FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Março 2015
Projeto musical “Eu vim da Bahia”



Quando: de 9 a 12 de março, às 20 horas
Onde: Teatro do SESC Prainha
Endereço: Travessa Syriaco Atherino, 100 – Centro
Quanto: Gratuito

De 9 a 12 de março (segunda a quinta-feira), às 20h, o Sesc em Florianópolis (Prainha) promove o projeto musical "Eu vim da Bahia”, mostrando sucessos baianos em formato acústico, com entrada franca. Versões intimistas serão apresentadas ao público pelo percussionista Marco Lobo, anfitrião dos shows, junto com o pianista Rafael Vernet, ao lado de grandes nomes da música brasileira, como Armandinho Macêdo, Mariene de Castro, Virgínia Rodrigues, Alex Mesquita, Margareth Menezes e Alexandre Leão. Os ingressos gratuitos são distribuídos uma hora antes de cada apresentação, por ordem de chegada, sujeito a lotação. A unidade está localizada na Travessa Syriaco Atherino, 100, no centro da capital catarinense.

Armandinho Macêdo

Na abertura, no dia 9, o convidado será o músico baiano Armandinho Macêdo, instrumentista virtuose na guitarra e bandolim, filho de Osmar Macêdo, músico idealizador do trio elétrico. Com 51 anos de carreira, Armandinho ocupa um lugar de destaque na história da Música Popular Brasileira. Ele começou sua trajetória aos 10 anos, no Trio Elétrico Mirim, criado por seu pai junto com Dodô. No final dos anos 1970 com o grupo A Cor do Som, precursor da tendência de unir música regional ao rock, apresentou-se no festival de Montreux e participou de várias turnês pela Europa e Estados Unidos. Nos anos 1990 integrou o projeto "Brasil Musical”, que excursionou pelo país, divulgando a música instrumental, ao lado de Hermeto Paschoal, Egberto Gismonti, Wagner Tiso, Altamiro Carrilho e vários outros. São mais de 30 CDs lançados e uma carreira sólida, que faz com que o músico seja considerado um ícone no gênero. Sua virtuose já foi apresentada em grandes palcos da Europa, Oriente Médio, América do Norte e América do Sul.
Mariene de Castro_crédito Adriano Fagundes

Mariene de Castro

No dia 10, sobe ao palco uma das principais revelações do canto brasileiro, Mariene de Castro, notória por destacar Maracatu e Samba de roda em sua obra. A intimidade com o palco, que fica latente a quem assiste a um show da artista, começou muito cedo. Aos cinco anos, ela já se apresentava em espetáculos de dança no Teatro Castro Alves, em Salvador, sua cidade natal. Na adolescência, soltava a voz como integrante do grupo Timbalada, de Carlinhos Brown e, em 1996, teve a oportunidade de realizar seu primeiro show solo, no Pelourinho. No mesmo dia, na plateia, estavam produtores franceses que se encantaram por Mariene e a convidaram para uma turnê por 20 cidades da França. Seu primeiro CD, "Abre Caminho” foi lançado, de forma independente em 2004, e agraciado com o Prêmio Tim de Cantora Revelação na categoria Cantora Regional. Com a boa repercussão passou a se apresentar com muita frequencia em Salvador, no projeto "Santo de Casa”. Cantora já bastante prestigiada na Bahia, passou a ser mais conhecida no restante do Brasil ao ser convidada pela cantora Beth Carvalho para participar de seu disco e DVD "Beth Carvalho Canta o Samba da Bahia” em 2007. Lançou os CDs "Santo de Casa Ao Vivo” (2010), "Tabaroinha” (2012), o DVD "Ser De Luz – Uma Homenagem A Clara Nunes” (2013) e o CD "Colheita” (2014).

Alex Mesquita e Virginia Rodrigues

No dia 11, a cantora Virgínia Rodrigues e o violonista Alex Mesquita são os convidados. Apelidada de Cinderella from Bahia, a artista é reconhecida internacionalmente. Ela foi descoberta por Caetano Veloso durante um ensaio do Bando de Teatro Olodum, em Salvador, em 1997. Sua música tem influência de música clássica, samba e jazz, ao mesmo tempo que suas letras têm referências a entes do candomblé e umbanda. Sua voz prolixa e grave atinge desde notas agudas até tons mais graves. É uma das cantoras mais respeitadas no circuito dos mais importantes festivais de jazz e world music mundo afora, participando de diversas turnês mundiais.

Alexandre Leão e Margareth Menezes

Para encerrar o projeto, no dia 12, Margareth Menezes, ao lado de Alexandre Leão, exalta a ancestralidade da cultura afro-brasileira e a fusão rítmica da Bahia. Margareth é conhecida por ter um vozeirão singular e ser fiel às raízes, pois mistura na sua música elementos africanos, brasileiros, indígenas e pop, em um movimento que denomina Afropop Brasileiro. A artista possui 25 anos de carreira, soma 21 turnês internacionais (por todos os continentes), 14 CDs/LPs e três DVDs. Ao longo de sua trajetória, conquistou dois troféus Caymmi, dois troféus Imprensa, quatro troféus Dodô e Osmar, além de ser indicada para o GRAMMY Awards e GRAMMY Latino. Conhecida por interpretar a canção "Dandalunda”, a cantora é considerada pelo jornal estadunidense Los Angeles Times, como a "Aretha Franklin brasileira”.
Projeto musical  “Eu vim da Bahia”

Categorias: Março 2015
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 07 Dezembro 2016 Exposição "Conexões Viscerais" e... >> Exposições
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar