FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Dezembro 2016
Sonora Brasil Sesc apresenta mostras musicais "Sonoros Ofícios – Cantos de Trabalho"



Quando: de 2 a 4 de dezembro
Onde: Teatro do SESC Prainha
Endereço: Travessa Syriaco Atherino, 100 – Centro
Quanto: Gratuito

Com o tema “Sonoros Ofícios – Cantos de Trabalho”, o Sonora Brasil Sesc chega a Santa Catarina em novembro, trazendo grupos do Nordeste e do Sudeste, que apresentam a música como expressão de atividades laborais do campo e da cidade. Três deles representam formas tradicionais relacionadas a trabalhos rurais: Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa, de Alagoas; Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente, da Bahia; e Quebradeiras de Coco Babaçu, do Maranhão; já o Grupo Ilumiara, de Minas Gerais, é formado por músicos pesquisadores de diversas vertentes do tema.

Em formato de mostras musicais, o projeto circula por 23 cidades catarinenses, de 16 de novembro a 16 de dezembro, com apresentações gratuitas. Cada município recebe três atrações – uma por dia. O circuito inicia em São Miguel do Oeste (16 a 18/11) e segue para Chapecó (17 a 19/11), Xanxerê (18 a 20/11), Concórdia (19 a 21/11), Joaçaba (20 a 22/11), Caçador (22 a 24/11), Lages (23 a 25/11), Lages – Pousada Rural (24 a 26/11), São Joaquim (25 a 27/11), Rio do Sul (26 a 28/11), Vidal Ramos (27 a 29/11), Criciúma (29/11 a 01/12), Capivari de Baixo (30/11 a 02/12), Laguna (01 a 03/12), Florianópolis (02 a 04/12), Porto Belo (03 a 05/12), Brusque (04 a 06/12), Blumenau (06 a 08/12), Balneário Camboriú (08 a 10/12), Itajaí (09 a 11/12), Jaraguá do Sul (10 a 12/12), São Bento do Sul (11 a 13/12), Canoinhas (12 a 14/12) e Joinville (14 a 16/12).

Em Florianópolis, todas as apresentações serão realizadas no Teatro do Sesc Prainha, às 20h, com entrada franca. Os ingressos gratuitos são distribuídos uma hora antes de cada apresentação e o espaço está sujeito à lotação.

Os cantos de trabalho são, na maioria das vezes, uma prática coletiva e podem cumprir funções diferenciadas, de acordo com as características do trabalho ao qual estão relacionados e com os determinantes culturais e sociais de cada região ou localidade. Normalmente entende-se que o papel de aliviar o desgaste físico e aumentar a produtividade é preponderante, mas também pode servir como modo de externar o lamento e a crítica.

“Esta edição do Sonora Brasil nos proporciona chegar mais perto e conhecer algumas das sonoridades tradicionais do nosso país, toda a influência musical dos povos originários e as transformações que as comunidades foram vivenciando ao longo do tempo com as migrações e imigrações. Esses cantos dão ritmo ao trabalho. É a música ligando as pessoas, dando coesão e sentido de coletividade aos grupos na labuta diária”, declara a gerente de Cultura do Sesc em Santa Catarina, Maria Teresa Piccoli.

O grupo Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL) é formado por cinco mulheres da região de Sítio Fernandes, município de Arapiraca e por Nelson Rosa, mestre de coco de roda. Os cantos das destaladeiras são entoados em várias vozes, com uma só voz no improviso dos versos tirado pelas líderes do salão. São em forma de trovas rimadas e têm como característica serem arrastados e sem acompanhamento instrumental.

As Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA) é um grupo formado por seis mulheres e dois homens da região de Valente. O repertório das cantadeiras, entoado em grupo durante a produção do artesanato, é formado por cantigas conhecidas desde a infância e outras de uma memória mais recente. Já o aboio “pé duro” é a ferramenta de trabalho dos aboiadores e as toadas são sua companhia das horas de descanso no campo.

O grupo Quebradeiras de Coco Babaçu (MA) é formado por oito mulheres que trabalham na quebra do coco babaçu e também exercem um importante papel de liderança na defesa e valorização do trabalho das quebradeiras. São cânticos entoados com voz firme e potente, e marcados pelo ritmo do machado e do porrete. As letras refletem uma postura crítica e questionadora diante das condições de vida das trabalhadoras.

Formado por cinco músicos pesquisadores de diversas vertentes do tema, o grupo Ilumiara (MG) é único que não está relacionado a uma prática da tradição. O grupo traz em seu espetáculo a contextualização histórico-social dos cantos de trabalho no Brasil e interpreta vissungos, cantigas de ninar, canto de lavadeiras, entre outros, em arranjos elaborados a partir de uma visão estética contemporânea.

A mostra dedicada aos cantos de trabalho integra a 18ª edição do Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais, projeto nacional do Sesc, que tem a proposta de despertar um olhar crítico sobre a produção e sobre os mecanismos de difusão de música no país. A ação possibilita às populações contato com a diversidade da música brasileira e contribui para o conjunto de ações desenvolvidas pelo Sesc, visando à formação de plateia. O biênio 2015/2016 tem como temas “Cantos de trabalho” e “Violas Brasileiras”, que circulou pelo Estado em 2015. O Sonora Brasil promoveu no ano passado 430 concertos em mais de 120 cidades brasileiras. Todas as apresentações são essencialmente acústicas, valorizando a qualidade sonora das obras e de seus intérpretes.

CRONOGRAMA MOSTRA SONORA BRASIL EM SANTA CATARINA

São Miguel do Oeste
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 16/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 17/11
Ilumiara (MG): 18/11

Chapecó
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 17/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 18/11
Ilumiara (MG): 19/11

Xanxerê
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 18/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 19/11
Ilumiara (MG): 20/11

Concórdia
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 19/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 20/11
Ilumiara (MG): 21/11

Joaçaba
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 20/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 21/11
Ilumiara (MG): 22/11

Caçador
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 22/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 23/11
Ilumiara (MG): 24/11

Lages
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 23/11
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 24/11
Ilumiara (MG): 25/11

Lages – Pousada Rural
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 24/11
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 25/11
Ilumiara (MG): 26/11

São Joaquim
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 25/11
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 26/11
Ilumiara (MG): 27/11

Rio do Sul
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 26/11
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 27/11
Ilumiara (MG): 28/11

Vidal Ramos
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 27/11
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 28/11
Ilumiara (MG): 29/11

Criciúma
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 29/11
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 30/11
Ilumiara (MG): 01/12

Capivari de Baixo
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 30/11
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 01/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 02/12

Laguna
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 01/12
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 02/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 03/12

Florianópolis
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 02/12
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 03/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 04/12

Porto Belo
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 03/12
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 04/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 05/12

Brusque
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 04/12
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 05/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 06/12

Blumenau
Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL): 06/12
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 07/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 08/12

Balneário Camboriú
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 08/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 09/12
Ilumiara (MG): 10/12

Itajaí
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 09/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 10/12
Ilumiara (MG): 11/12

Jaraguá do Sul
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 10/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 11/12
Ilumiara (MG): 12/12

São Bento do Sul
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 11/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 12/12
Ilumiara (MG): 13/12

Canoinhas
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 12/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 13/12
Ilumiara (MG): 14/12

Joinville
Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA): 14/12
Quebradeiras de Coco Babaçu (MA/PA/PI/TO): 15/12
Ilumiara (MG): 16/12

A programação detalhada pode ser consultada no link: http://ww2.sesc-sc.com.br/projeto/8
Sonora Brasil Sesc apresenta mostras musicais "Sonoros Ofícios – Cantos de Trabalho"


Categorias: Dezembro 2016
Tags: show, Mostra, Sesc
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 13 Dezembro 2017 5º Festival de Fotografia Floripa na Foto ... >> Especiais / Outros
até 14 Dezembro 2017 Museu Victor Meirelles abre inscrições par... >> Educação / Cursos
até 20 Dezembro 2017 Palestra gratuita sobre fotografia básica ... >> Educação / Cursos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar