FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Junho 2016
Programação gratuita de junho do Cinema do CIC



Quando: 26 Junho 2016, Domingo
Onde: Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: Gratuito

Em junho, Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) está com programação de grandes clássicos das décadas de 1960 a 1980 realizados por diretores latino-americanos. Para a primeira semana, estão programados os longas brasileiros Os deuses e os Mortos, de Ruy Guerra; e Cabra marcado para morrer, de Eduardo Coutinho.

As sessões são gratuitas e ocorrem todas as semanas, de quinta-feira a domingo, às 20h. A realização é uma parceria entre Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e o curso de graduação de Cinema da Unidade Pedra Branca, da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA PARA JUNHO DE 2016:

2 e 4 de junho de 2016 (Quinta e Sábado), às 20h
Os deuses e os Mortos
Direção: Ruy Guerra
Duração: 100min
Ano: 1970
País: Brasil
Classificação etária: 10 anos
Sinopse: Década de 30, no sul da Bahia, Brasil, as lutas pelas terras de cacau se intensificam. Um misterioso aventureiro sem nome, ou precedentes, cuja reputação é de ter levado 7 tiros e ter sobrevivido, decide se envolver na luta por terras de cacau. Ele planeja um grande golpe no poderoso Coronel Santana, para roubar suas terras, dinheiro e esposa.

3 e 5 de junho de 2016 (Sexta e Domingo), às 20h
Cabra marcado para morrer
Direção: Eduardo Coutinho
Duração: 120min
Ano: 1984
País: Brasil
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Início da década de 60. Um líder camponês, João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem dos latifundiários do Nordeste. As filmagens de sua vida, interpretada pelos própios camponeses, foram interrompidas pelo golpe militar de 1964. Dezessete anos depois, o diretor retoma o projeto e procura a viúva Elizabeth Teixeira e seus dez filhos, espalhados pela onda de repressão que seguiu ao episódio do assassinato. O tema principal do filme passa a ser a trajetória de cada um dos personagens que, por meio de lembranças e imagens do passado, evocam o drama de uma família de camponeses durante os longos anos do regime militar.

9 e 11 de junho de 2016 (Quinta e Sábado), às 20h
Memórias de subdesenvolvimento
Direção: Tomas Gutierrez Alea
Duração: 110min
Ano: 1968
País: Cuba
Classificação etária: 10 anos
Sinopse: Cuba, início dos anos 1960. Logo após a revolução, os pais, os amigos e a esposa de Sergio (Sergio Corrieri) abandonam a ilha e partem para Miami, nos Estados Unidos. Subitamente sozinho em Havana, ele passeia pelas ruas, acompanha as mudanças e conhece a jovem Elena (Daisy Granados). Prêmio FIPRESCI e Prêmio Dom Quixote no Festival de Karlovy Vary de 1970.

10 e 12 de junho de 2016 (Sexta e Domingo), às 20h
Jango
Direção: Silvio Tendler
Duração: 115min
Ano: 1984
País: Brasil
Classificação etária: Livre
Sinopse: O governo de João Goulart enquanto presidente do Brasil (1961-1964). Trilha-sonora desenvolvida por Milton Nascimento e Wagner Tiso. A edição foi conduzida por Francisco Sérgio Moreira e os produtores associados foram Denise Goulart (filha do ex-presidente) e Hélio Paulo Ferraz. Jango levou mais de meio milhão de espectadores às salas de cinema, tornando-se o sexto documentário de maior bilheteria da história do cinema brasileiro.

16 a 18 de junho de 2016 (quinta-feira a sábado), em horários especiais
Mostra de Cinema do BRDE
Em comemoração pelos seus 55 anos de fundação, o BRDE organiza sua primeira Mostra de Cinema Brasileiro. São filmes produzidos na região sul, com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), do qual o BRDE é o agente financeiro. Esta primeira edição privilegia produções dos três estados da região, com exibições abertas ao público de 16 a 18 de junho, em parceria com o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). Serão exibidos os filmes:

Dia 16 de junho (quinta-feira):
14h30: Iván (de Guto Pasko / PR)
20h: Para minha amada morta (De Aly Muritiba / PR)

Dia 17 de junho (sexta-feira):
14h30: Até que a sbórnia nos separe (De Otto Guerra e Ennio Torresan Jr / RS)
20h: Real beleza (De Jorge Furtado / RS)

Dia 18 de junho (sábado):
14h30: Bruxarias (De Virginia Curia Martinez / RS)
17h: Beira-Mar (De Filipe Matzembacher e Marcio Reolon / RS)
20h: Xucro - Oração do Amor Selvagem (De Chico Faganello / SC)

23 e 25 de junho de 2016 (Quinta e Sábado), às 20h
A Batalha do Chile - A Insurreição da Burguesia
Direção: Patrício Guzman
Duração: 89min
Ano: 1979
País: Chile, Cuba, França
Classificação etária: Livre
Sinopse: Considerado um dos melhores e mais completos documentários latino-americanos, A batalha do Chile é o resultado de seis anos de trabalho do cineasta Patrício Guzmán. A primeira parte da trilogia conta todas as ações da direita.

24 e 26 de junho de 2016 (Sexta e Domingo), às 20h
Chove Sobre Santiago
Direção: Helvio Soto
Duração: 112min
Ano: 1976
País: França
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Filme sobre o golpe militar no Chile em 1973. O filme retrata a preparação e o momento do golpe, quando o governo de Salvador Allende, estando totalmente isolado na área militar, é derrubado. Allende é vitorioso nas eleições presidenciais em 1970 e a Unidade Popular assume o governo, mas não o poder, pois o aparelho de Estado - a organização burocrático-militar - mantém-se intacta. Programação gratuita de junho do Cinema do CIC

Categorias: Junho 2016
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 03 Dezembro 2016 Minicurso "A Tela que Pensa: Filosofi... >> Educação / Cursos
até 03 Dezembro 2016 Pró Universidade realiza aulão gratuito pa... >> Educação / Cursos
até 03 Dezembro 2016 8° Algodão Doce Especial Natal reúne arte,... >> Especiais / Outros
até 03 Dezembro 2016 Festival de Queimas Cerâmica Alternativa 2... >> Educação / Cursos
até 04 Dezembro 2016 Campeonato de Surf na Barra da Lagoa >> Esportes
até 06 Dezembro 2016 Filme "O Filho Eterno" de graça ... >> Cinema Gratuito
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar