FaceBook Instagram Twitter


Coronavírus em SC: Governo prorroga quarentena e projeta início de flexibilização para mais setores



Quando: a partir de 8 de abril
Onde: em todas as regiões do Estado de Santa Catarina

CORONAVÍRUS - COVID-19


As medidas de isolamento social em Santa Catarina estão mantidas por mais cinco dias. O governador Carlos Moisés anunciou, no início da noite desta terça-feira, 7 de abril, a prorrogação do Decreto nº 525 que trata da restrição ao convívio social no estado até o próximo domingo, dia 12 de abril.

O Governo do Estado antecipou que a flexibilização das restrições a partir da próxima segunda-feira (13/04), está em estudo, seguindo recomendação do Ministério da Saúde.

O governador destacou que a tendência é que a situação se agrave no Brasil nas próximas semanas e todos os cuidados ainda são necessários. "É um esforço de todos para a proteção de todos. O isolamento social ainda é o método mais efetivo para evitar a Covid-19. Nossas medidas já trouxeram resultados positivos, a curva de crescimento de casos está mais atenuada e tenho certeza que, com o esforço dos catarinenses, vamos sair dessa crise que atinge o mundo todo", avaliou Carlos Moisés.

O Ministério da Saúde recomenda que, a partir da próxima semana, Santa Catarina avalie algumas medidas de flexibilização para iniciar a transição para o distanciamento social seletivo. A orientação se aplica aos estados que adotaram restrições ao convívio onde, atualmente, o número de pacientes internados com Covid-19 não tenha ocupado mais de 50% da capacidade de leitos existente antes da pandemia.

"Temos sempre seguido as orientações técnicas da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. Com o resultado positivo das três semanas de isolamento social, podemos avançar para a etapa de transição, sempre com muita responsabilidade e avaliação constante do contágio por coronavírus no nosso estado", afirmou o governador.

Em Santa Catarina, o nível de isolamento social é monitorado pela Polícia Militar. O acompanhamento mostra que, mesmo com a flexibilização das medidas, os catarinenses ainda permanecem com um alto índice de isolamento. O percentual, que era de 60% no início das medidas restritivas, atualmente é de aproximadamente 55%.

"Na medida em que a educação vai substituindo a fiscalização conseguimos manter padrões aceitáveis de isolamento social na maior parte de Santa Catarina. Mesmo com a flexibilização dos últimos decretos, a população continua colaborando. Isso facilita o trabalho das forças de segurança que estão nas ruas fazendo a fiscalização e percebem no dia a dia uma mudança de comportamento", relatou o comandante-geral da Polícia Militar, Carlos Alberto de Araújo Gomes.

Ações para conter a propagação do vírus

A melhor forma de frear o avanço do coronavírus é a prevenção:

- Caso o paciente apresente os sintomas da doença, como febre, tosse, falta de ar, dores musculares e de cabeça, deve procurar atendimento em uma unidade básica de saúde. Não procure um hospital. Lá os agentes de saúde farão o devido encaminhamento, se necessário, e darão as orientações em relação ao tratamento

- Em caso de dúvidas sobre onde procurar ajuda, as pessoas devem ligar para o número 136, do Disque Saúde, disponibilizado pelo Ministério da Saúde

- Somente serão transferidos para UPAs ou hospitais pacientes em estado mais grave. Os sintomas do coronavírus são semelhantes ao de gripe e a recomendação para quem não tiver o caso agravado é que fique em isolamento e monitoramento em casa

- Idosos e pessoas com doenças crônicas evitem ir a eventos fechados e a locais com aglomeração

- Evite viajar se estiver com febre ou tosse

- Evite contato com pessoas que estiverem visivelmente doentes, principalmente com sintomas respiratórios (tosse ou coriza)

- Higienize as mãos frequentemente, seja com água e sabão ou álcool gel

- Evite tocar os olhos, nariz e boca

- Pratique a etiqueta da tosse: ao tossir e espirrar, cubra a boca com lenço descartável ou antebraço. Descarte o lenço imediatamente

- Se você ficar doente durante uma viagem, procurar imediatamente a tripulação ou equipe médica de bordo

- Na viagem, evite a ingestão de alimentos de procedência duvidosa ou inadequadamente preparados

- Evite o contato com animais silvestres ou animais doentes

- Evite que crianças e adolescentes com menos de 14 anos mantenham contato prolongado com pessoas com mais de 65 anos

- Evite a circulação em locais com grande aglomeração de pessoas, inclusive praias, lagos e lagoas
Coronavírus em SC: Governo prorroga quarentena e projeta início de flexibilização para mais setores


Categorias: Ano 2020
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Maio 2020 Prefeitura de Florianópolis lança plataforma digital com mais de 10 mil vagas em cursos online gratuitos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar