola Aberta Navegar, no coletivo Sol da Terra, em Florianópolis.

Fábio Noronha
Comecei minha produção em desenho, fotografia, pintura, etc., no início dos anos 1990, quando fiz graduação; no final desta década incorporei o vídeo e continuei experimentações em áudio já em andamento; nestes dez anos participei mais ativamente de circuitos artísticos feitos, principalmente, por galerias de arte, exposições contempladas por editais e salões promovidos por instituições públicas. A partir dos anos 2000 a mediação dos aparelhos se intensifica e passo a distribuir meus trabalhos gratuitamente na Internet. Possuo graduação em Pintura (1994) pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), atualmente parte da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), e pós-graduação em História da Arte do Século XX por esta mesma instituição, onde leciono desde 1996. Fiz mestrado (2006) e doutorado (2013) em Artes Visuais (Poéticas Visuais) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre.
Estas pesquisas podem ser acessada nestes links:
http://hdl.handle.net/10183/8619 e http://hdl.handle.net/10183/72687
E minha produção em geral neste blog:
http://leglessspider.wordpress.com/

Fabiana Wielewicki (Londrina, 1977)
Artista visual, Mestre em Artes Visuais (UFRGS) e Bacharel em Artes Plásticas (UDESC). Cursa Doutoramento em Arte na Universidade do Porto, Portugal. Exposições individuais: Cinema Miradouro (MAB, Blumenau, 2014); Grande Hotel (MASC, Fpolis, 2009); 2ª Natureza (Museu Victor Meirelles, Fpolis, 2008). Os Segredos da Boa Fotografia (Circuito SESC/SC, 2006-2010); Paisagem Programada (Pinacoteca Barão de Santo Ângelo, Porto Alegre, 2005) Algumas exposições coletivas: Do outro lado (Espaço Mira, Porto, 2015); Investida (Sputenik the window, Porto, 2015);Trees outside the academy: práticas colectivas (Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, Guimarães, 2014); Labirinto Particular (Museu de Arte de Santa Catarina, 2012); Observatório (Museu da FBAUP, Porto, 2011); 3ª Rodada (Fundação BADESC, Fpolis, 2010); Sobre as águas, a solidão e o olhar (Galeria Homero Massena, Vitória, 2009); Contin[g]ente (Arquipélago, Fpolis, 2009); X Salão Nacional Victor Meirelles – Prêmio aquisição (MASC, Fpolis, 2008); Natureza Doméstica (Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, Juiz de Fora, 2008); Fiat Mostra Brasil (São Paulo, 2006); Mostra de Vídeos Efeitos de Borda: subjetividades e espaço público (Memorial do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005); Programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais edição 2001/2003.

Gabriele Gomes (Curitiba, 1971)
Artista visual. Forma-se em desenho e pintura pelo Istituto per l´Arte ed il Restauro, Florença, Itália, em 1990, e em desenho e pintura pela Embap, Curitiba, em 1992. Traços, registros e ações da artista na natureza, documentados em vídeo e fotografia, constituem seu trabalho ao marcar impressões de sua passagem. Realiza mostras individuais no Espaço Bermann, Curitiba em 1994, e no Ybakatu Espaço de Arte, Curitiba, 1996 e 1998. Entre as exposições coletivas de que participa destacam-se: Antarctica Artes com a Folha, no Pavilhão Manoel da Nóbrega, São Paulo, 1996; Projeto Brasil Reflexão 97 – A Arte Contemporânea da Gravura, no Museu Metropolitano de Curitiba, 1997; Entre o Eu e o Mundo, no MAC/GO, Goiânia, 1999; Mostra da Gravura de Curitiba. Marcas do Corpo, Dobras da Alma, no Museu da Gravura, Curitiba, 2000; e Bienal de Artes Visuais do Mercosul, no Santander Cultural, Porto Alegre, 2001.

Glaucis de Morais (Lajeado, 1972)
É Bacharel em Desenho pelo Instituto de Artes da UFRGS e Mestre em Poéticas Visuais pela mesma instituição. Mestre em Artes Plásticas pela Universidade Paris 8 – Saint-Denis, França. Doutoranda em Artes Visuais no Instituto de Artes da UFRGS.
Participou de exposições no Brasil e no exterior, dentre as quais destacam-se: a mostra Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira, do programa Itaú Cultural de Artes Visuais em 2002, o 15° Festival de Arte Eletrônica Vídeo Brasil, SESC Pompéia, São Paulo, 2004, Convivências: dez anos da bolsa Iberê Camargo, Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre, 2010, 8ª Bienal do Mercosul / Casa M, Porto Alegre, 2011, Pesquisas Artísticas Presentes, Projeto Subsolo, Casa França/Brasil, 2011, Sens’art Lab, Les Berges de Seine, Paris, França, 2014.
Dentre as individuais destacam-se: Situações amorosas: uma poética de entrelaçamentos em artes visuais na Pinacoteca Barão de Santo, Instituto de Artes da UFRGS em 2002 e Concreto no Espaço Torreão, Porto Alegre, em 2000. Em 2003, foi a ganhadora da terceira edição da Bolsa Iberê Camargo. Trabalhou como professora na Udesc entre 2004 e 2006, na Feevale de 2006 a 2011.

Letícia Cardoso (Criciúma, 1978)
Artista Visual, Mestre em Poéticas Visuais no Programa de Pós-graduação do Instituto de Artes da UFRGS, Porto Alegre, RS em 2005, Graduada no Curso Bacharelado em Artes Plásticas na UDESC, Florianópolis, SC em 2001. Participou do 32 Panorama da Arte Brasileira no MAM/SP em 2011, Convivências 10 anos de Bolsa Iberê Camargo na Fundação Ibere Camargo em 2010. Recebe Bolsa Iberê Camargo de intercâmbio para artistas em 2009 em Austin parceria com o Blantom Museum of Art em Austin, Texas, Prêmio Armando Carrerão de Video – FUNCINE Florianópolis 2008, Bolsa Residência de Artista para o SPA das Artes em Recife 2008, Premio Projeto de Intervenção Schawnke, Joinville,SC 2008, Projeto Trajetória 3, Fundação Joaquim Nabuco em Recife, PE em 2005, Menção Especial no 59º Salão Paranaense, MAC- PR em 2002, Contemplada pelo Projeto Rumos Itaú Cultual Artes Visuais 2001/2003 entre outros eventos e exposições. Fundou e coordenou com a artista Fabiana Wielewicki o Arquipélago, Espaço Cultural Independente em Florianópolis entre 2008 e 2010 e participou do Vaca Amarela de 2000 a 2002. Trabalhou no Museu Victor Meirelles/IBRAM de 2013 a 2015 e desde março de 2015 é professora da UNESC em Criciúma/SC e presidente da Associação de Amigos Victor Meirelles.

Marcos Sari (Porto Alegre, 1972)
Marcos Sari é artista formado pelo I.A. Ufrgs em 2003. Fez parte do Torreão em Porto Alegre onde participou ativamente dos cursos e ateliers abertos entre 1993 e 2009. Expõe seu trabalho de instalações com blocos de cor e objetos em escala arquitetônica, intervenções em paisagem e livros de artista desde 2002. Em 2009 realiza intervenção arquitetônica em grande dimensão referente à paisagem no Arquipélago em Florianópolis, SC. Foi bolsista da Fundação Iberê Camargo em 2010 e participou da 8ª Bienal do Mercosul em 2011 na Mostra Cadernos de Viagem em Porto Alegre. Coordena desde 2003 o Projeto Meio juntamente com Daniele Marx entre Porto Alegre e Amsterdam. Em 2010 participa da mostra Convivências na Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre, RS. Em 2012 realiza Sophie Sari – Atelier Aberto individual na Casa Comum em Porto Alegre, RS. Em 2014 participa do mapeamento Entre, curadoria de A a Z, no Museu de Arte Contemporânea do RS, Porto Alegre, RS

Mariana Silva da Silva (Porto Alegre, 1978)
Professora Assistente da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS). Doutoranda em Artes Visuais, Ênfase Poéticas Visuais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Artes Visuais e Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Foi professora na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e na Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC). Recebeu Bolsa CAPES para Mestrado entre 2002-2004 e Bolsa Unesco Aschberg e Irish Museum of Modern Art para projeto Residência de Artista em 2008. Participa de exposições de artes visuais no Brasil e no exterior desde 2001, entre elas Pontos de Contato, Goethe Institut Porto Alegre, FIAT Mostra Brasil, São Paulo, Rencontres Internationales Paris Berlin, Paris e Caracas, Pequena Distância, Belo Horizonte, Caxias do Sul, Porto Alegre e Montenegro. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes Visuais, atuando principalmente nos seguintes temas: arte e cotidiano, múltiplo, fotografia, vídeo e desenho.

CURADORIA

Letícia Cardoso (Criciúma, 1978)
Artista Visual, Mestre em Poéticas Visuais no Programa de Pós-graduação do Instituto de Artes da UFRGS, Porto Alegre, RS em 2005, Graduada no Curso Bacharelado em Artes Plásticas na UDESC, Florianópolis, SC em 2001. Participou do 32 Panorama da Arte Brasileira no MAM/SP em 2011, Convivências 10 anos de Bolsa Iberê Camargo na Fundação Ibere Camargo em 2010. Recebe Bolsa Iberê Camargo de intercâmbio para artistas em 2009 em Austin parceria com o Blantom Museum of Art em Austin, Texas, Prêmio Armando Carrerão de Video – FUNCINE Florianópolis 2008, Bolsa Residência de Artista para o SPA das Artes em Recife 2008, Premio Projeto de Intervenção Schawnke, Joinville,SC 2008, Projeto Trajetória 3, Fundação Joaquim Nabuco em Recife, PE em 2005, Menção Especial no 59º Salão Paranaense, MAC- PR em 2002, Contemplada pelo Projeto Rumos Itaú Cultual Artes Visuais 2001/2003 entre outros eventos e exposições. Fundou e coordenou com a artista Fabiana Wielewicki o Arquipélago, Espaço Cultural Independente em Florianópolis entre 2008 e 2010 e participou do Vaca Amarela de 2000 a 2002. Trabalhou no Museu Victor Meirelles/IBRAM de 2013 a 2015 e desde março de 2015 é professora da UNESC em Criciúma/SC e presidente da Associação de Amigos Victor Meirelles.

Fabiana Wielewicki (Londrina, 1977)
Artista visual, Mestre em Artes Visuais (UFRGS) e Bacharel em Artes Plásticas (UDESC). Cursa Doutoramento em Arte na Universidade do Porto, Portugal. Exposições individuais: Cinema Miradouro (MAB, Blumenau, 2014); Grande Hotel (MASC, Fpolis, 2009); 2ª Natureza (Museu Victor Meirelles, Fpolis, 2008). Os Segredos da Boa Fotografia (Circuito SESC/SC, 2006-2010); Paisagem Programada (Pinacoteca Barão de Santo Ângelo, Porto Alegre, 2005) Algumas exposições coletivas: Do outro lado (Espaço Mira, Porto, 2015); Investida (Sputenik the window, Porto, 2015);Trees outside the academy: práticas colectivas (Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, Guimarães, 2014); Labirinto Particular (Museu de Arte de Santa Catarina, 2012); Observatório (Museu da FBAUP, Porto, 2011); 3ª Rodada (Fundação BADESC, Fpolis, 2010); Sobre as águas, a solidão e o olhar (Galeria Homero Massena, Vitória, 2009); Contin[g]ente (Arquipélago, Fpolis, 2009); X Salão Nacional Victor Meirelles – Prêmio aquisição (MASC, Fpolis, 2008); Natureza Doméstica (Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, Juiz de Fora, 2008); Fiat Mostra Brasil (São Paulo, 2006); Mostra de Vídeos Efeitos de Borda: subjetividades e espaço público (Memorial do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005); Programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais edição 2001/2003. Exposição "Arquipélago"

Categorias: Novembro 2016
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 04 Dezembro 2016 Campeonato de Surf na Barra da Lagoa >> Esportes
até 04 Dezembro 2016 8° Algodão Doce Especial Natal reúne arte,... >> Especiais / Outros
até 04 Dezembro 2016 Festival de Queimas Cerâmica Alternativa 2... >> Educação / Cursos
até 06 Dezembro 2016 Filme "O Filho Eterno" de graça ... >> Cinema Gratuito
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar