FaceBook Instagram Twitter


Exposição #PorAí, do fotógrafo Bruno Ropelato



Quando: até 5 de março
Onde: Museu da Imagem e do Som, Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/956495597817493

O Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), apresenta a exposição #PorAí, do fotógrafo Bruno Ropelato, que mostrará recortes, fachadas, texturas e fragmentos da cidade por meio de fotos. A mostra inclusiva, com acessibilidade para cegos, será aberta no dia 16 de dezembro, às 20h, e a abertura contará com pocket show de Jean Mafra, Canela e Damaria. A entrada é gratuita. A visitação segue até dia 5 de março de 2017, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

Segundo Ropelato, o projeto surgiu “despretensiosamente” quando começou a postar fotos no aplicativo Instagram com a hashtag #PorAí. “As fotos apresentam outro ângulo da cidade que permitem novas descobertas e uma identificação com o urbanismo”, explica.

A mostra é fruto de dois anos de “andanças” pela Grande Florianópolis e o resultado poderá ser apreciado em 500 imagens reveladas em 10X10 - o tamanho pequeno tem o intuito de preservar a origem digital do projeto. “Estou experimentando um novo trabalho, um novo formato com essa ideia do tamanho pequeno, como as fotos do celular e do Instagram”, explica o fotógrafo.

Visando a inclusão, a mostra terá 40 fotografias táteis, que poderão ser tocadas, com legendas em braile, e também contará com pisos táteis direcional e de alerta facilitando a locomoção com segurança do p úblico cego pelo espaço expositivo.

Para ambientação, o MIS/SC foi transformando em uma grande cidade, com dispositivos que remetem aos prédios, com luzes frias e formas sóbrias, além da sonorização urbana.

Sobre o fotógrafo

Bruno Ropelato é natural de Rio do Sul, em Santa Catarina, e mora há 11 anos em Florianópolis. Graduado em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), onde desenvolveu toda a produção artística em torno da fotografia e do cinema. Em 2009, foi contemplado com o “Prêmio Marcantonio Vilaça de Artes Plásticas”, concedido pela Funarte, por meio do MinC, com o projeto fotográfico “Ritos, Ditos e Ditados”, disponibilizado no acervo do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC).

Uma das revelações entre a nova geração de fotógrafos catarinenses, Bruno Ropelato leva no currículo premiações nacionais e internacionais em fotografia e artes plásticas. Destaca-se pela versatilidade nos diversos campos da fotografia. Também é diretor de fotografia e cena em produções cinematográficas como clipes, comerciais, video-art e documentários.
Exposição #PorAí, do fotógrafo Bruno Ropelato


Categorias: Março 2017
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Maio 2020 Prefeitura de Florianópolis lança plataforma digital com mais de 10 mil vagas em cursos online gratuitos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar