FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Maio 2018
Programação gratuita do Cineclube da Fundação Cultural Badesc de maio de 2018



Quando: 30 Maio 2018, quarta-feira, às 19 horas
Onde: Fundação Cultural Badesc
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 216 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/602466530099888

Em maio de 2018, o Cineclube da Fundação Cultural Badesc segue com exibições de segunda a sexta-feira. As sessões iniciam sempre às 19h. A entrada é gratuita e aberta ao público.

O 2º Ciclo do Cinema Palestino é uma das atrações da programação de maio, sempre nas quartas-feiras (dias 02, 09, 23 e 30). Promovido em parceria com o CineArt7, o ciclo exibe gratuitamente filmes sobre a Palestina e promove debates sobre os assuntos abordados nas sessões. Quatro filmes que trazem personagens que têm a vida afetada direta ou indiretamente pelo conflito entre Israel-Palestina foram selecionados para a mostra. No dia 23 de maio, às 20h40, está confirmado o lançamento do livro Amálgama de Luta e Beleza: Somos Todos Palestinos, do médico e escritor Yasser Jamil Fayad. A obra, publicada pela editora Ghassan Kanafani reúne poesias de tradição literária palestina conhecida como poesia de combate e forma. O livro também destaca textos, fotos, arabescos e caligrafias islâmicas e será comercializado por R$ 25.

Programação

Dia 02, quarta-feira, 19h, ART 7: 2º Ciclo do Cinema Palestino
Quando vi você (Lamma shoftak)
De Annemarie Jacir. Jordânia. 2012. 98 min. Drama. Sem classificação.
Com Mahmoud Asfa, Ruba Blal e Saleh Bakri.
Por conta da guerra, Tarek e sua mãe vão para um campo de refugiados na fronteira da Palestina com a Jordânia.
Mediação: Khader Othman e Silvia Grando, integrantes do Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino.

Dia 03, quinta-feira, 19h, Documentário Histórico
A opinião pública
De Arnaldo Jabor. Brasil. 1967. 65 min. Documentário. 14 anos.
Um mergulho na vida das pessoas da classe média do Rio de Janeiro.
Mediação: Prof. Dr. Rafael Hagemeyer (LIS/UDESC).

Dia 04, sexta-feira, Sessão Divã
Um estranho em mim (Das fremde in mir)
De Emilly Atef. Alemanha. 2008. 99 min. Drama. Sem classificação.
Com Susanne Wolff, Johann Von Bülow e Maren Kroymann.
Rebecca e Julian anseiam pela chegada do primeiro filho, mas após o nascimento do bebê a mãe enfrenta sentimentos conflitantes em relação a sua nova vida.
Mediadores: Sonia Garcia e Taoana Padilha (psicanalistas).

Dia 07, segunda-feira, 19h, Cine Africano: Africa 68
Mandabi
De Ousmane Sembene. Senegal, França. 1968. 105 min. Drama. 14 anos.
Com Makhouredia Gueye, Ynousse N’Diaye e Isseu Niang.
Tonton recebe uma ordem de pagamento de seu sobrinho que está em Paris e precisa enfrentar a cobiça da vizinhança e um esquema de corrupção para conseguir retirar o dinheiro do correio.
Mediação: Prof. Dr. Sílvio Marcus de Souza Correa (LEHAF/UFSC).

Dia 08, terça-feira, 19h, Imagens Políticas
Peões
De Eduardo Coutinho. Brasil. 2004. 85 min. Documentário. Livre.
Trabalhadores da indústria metalúrgica do ABC paulista contam sobre o movimento grevista de 1979/80, no qual se destacou a figura de Lula.
Mediação: Elaine Sallas (professora da Rede Estadual e mestranda em Teatro/UDESC) e Elenira Vilela (Doutoranda em Engenharia Mecânica na Escola Politécnica da USP, escreve para o portal Desacato).

Dia 09, quarta-feira, 19h, ART 7: 2º Ciclo do Cinema Palestino
O paraíso, agora! (Paradise now)
De Hany Abu-Assad. Palestina, França, Alemanha, Holanda. 2005. 87 min. Drama. 14 anos.
Com Lubna Azabal, Hiam Abbass e Ali Suliman.
Os amigos palestinos Khaled e Said são recrutados para realizar um atentado suicida em Tel Aviv, mas não pode revelar sua missão à família.
Mediação: Adib Ahmed, integrante do Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino.

Dia 10, quinta-feira - NÃO HAVERÁ SESSÃO: ABERTURA DE EXPOSIÇÃO

Dia 11, sexta-feira, 19h, Psicanálise vai ao Cinema
Invasões bárbaras (Les invasions barbares)
De Denys Arcand. França, Canadá. 2003. 99 min. Drama. 14 anos.
Com Rémy Girard, Stéphane Rousseau e Louise Portal.
Rémy tenta encontrar a paz em seus últimos momentos de vida. Em sua jornada final, ele conta com o apoio do filho, da ex-mulher e velhos amigos.

Dia 14, segunda-feira, 19h, Mostra de Cinema Uruguaio
Seus pais voltarão (Tus padres volverán)
De Pablo Martínez Pessi. Uruguai. 2015. 80 min. Documentário. Livre.
Em 1983, dois anos antes do fim da ditadura uruguaia, chega a Montevidéu um avião repleto de crianças, filhos de exilados políticos, enviados pelos pais para conhecer seus familiares.

Dia 15, terça-feira, 19h, Mostra de Cinema Uruguaio
O Bela Vista (El Bella Vista)
De Alicia Cano Menoni. Uruguai. 2012. 73 min. Documentário. 16 anos.
O Bella Vista Futebol Clube perdeu sua última partida, foi eliminado e logo se dissolveu. Desde então o local do clube foi um bar, um prostíbulo de travestis e uma igreja.

Dia 16, quarta-feira, 19h, Mostra de Cinema Uruguaio
Os golfinhos vão para o Leste (Las toninas van al Este)
De Gonzalo Delgado e Verónica Perrotta. Uruguai. 2016. 83 min. Comédia. 18 anos.
Com Jorge Denevi, Verónica Perrotta e César Troncoso.
Miguel Ángel García Mazziotti, decadente celebridade gay do Rio de la Plata, recebe a visita da sua filha de quem está afastado há vários anos com uma grande notícia.

Dia 17, quinta-feira, 19h, Mostra de Cinema Uruguaio
Multitudes
De Emiliano Mazza De Luca, Mónica Talamás Sarli e outros. Uruguai. 2013. 65min. Doc. Sem classificação.
Pequenas histórias sob diferentes olhares observando as paixões que atraem milhares de indivíduos para se juntarem em um único personagem coral: a multidão.

Dia 18, sexta-feira, 19h, Mostra de Cinema Uruguaio
Os modernos (Los modernos)
De Mauro Sarser e Marcela Matta. Uruguai. 2016. 95 min. Drama. 16 anos.
Com Noelia Campo, Mauro Sarser e Federico Guerra.
Paternidade, realização profissional e liberdade sexual são temas que permeiam conflitos de três casais sob perspectiva do mundo contemporâneo.
Mediação: Mauro Sarser (diretor, editor, músico e ator).

Dia 21, segunda-feira, 19h, Cine Francês AF: Especial Maio de 68
O fundo do ar é vermelho (Le Fond de l’air est rouge)
De Chris Marker. França. 1977. 180 min. Documentário. Sem classificação.
Esperanças e decepções suscitadas pelos movimentos revolucionários de 68, desde o regime chinês ao cubano, a Primavera de Praga, os movimentos estudantis e operários franceses.

Dia 22, terça-feira, 19h, Cine Francês AF: Especial Maio de 68
Milou em Maio (Milou en Mai)
De Louis Malle. França. 1990. 107 min. Comédia/Drama. Sem classificação.
Com Michel Piccoli, Miou- Miou e Michel Du Chaussoy.
Na França, as manifestações de maio de 68 extrapolam os limites de Paris e pegam de surpresa parentes de uma velha proprietária de terras que acaba de morrer, abrindo caminho para uma luta pela herança.

Dia 23, quarta-feira, 19h, ART 7: 2º Ciclo do Cinema Palestino
O ídolo (Ya tayr el tayer)
De Hany Abu-Assad. Palestina, Reino Unido, Qatar, Holanda, Emirados Árabes Unidos. 2015. 100 min. Biografia/Drama. 12 anos.
Com Tawfeek Barhom, Kais Attalah e Hiba Attalah.
O jovem Mohammed sonha em ser um cantor de sucesso. Quando vê os anúncios de inscrições para o Arab Idol, ele enfrenta todos os perigos da travessia até o local para ter a chance de participar da competição.

20h40 - Após a sessão haverá lançamento do livro de poesias "Amálgama de Luta e Beleza: Somos Todos Palestinos", do médico e escritor Yasser Jamil Fayad e conversa com o autor.
O livro será comercializado por R$ 25.

Dia 24, quinta-feira, 19h, Cine Delas [Floripa]
Lute como uma menina!
De Beatriz Alonso e Flávio Colombini. Brasil, SP. 2016. 76 min. Documentário. Sem classificação.
As meninas que participaram do movimento secundarista que ocupou escolas e foi às ruas para lutar contra um projeto de reorganização escolar imposto pelo governador de São Paulo, em 2015.
Mediação: Amanda Canan e Mariah F. (participaram da OcupaIFSC 2016).

Dia 25, sexta-feira, 19h, Infância, Cultura e Arte
Minha vida de abobrinha (Ma vie de courgette)
De Claude Barras. Suíça, França. 2017. 66 min. Animação. 10 anos.
Icare, um menino de nove anos, é deixado pela polícia em um orfanato após o falecimento de sua mãe. No processo de adaptação ao novo lar ele descobre o poder da amizade.

Dia 28, segunda-feira, 19h, Foco em Cinema
O Dia da Desforra (La Resa dei conti)
De Sergio Sollima. Itália/Espanha. 1966. 110 minutos. Faroeste. 14 anos.
Com Lee Van Cleef, Tomas Milian e Walter Barnes.
Jonathan “Colorado” Corbett, um justiceiro com aspirações políticas, persegue um atirador de facas mexicano acusado de violar uma menina de 12 anos.
Medição: Bruno Andrade (crítico de cinema).

Dia 29, terça-feira, 17h, Foco em Cinema
O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro
De Glauber Rocha. Brasil/França/Alemanha. 1969. 100 min. Faroeste. 14 anos.
Com Maurício do Valle, Odete Lara e Othon Bastos.
Antônio das Mortes, antigo matador de cangaceiros, é contratado por um coronel para matar um beato agitador. Mais tarde, ele resolve apoiar a causa do povo contra os desmandos do coronel.

Dia 29, terça-feira, 19h, Foco em Cinema
O vento do Leste (Le vent d’est)
De Jean-Luc Godard, Jean-Pierre Gorin e Gérard Martin. Itália/França/Alemanha. 1970. 92'. Faroeste. 14 anos.
Com Gian Maria Volontè, Anne Wiazemsky e Glauber Rocha.
Manifesto cinematográfico em forma de faroeste revolucionário que aborda questões referentes a posições políticas anticapitalistas.
Medição: Bruno Andrade (crítico de cinema).

Dia 30, quarta-feira, 19h, ART 7: 2º Ciclo do Cinema Palestino
A noiva síria (The Syrian Bride)
De Eran Riklis. França, Alemanha, Israel. 2004. 94 min. Comédia/Drama. Livre.
Com Hiam Abbass, Makram Khoury e Clara Khoury.
O planejamento do casamento e dois jovens drusos que vivem em lados opostos da fronteira entre Israel e Síria.
Mediação: Yasser Jamail Fayad, do Movimento de Libertação da Palestina, Ghassan Kanafani.



Programação gratuita do Cineclube da Fundação Cultural Badesc de maio de 2018


Categorias: Maio 2018
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 22 Outubro 2018 Prefeitura abre 800 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos para jovens


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar