FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Agosto 2017
Cineclube Badesc exibe mostra dedicada a vida dos pintores



Quando: 30 Agosto 2017, Quarta-feira, sempre às 19 horas
Onde: Fundação Cultural Badesc
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 216 - Centro
Quanto: Gratuito

No mês de agosto, o Art7 junto com a Fundação Cultural Badesc apresentam, a partir do dia 02/08, à mostra dedicada a Vida dos pintores. As sessões ocorrem nas quartas-feiras, sempre às 19h, e a entrada é gratuita.

Confira a programação completa e as sinopses:

02/08
Rembrandt (Idem)
De Alexander Korda. Reino Unido. 1936. 85min. Biografia / Drama. Sem classificação.
Com Charles Laughton, Elsa Lanchester, Gertrude Lawrence.
No ano de 1642, em Amsterdan, o grande pintor Rembrandt Van Rijin (Charles Laughton) desfruta de uma vida cheia de fama e fortuna, mas com a morte de sua esposa/musa, seu trabalho encontra a escuridão. Falido e desolado, ele encontra consolo nos braços de uma bela jovem, Hendrickje (Elsa Lanchester), uma empregada de sua casa. Agora, oferecida uma segunda chance a ele no amor, Rembrandt irá tomar coragem e superar os seus demônios?

09/08
Van Gogh - Vida e Obra de um Gênio (Vincent & Theo)
De Robert Altman. Reino Unido/Paises Baixos. 1990. 135min.Biografia / Drama. Classificação 16 anos.
Com Tim Roth, Paul Rhys, Johanna ter Steege.
O filme acompanha em paralelo as vidas dos dois irmãos. Enquanto Vincent leva uma existência praticamente miserável, estudando e concebendo sua obra em situações de extrema penúria, a vida de Theo não é também nenhum mar de rosas. Apesar de estar envolvido no meio glamoroso do mercado de obras de arte na Paris do final do século XIX, sente-se igualmente frustrado, sendo explorado e mal remunerado por donos de galerias, além de sofrer de sífilis, o que praticamente inviabiliza sua vida amorosa. O fato de não conseguir ajudar o irmão com outra coisa além de uma mesada ou não comercializar sua obra traz a ele insatisfação e sofrimento. Vincent e Theo são mostrados como duas figuras complementares, apesar de suas profundas diferenças. Um não existe sem o outro, tanto que Theo sobrevive apenas um ano após a morte do irmão.

16/08
Moulin Rouge (idem)
De John Huston. Reino Unido. 1952. 120 min. Biografia/Drama. Sem classificação.
Com José Ferrer, Zsa Zsa Gabor, Suzanne Flom.
Na agitada Paris de 1890, no popular cabaré Moulin Rouge ("Moinho Vermelho"), o jovem artista de família nobre Henri de Toulouse-Lautrec bebe uma garrafa de conhaque e esboça desenhos das dançarinas que se apresentam. Ele é amigo de frequentadores habituais e artistas da casa, tais como a cantora Jane Avril, das dançarinas rivais La Goulue e a argelina Aicha (que constatemente brigam) além do proprietário Maurice Joyant. Joyant faz a proposta de um mês de bebidas grátis para Henry em troca da encomenda de um cartaz publicitário. Henry espera todos os frequentadores sairem da casa, antes que ele também se vá, pois não quer que vejam suas pernas curtas, deformadas por um acidente na infância. Ao se dirigir para o seu apartamento em Montmartre, Henri encontra a prostituta Marie Charlet e inicia um romance com ela. Henry prepara o cartaz que lhe fora encomendado como uma litografia que, apesar de causar estranheza ao proprietário, é aceito

23/08
Egon Schiele - Excesso e Punição (Exzesse)
De Herbert Vesely. Alemanha. 1981. 95min. Biografia / Drama. Classificação 18 anos.
Com Mathieu Carrière, Jane Birkin, Christine Kaufmann.
O filme conta a história do pintor austríaco, Egon Shiele, que foi acusado de abusar sexualmente de uma adolescente. O pintor acolheu a garota em sua casa, em uma noite de chuva forte, ela estava fugindo da casa dos pais. Egon Shiele foi um dos pais do expressionismo na pintura, a maioria de seus trabalhos trazia imagens de mulheres nuas e sem todos os membros do corpo. Os mais moralistas consideravam como um pintor pornográfico.
A garota que ficou abrigada em sua casa, serviu de modelo para uma de suas telas, mas o filme não mostra abuso e nem pornografia com a modelo adolescente. No primeiro depoimento a menina mentiu, disse que o pintor dormiu entre a namorada e ela, na mesma cama.
O fato levou o artista à prisão, onde ficou preso o julgamento. Depois de absolvido suas telas fizeram sucesso e foi reconhecido entre os gênios do expressionismo. Teve uma vida cheia de tragédias e sua morte, foi quase um suicídio por amor.

30/08
Frida (Idem)
De Julie Taymor. EUA. 2002. 123min. Biografia / Drama. Sem classificação.
Com Salma Hayek, Alfred Molina, Antonio Banderas.
"Frida" é a história da pintora mexicana, desde a conturbada relação com o mentor e marido Diego Rivera (Alfred Molina), à relação ilícita com Trotsky - exilado no México e que o casal acolheu em sua casa pouco antes de Stalin o mandar assassinar -, ou às provocantes relações com outras mulheres. A vida de Frida mudou radicalmente em Setembro de 1925, quando foi empalada viva num acidente de carro. Houve pessoas que morreram no acidente, Frida teve de se sujeitar a inúmeras operações, mas nenhuma apagou a cor do sangue que mancharia depois toda a sua obra somada à imagem, simultaneamente crua, dura e ao mesmo tempo doce de uma mulher.
Cineclube Badesc exibe mostra dedicada a vida dos pintores


Categorias: Agosto 2017
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Setembro 2017 Prefeitura oferece curso gratuito de idiom... >> Educação / Cursos
até 19 Setembro 2017 Serviço de Atenção Psicológica Sapsi da UF... >> Especiais / Outros
até 19 Setembro 2017 2ª Semana Inclusiva Grande Florianópolis t... >> Exposições
até 19 Setembro 2017 Primavera parisiense com mais de três mil ... >> Exposições
até 19 Setembro 2017 Projeto Capoeira da Ilha promove aulas gra... >> Esportes
até 23 Setembro 2017 Circuito Sesc de Caminhadas na Natureza - ... >> Esportes


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar