FaceBook Instagram Twitter


Bailarino Marcos Klann apresenta solo "Werwolf" e workshop



Quando: 23 Março 2014, domingo, às 20 horas
Onde: Teatro do SESC Prainha
Endereço: Travessa Syriaco Atherino, 100 – Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/664789733584770

A ideia de solidão é relativa. Afinal, o estar junto não descarta a sensação de vazio. Como o inverso, estar sozinho não indica necessariamente isolamento. A relação de conflitos e percepções do corpo só ou acompanhado levou o bailarino Marcos Klann a criar metáforas da solidão. "A ideia de solidão e a necessidade de estar junto. O trabalho tem linguagem performática e teve seu ponto de partida na constatação da solidão presente nas redes sociais e no entendimento de que o modo que a solidão é percebida e sentida está relacionado as mudanças de comportamento social de cada época”, comenta Marcos. Werwolf é o nome da obra, que estreou em 2012 em Florianópolis, e circula por quatro cidades catarinenses nos meses de março e abril através do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura 2013. Florianópolis recebe o projeto de 20 a 23 de março, às 20h, no Teatro do SESC Prainha. Ingresso gratuito, retirada 1h antes do espetáculo.

A tecnologia entra no discurso reflexivo, imediata na proliferação de uma rede farta de amizades virtuais. As conexões humanas alimentam-se de uma presença imaterializada, um curtir e compartilhar editado e sem envolvimento maior, na opinião de Marcos. "A discussão das relações humanas passa principalmente pela sensação do corpo frente às aproximações virtuais. A superexposição, seja compartilhada ou usurpada, em alguns casos, como de fotos pessoais na rede, transita pela falta de preenchimento. A ideia de intimidade ligada a imagem do corpo e não a complexidade de fatores que envolvem a relação corpo-identidade. Estamos juntos, conectados e na maior parte do tempo sozinhos”, acrescenta.

Marcos buscou reconhecer sua própria representação de solidão e possibilidades de conexão com o entorno através deste sentimento. Encontrou no livro "O corpo em crise”, de Christine Greiner, empatia bibliográfica e elegeu o termo alemão Werwolf, usado durante a Idade Média, como território da obra. A palavra significa uma pessoa banida que perdeu seus direitos políticos e sociais e passa a ser considerada sub-humana e, por isso, exposta à vida nua. "Tem a ver com o não se adaptar a nenhum mundo, a ideia de não pertencimento e de que o banido não tem o direito ao convívio social. O lugar do exílio, onde essa pessoa, esse bandido, que é excluído, passa novamente a pertencer quando encontra os seus pares.”

A circulação do projeto "Werwolf” passa também por Rio do Sul nos dias 28 e 29 de março, às 20h, na Fundação Cultural Rio do Sul e termina em Joinville com apresentações no Galpão do Teatro da Ajote, às 20h, nos dias 04 e 05 de abril. A programação gratuita abre espaço para bate-papo após os espetáculos e promove wokshops sobre a "Disponibilidade como princípio criativo” conduzido pelo ator e bailarino Marcos Klann, também integrante da companhia de dança contemporânea Cena 11.
 



Workshop "Disponibilidade como princípio criativo”
22 de março, sábado, das 14h às 17h
Inscrição no site: http://www.marcosklann.com até dia 19/03

O workshop ministrado por Marcos Klann tem como fundamento a disponibilidade como sustentação do trabalho artístico, e objetiva que o participante, através de exercícios e trocas de experiências possa acessar a disponibilidade como modo operante do seu fazer artístico. Entende-se por disponibilidade a conjunção entre o momento anterior a ação e o seu contínuo estado ativo durante o momento da performance. Trata-se de potencializar a tranqüilidade do performer na construção de sua ação, aprimorando a capacidade de entendimento sobre seu movimento e a construção do seu discurso.

O workshop é gratuito e tem a duração de 3h, sendo direcionado à artistas e pessoas interessadas em arte. Serão oferecidas 25 vagas para maiores de 16 anos.

As inscrições serão realizadas via preenchimento de formulário no site do artista: www.marcosklann.com, com o título Workshop. Para efetuar a inscrição é necessário enviar currículo resumido e responder de forma sucinta as seguintes perguntas: Qual o seu interesse em arte e porque se interessou pela oficina?

As vagas do workshop serão preenchidas por ordem de envio do formulário.

Bailarino Marcos Klann apresenta solo "Werwolf" e workshop


Categorias: Março 2014
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 17 Junho 2020 IFSC abre 1.400 vagas gratuitas em cursos de qualificação a distância
até 17 Junho 2020 Prefeitura de Florianópolis lança plataforma digital com mais de 10 mil vagas em cursos online gratuitos


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar