FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Junho 2017
Catarina Canta no CIC 8:30 - Grandes Encontros



Quando: 07 Junho 2017, Quarta-feira, às 20h30min
Onde: Teatro Ademir Rosa (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: R$40 inteira e R$20 meia-entrada

Pela segunda vez no palco do Teatro Ademir Rosa, agora dentro da programação do CIC 8:30 – Grandes Encontros da Fundação Catarinense de Cultura(FCC), o show Catarina Canta faz um resgate da história da música popular catarinense com a participação de convidados especiais que fazem parte deste contexto. O espetáculo será no dia 7 de junho, às 20h30.

Catarina Canta é um projeto que reúne em sua assinatura a música catarinense com canções que marcaram diferentes épocas e intérpretes significativos de diversas gerações. O espetáculo mistura música e história, em um show que marca a força da cultura catarinense. Nesta segunda edição, participam o Coral M`bya Guarani, Gazú, Márcio da Vila (Tijuqueira), Marcio Cesar (Capuchon), Marcelo Muniz e Alisson Mota (Grupo Engenho), Juca e Murilo Valente (Banda Tubarão), Tatiana Cobbett, Neco e Ricardo Porto.

A abertura do espetáculo será com um canto Guarani interpretado pelo Coral da tribo MymbaRoka da etnia M`bya Guarani de Sorocaba de Dentro, Biguaçu. Na sequência, Márcio Cesar do Grupo Capuchon sobe ao palco. A noite ainda terá a interpretação da cantora Natascha Hak para a música “O Céu é Mais Além”, da Banda Tijuqueria; e Márcio da Vila cantando e tocando flauta transversal em “Cabelo de Sal”. O repertório da noite traz, também, Feitiço e Só dá você, cantadas por Murilo Valente e Juca da Banda Tubarão; Ricardo Porto declamando versos típicos e cantando “Linda Terra Santa Catarina” e “Herdeiro do Contestado”; Gazú cantando “Vagabundo” e “Vem Comigo”; Tatiana Cobbett interpretando Lua Mansa, juntamente com Alisson e Marcelo Muniz do Grupo Engenho que, em seguida, tocam Meu Boi Vadiou, chamando Neco para cantar Barra da Lagoa com a participação de todos os convidados.

Sobre os convidados:

Coral M'bya Guarani: o coral da aldeia indígena Guarani Mymba Roka, da localidade de Sorocaba de Dentro, município de Biguaçu, reúne-se ao redor do Fogo Sagrado, onde são entoados os cantos sagrados e dançados para Nhanderu, Nhandetchy, Pai/Mãe Divinos.

Grupo Capuchon: criado em 1970 para tocar em festivais de músicas autorais. O grupo é reconhecido nacionalmente ao lado de Terço, Rita Lee & Tutti Frutti, O Som Nosso de Cada Dia, e permanece vivo na memoria daqueles que acompanharam o desenvolvimento da música autoral em Florianópolis.

Tijuqueira: com o cenário musical dos anos 1990, a banda nasceu no meio das tarrafas, acordes, surfe e capoeira. Com uma mescla de ritmos e muita criatividade, a banda gravou três discos e um álbum duplo. Foram convidados para o Fête de La Musique em Paris e participaram PopKomm em Berlin, além de shows em Portugal.

Tubarão: A história do Tubarão começa nos anos 1970, na cidade de Tubarão. Os irmãos Paulo (Juca) e André (Deca) May e o baterista Murilo Gelosa formaram a banda para se divertir e colocaram o nome de Ratones. O objetivo era um só: "curtir a vida pegando onda e tocando rock". Em 1984 mudaram o nome para Tubarão e lançaram algumas músicas de sucesso, entre elas "História de Amor", que foi regravada pelos Fevers no ano seguinte. Em 1988, gravaram o disco "Tubarão e Expresso", dividido com a banda Expresso Rural. Em seguida passou a fazer parte do grupo o guitarrista Murilo Valente (ex-Decalcomania).

Ricardo Porto: Músico, cantor e compositor com 25 anos de carreira e oito CDs gravados. Faz shows em festas campeiras e rodeios por toda América Latina, premiado em vários festivais de que participou, canta a cultura catarinense.

Gazú: iniciou o seu contato com a música aos 10 anos de idade. Atuou nas bandas Passaporte Brasil, OX e Samba e Companhia, antes da formação da banda que viria a ser considerada aquela com maior expressão no cenário musical do estado de Santa Catarina, o Dazaranha.

Neco: cantor e compositor de Florianópolis. Autor da música "Barra da Lagoa", sucesso desde sua primeira gravação, em 1981, pelo Grupo Engenho. O artista mantém um bar no Centro da cidade, onde reúnem-se artistas, músicos e amantes da música.

Tatiana Cobbett: bailarina, compositora e cantora formada pela Escola de Danças Clássicas do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, trabalhou 12 anos no Ballet Stagium, percorrendo o Brasil, América Central e América Latina. Estabelecida em Florianópolis, desenvolve trabalhos autorais com vários parceiros e produtores culturais.

Grupo Engenho: uma das principais referências da música catarinense e um dos precursores da produção fonográfica independente no Brasil. Em sua música, seja nas letras ou ritmos, sempre com toques sociais e políticos, estão presentes elementos da cultura da Ilha de Santa Catarina e de todo sul do Brasil, trazidos pela experiência, origem diversa de cada um dos integrantes e pela ampla e contínua pesquisa de campo.
Catarina Canta no CIC 8:30 - Grandes Encontros


Categorias: Junho 2017
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 15 Dezembro 2017 5º Festival de Fotografia Floripa na Foto ... >> Especiais / Outros
até 16 Dezembro 2017 Tour Gratuito Côza Nossa - Centro Históric... >> Especiais / Outros
até 16 Dezembro 2017 Tour Gratuito Côza Nossa - Coqueiros Histó... >> Especiais / Outros
até 20 Dezembro 2017 Palestra gratuita sobre fotografia básica ... >> Educação / Cursos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar