FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Abril 2016
Cineclube Badesc exibe gratuitamente Mostra Cinema Brasileiro Agora



Quando: de 25 a 29 de abril, às 19 horas
Onde: Fundação Cultural Badesc
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 216 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/1595826447399111

O Cineclube da Fundação Cultural Badesc exibe gratuitamente dos dias 25 a 29 de abril, de segunda a sexta-feira, às 19h a Mostra Cinema Brasileiro Agora. Cinco filmes, quatro deles inéditos em Florianópolis, foram selecionados para fortalecer a produção de cinema autoral no Brasil. Após as exibições haverá debates com especialistas da área.

“A Mostra é um modo de aproximar o público dos filmes e também os filmes entre si. Assistindo o decorrer da Mostra, ficam evidentes as disparidades entre as produções, mas ao mesmo tempo surgem conexões e espelhamentos inesperados”, explica a curadora da Mostra Clarice Dantas.

Os filmes selecionados são: O Lobo Atrás da Porta, Orestes, Quando eu era vivo, Homem comum, Já visto jamais visto.

A Mostra conta com o apoio da Vitrine Filmes, Sesc-SC, Andrea Tonacci, Carlos Nader e Rodrigo Siqueira.

Programação Mostra Cinema Brasileiro Agora

Dia 25, segunda-feira
O Lobo Atrás da Porta
De Fernando Coimbra. Brasil. 2014. 100 min. Drama, Suspense. 16 anos.
Com Leandra Leal, Milhem Cortaz e Fabiula Nascimento.

O desaparecimento de uma criança faz com que seus pais procurem a polícia. Logo se descobre que o marido mantinha uma amante. A partir de depoimentos dos três, o delegado descobre uma rede de mentiras, vingança e ciúmes.

Comentaristas: André Barcellos, Lucian Chaussard, Thiago Santana e Vitor Viana, membros do podcast de cinema A Conversação.

Dia 26, terça-feira
Orestes
de Rodrigo Siqueira. Brasil. 2015. 93 min. Documentário. 12 anos.

Híbrido de tragédia e documentário, o filme se desenvolve em torno do julgamento de Orestes, que matou o próprio pai – um agente da ditadura militar infiltrado nos movimentos de resistência – 37 anos após vê-lo matar sua mãe.

Comentarista: Nazareno Eduardo de Almeida – doutor em Filosofia pela PUCRS. Atualmente é professor do Departamento de Filosofia da UFSC e do Programa de Pós-graduação em Filosofia da mesma instituição, atuando principalmente nas áreas de Filosofia Antiga, Metafísica, Semiótica Filosófica e Filosofia da Literatura.

Dia 27, quarta-feira
Quando Eu Era Vivo
De Marco Dutra. Brasil. 2014. 108 min. Suspense. 12 anos.
Com Marat Descartes, Antônio Fagundes e Sandy Leah.

Júnior volta a morar com a família depois que perdeu o emprego e se separou da esposa. Após achar alguns objetos que pertenciam à sua mãe, Júnior passa a querer saber tudo sobre a história da família, passando a confundir delírio e realidade.

Dia 28, quinta-feira
Homem Comum
de Carlos Nader. Brasil. 2015. 103 min. Documentário. 10 anos.
Com Nilson de Paula

O cineasta Carlos Nader começou a acompanhar a vida do caminhoneiro Nilson de Paula em 1996. De lá para cá, morte, doença, recomeço e muita estrada fizeram parte da história deste homem comum.

Comentarista: Jair Tadeu da Fonseca – Professor de Teoria Literária na UFSC; pesquisador de Literatura, Cinema e outras artes; Doutor em Literatura Comparada pela UFMG.

Dia 29, sexta-feira
Já Visto Jamais Visto
De Andrea Tonacci. Brasil. 2014. 54 min. Documentário, Drama. Sem classificação.

Andrea Tonacci volta-se para registros seus até então intocados. Imagens de família, viagens, filmes lançados, projetos inacabados… Memórias de um autor que ganham forma com a edição. Quarenta anos de produção repletos de afetos e cinema.

Comentaristas: Andréa C. Scansani – Diretora de Fotografia e professora do curso de Cinema da UFSC; Doutoranda em Meios e Processos Audiovisuais pela ECA/USP; mestre em Multimeios/Cinema pelo Instituto de Artes da UNICAMP; especializada em Fotografia Cinematográfica pela Academia de Cinema e Drama de Budapeste/Hungria; Jorge “Joca” Wolff – professor de literatura na UFSC. Autor de Mário Avancini. Poeta da pedra (Desterro, Letras Contemporâneas, 1996) e Telquelismos latinoamericanos. La teoría crítica francesa en el entre-lugar de los trópicos (Buenos Aires, Grumo, 2009). Tradutor de Nouvelles impressions du Petit Maroc de César Aira (Desterro, Cultura e Barbárie, 2011), Cães heróis de Mario Bellatin (São Paulo, CosacNaify, 2012), Um homem morto a pontapés (Rio de Janeiro, Rocco, 2014) de Pablo Palacio, entre outros. Co-editor das revistas Landa e outra travessia. Cineclube Badesc exibe gratuitamente Mostra Cinema Brasileiro Agora

Categorias: Abril 2016
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 04 Dezembro 2016 8° Algodão Doce Especial Natal reúne arte,... >> Especiais / Outros
até 04 Dezembro 2016 Festival de Queimas Cerâmica Alternativa 2... >> Educação / Cursos
até 06 Dezembro 2016 Filme "O Filho Eterno" de graça ... >> Cinema Gratuito
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar