FaceBook Instagram Twitter


Coronavírus em SC: Governo confirma 86 casos de Covid-19 - Boletim atualizado em 23/03



Quando: 23 Março 2020, segunda-feira
Onde: em todas as regiões do Estado de Santa Catarina

CORONAVÍRUS - COVID-19


Situação do coronavírus (COVID-19) em Santa Catarina em 23/03/2020. Última atualização do Ministério da Saúde e SES: 18h.

Santa Catarina tem 86 casos confirmados do novo coronavírus, conforme atualização divulgada pelo governador Carlos Moisés em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira, 23 de março de 2020. Os pacientes com a doença estão distribuídos em diversas regiões catarinenses.

Os municípios com casos confirmados (por localidade de notificação) são: Florianópolis (15), Braço do Norte (9), Criciúma (9), Blumenau (7), Itajaí (7), Tubarão (7), Balneário Camboriú (6), Joinville (4), São José (4), Chapecó (2), Gravatal (2), Imbituba (2), Jaraguá do Sul (2), Rancho Queimado (2), Porto Belo (2), Gaspar (1), Içara (1), Jaguaruna (1), Lages (1), Navegantes (1) e Pomerode (1).

O governador reforçou a importância de que todos se mantenham em casa. “O melhor remédio é o isolamento social para evitar ao máximo o contato com as pessoas e reduzir as chances de contaminação pelo coronavírus”, destacou.

Por instabilidade no sistema do Ministério da Saúde, o estado segue com 410 suspeitos em análise. O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, ressaltou a necessidade de que todos adotem as medidas de prevenção e que começaram a traçar o perfil dos pacientes.

"Estamos começando a traçar perfil e ele é baseado nos pacientes que começaram a entrar na rede hospitalar. Os quadros mais graves são aqueles de pacientes com idades avançadas, mas tivemos registros de pacientes adultos jovens internados em terapia intensiva. Bom ressaltar que isso não significa que as crianças ou adultos jovens não necessitem tomar os devidos cuidados e seguir nossas recomendações de isolamento social".

O secretário também comentou sobre a diferença entre dados de alguns municípios e do Estado em relação ao número de casos.

“É importante explicar que para ter um caso suspeito, após ele ser levantando pelos profissionais de saúde do município, é necessário que esse caso seja notificado em um sistema próprio de vigilância. A mesma coisa acontece com os laboratórios privados. É natural que tenhamos essa diferença nos casos até que o sistema esteja abastecido”, explicou.

Em seu pronunciamento, o governador destacou que um novo decreto, que será publicado hoje, prorrogará por mais 7 dias o isolamento social no âmbito estadual.

Leia também
- Brasil tem 34 mortes e 1.891 casos confirmados por coronavírus em 23 de março
- Governo determina suspensão do transporte coletivo, eventos, restaurantes e comércio em geral
- Tire suas dúvidas sobre as medidas de restrição impostas pelo Governo

Ações para conter a propagação do vírus


A melhor forma de frear o avanço do coronavírus é a prevenção:

- Caso o paciente apresente os sintomas da doença, como febre, tosse, falta de ar, dores musculares e de cabeça, deve procurar atendimento em uma unidade básica de saúde. Não procure um hospital. Lá os agentes de saúde farão o devido encaminhamento, se necessário, e darão as orientações em relação ao tratamento

- Em caso de dúvidas sobre onde procurar ajuda, as pessoas devem ligar para o número 136, do Disque Saúde, disponibilizado pelo Ministério da Saúde

- Somente serão transferidos para UPAs ou hospitais pacientes em estado mais grave. Os sintomas do coronavírus são semelhantes ao de gripe e a recomendação para quem não tiver o caso agravado é que fique em isolamento e monitoramento em casa

- Idosos e pessoas com doenças crônicas evitem ir a eventos fechados e a locais com aglomeração

- Evite viajar se esti ver com febre ou tosse

- Evite contato com pessoas que estiverem visivelmente doentes, principalmente com sintomas respiratórios (tosse ou coriza)

- Higienize as mãos frequentemente, seja com água e sabão ou álcool gel

- Evite tocar os olhos, nariz e boca

- Pratique a etiqueta da tosse: ao tossir e espirrar, cubra a boca com lenço descartável ou antebraço. Descarte o lenço imediatamente

- Se você ficar doente durante uma viagem, procurar imediatamente a tripulação ou equipe médica de bordo

- Na viagem, evite a ingestão de alimentos de procedência duvidosa ou inadequadamente preparados

- Evite o contato com animais silvestres ou animais doentes

- Evite que crianças e adolescentes com menos de 14 anos mantenham contato prolongado com pessoas com mais de 65 anos

- Evite a circulação em locais com grande aglomeração de pessoas, inclusive praias, lagos e lagoas
Coronavírus em SC: Governo confirma 86 casos de Covid-19 - Boletim atualizado em 23/03


Categorias: Ano 2020
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 07 Abril 2020 Inscrições para 1.791 vagas em 56 cursos gratuitos de qualificação profissional


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar