FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Novembro 2017
V Mostra Cena Emergente tem programação gratuita com sete espetáculos e duas oficinas



Quando: de 23 a 30 de novembro
Onde: Largo da Catedral, Ceart Udesc, Teatro do SESC Prainha
Endereço: Travessa Syriaco Atherino, 100 – Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/379169112540461

O Sesc em Florianópolis (Prainha) promove a V Mostra Cena Emergente entre os dias 23 e 30 de novembro de 2017, com apresentações no Sesc, no Largo da Catedral e no Centro de Artes da Udesc, com entrada gratuita. Os ingressos gratuitos devem ser retirados uma hora antes de cada apresentação, sujeito à lotação.

O objetivo é fomentar a formação profissional dos trabalhos vinculados à graduação de teatro de Instituições de Ensino de Nível Superior, por meio de apresentações, oficinas, bate-papos e intercâmbio entre os estudantes, professores e artistas convidados.

Em virtude da repercussão do IV Cena Emergente no meio acadêmico, a edição de 2017 tem abrangência nacional. Desta forma estudantes universitários vinculados à graduação de teatro diversas Instituições de Ensino de Nível Superior (ensino, pesquisa e extensão) do Brasil enviaram inscrições. Destes, foram escolhidos sete espetáculos de alunos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e Universidade de São Paulo (USP), todos inéditos na programação do Sesc em Florianópolis (Prainha).

São eles: “Guerra: Substantivo feminino”, com Semibreve Cia. de Teatro (UFSC); “Bela”, com Grupo que BERRA (Udesc); “Pegando do Resto”, com Grupo Abaporu (UFSC); “Clownsificados”, com Grupo Abaporu (Ufsc); “Resquício”, com La Luna Cia de Teatro (Udesc); “Não ouço os passos de ninguém entre os escombros”, com Comitê Escondido Johann Fatzer (USP), e “Auto da Compadecida”, com Cia. Caras de Boneco (Udesc).

A programação traz também duas oficinas gratuitas: “Boe To Paru (bater os pés)”, com Fredyson Cunha, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); e “Jogo e composição na Cena Contemporânea”, com a Profa. Dra. Priscila Genara (UFSC) e Prof. Dr. Vicente Concilio (Udesc). As inscrições estão abertas no espaço Relacionamento com Clientes do Sesc em Florianópolis (Prainha).

De acordo com Kil Abreu, jornalista, crítico e pensador paulista, que mediou as reflexões sobre as apresentações do ano anterior, “o Cena Emergente vem fazer boa companhia a outras mostras, encontros e festivais brasileiros pautados pela produção de artistas em formação. Assim como o FETO (Festival Estudantil de Teatro), em Belo Horizonte, ou o FITUB (Festival Internacional de Teatro Universitário), em Blumenau, é um evento dedicado a lançar luz sobre a produção teatral em uma das suas nascentes mais importantes: os cursos superiores de teatro. É tarefa da maior importância, seja pelo espaço de visibilidade e troca dessas experiências, que a Mostra oportuniza; seja porque no modelo atual dos festivais de teatro do Brasil este aspecto, o formativo, tende a se tornar em geral cada vez mais enxuto”.

Programação

23/11 (qui), às 20h, no Teatro Sesc Prainha:
Espetáculo “GUERRA: Substantivo feminino”, com Semibreve Cia. de Teatro (UFSC)
Sinopse: Ao relacionarmos as palavras “Mulher” e “Guerra”, muitas metáforas podem surgir: batalhas travadas por mulheres contra imposições em suas vidas, a luta pelo reconhecimento como ser humano de igual direito em relação aos homens, a guerra pelo direito ao próprio corpo. O espetáculo “GUERRA: Substantivo Feminino” não é uma metáfora. Ele narra, a partir da linguagem teatral, memórias de mulheres veteranas de guerra que foram armadas à luta compondo o exército russo contra o Nazismo de Hitler. É a história de quase um milhão de mulheres que esperaram para ter sua voz ouvida e seu ponto de vista contado.
Apresentação seguida por debate com Profa. Dra. Luciana Lyra (UERJ) e pelo Prof. Dr. Alexandre Nunes (UFG) – Encontro Arcanos.

24/11 (sex), às 20h, no Teatro Sesc Prainha:
Espetáculo “Bela”, com Grupo que BERRA (Udesc)
Sinopse: Este espetáculo surge da necessidade de falar sobre o espaço da não binariedade e sobre a representação de gênero e também da negação de padrões. Surge, enquanto artista, de dizer o que se sente, o que se vê e o que se pensa quando se ocupa um lugar tão incerto. A partir de materiais de outras artistas, costuro tudo no emaranhado que "Bela" é. Grito. Performo. Conto.
Apresentação seguida por debate com Profa. Dra. Lígia Tourinho (UFRJ) e pelo Prof. Dr. Robson Haderchpeck (UFRN) – Encontro Arcanos.

25/11 (sáb), 9h às 11h30, na Sala Multiuso do Sesc:
Oficina BOE TO PARU (bater os pés), com Fredyson Cunha (Universidade Estadual de Campinas / Unicamp)
Inscrições gratuitas abertas no espaço Relacionamento com Clientes do Sesc em Florianópolis (Prainha).
Sinopse: Dançar batendo os pés, corpomundo em gesto de criação. Fomentar a prática reflexiva por meio de deslocamentos e usos do corpo/espaço a partir de estruturas físico/rítmicas inspiradas pelo contato com os índios Bororo (MT). Fredyson Cunha tem experiência e interesse na pesquisa em danças brasileiras, dança contemporânea e criação coreográfica. Formação de bailarino em dança clássica, contemporânea e dança-teatro.

25/11 (sáb), 14h às 18h, na Sala Multiuso do Sesc:
Oficina Jogo e composição na Cena Contemporânea com Profa Dra. Priscila Genara (UFSC) e Prof. Dr. Vicente Concilio (Udesc)
Inscrições gratuitas abertas no espaço Relacionamento com Clientes do Sesc em Florianópolis (Prainha).
Sinopse: Através de improvisações e jogos cênico, os participantes poderão criar cenas que dialoguem com princípios das artes cênicas hoje.
Priscila Genara é graduada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Santa Maria, Mestre em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da UFRGS, Doutora pelo programa de Pós Graduação em Teatro da UDESC. É professora de Teatro na Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Teatro, com ênfase em Atuação e Encenação Teatral, atuando principalmente com princípios do sistema de Stanislavski, da linguagem clownesca, da pedagogia do ator e encenador e do Teatro do Absurdo.
Vicente Concilio é licenciado, mestre (2006) e doutor (2013) em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo. É ator, diretor e professor da área de Teatro-Educação do Departamento de Artes Cênicas da UDESC, integrando também o Programa de Pós-graduação em Teatro e o Mestrado Profissional em Artes - ProfArtes - CAPES, da mesma instituição. Possui experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: teatro-educação, jogos teatrais, teatro em contextos escolares e formação de professores em arte.

25/11 (sáb), às 20h, no Teatro Sesc Prainha:
Espetáculo “Pegando do Resto”, com Grupo Abaporu (UFSC)
Sinopse: Nada a fazer. O tempo passa mais rápido quando se está distraído. Por que não iludir a espera? Escute! Ouviu isso? Eu também não. Não se pode rir... meramente sorrir. Em lugar preto e branco ri quem tem cor. Nessa adaptação do texto de Samuel Beckett, as máscaras larvárias do Grupo Abaporu exploram o lusco-fusco dos dias manipulando o espaço e o tempo. Enquanto se espera, o ócio desenvolve situações para mantê-las sempre um segundo atrás do ponteiro do relógio.
Debate artístico, após a apresentação

28/11 (ter), às 15h, no Teatro Sesc Prainha:
Espetáculo “Clownsificados”, com Grupo Abaporu (UFSC)
Sinopse: A vida nem sempre é feita de sorrisos, nem mesmo quando você nasceu para ser palhaço. Quando faltam as gargalhadas, falta também o papel-moeda. O que seria do artista se ele fosse forçado a não mais fazer arte? Como se sairia tendo que performar um papel que não o de sua natureza? Em Clownsificados os palhaços do Grupo Abaporu tentam ganhar a vida em outros trabalhos, porém seus desempenhos são questionáveis. Cinco clowns a procura de um emprego encontram em uma folha de jornal a solução: uma plateia!
Debate artístico, após a apresentação

29/11 (qua), às 15h, no Largo da Catedral:
Espetáculo “Resquício”, com La Luna Cia de Teatro (Udesc)
Sinopse: Em meio ao caos da cidade suja e cinza, a poeira e o pó enfeitam os escombros do que um dia foi, mas não podendo deixar de ser, ainda é. O espetáculo “Resquício” traz em suas entrelinhas, a linha tênue entre a loucura e o amor pela arte de duas senhoras que viveram a vida toda em um circo, e que agora têm que lidar com a desvalorização do artista, fazendo das ruas das cidades o seu picadeiro. Essas artistas moram na rua e percorrem as praças das cidades em busca de público interessado em sua arte.
Debate artístico, após a apresentação

29/11 (qua), às 20h, no Teatro Sesc Prainha:
“Não ouço os passos de ninguém entre os escombros”, com Comitê Escondido Johann Fatzer (USP)
Sinopse: Quando as estátuas começam a falar / Dizem algo sobre as ruínas / Por sobre as ruínas.
ITS JUST THE WORST TIME, THE WORST TIME OF THE YEAR.
A partir de HAMLET machine, de Heiner Muller, um desconforto diante da Revolução enquanto impossibilidade.
Após a apresentação, debate Performativo, com iNerTE – Instável Núcleo de Estudos de Recepção Teatral

30/11 (qui), às 20h, no Centro de Artes / Udesc:
Espetáculo “Auto da Compadecida”, com Cia Caras de Boneco (Udesc)
Sinopse: No Auto da Compadecida testemunhamos a história de João Grilo e Chicó, dois sertanejos pobres, que fazem de tudo para conseguir sobreviver a mais um dia no sertão, enganando e trapaceando quem estiver pela frente, após a chegada de cangaceiras na cidade os habitantes são mortos e a esperteza da dupla é confrontada com o julgamento do Diabo até a chegada da Compadecida.
Após a apresentação, debate artístico

Realização:
Sesc em Florianópolis (Prainha)

Apoios:
Departamento de Artes - ART / CCE / UFSC
Curso de Artes Cênicas / UFSC
Departamento de Artes Cênicas Dac / Ceart / Udesc
Programa de Extensão Pedagogia do Teatro e Processos de Criação
V Mostra Cena Emergente tem programação gratuita com sete espetáculos e duas oficinas


Categorias: Novembro 2017
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 20 Junho 2018 Make Music Day terá aulas gratuitas de sete modalidades na Escola de Música Rafael Bastos
até 20 Junho 2018 Sala Verde UFSC promove atividades gratuitas
até 20 Junho 2018 Inscrições para 1.937 vagas em 49 cursos gratuitos técnicos e Proeja do IFSC
até 20 Junho 2018 12ª Feira de Artes Entremostras abre inscrições


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar