FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Julho 2016
Consulesa francesa Alexandra Baldeh Loras visita Quilombo Vidal Martins e ministra palestra gratuita



Quando: 18 Julho 2016, Segunda-feira
Onde: Assembleia Legislativa de SC - Alesc
Endereço: Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310 - Centro
Quanto: Gratuito

Alexandra Baldeh Loras - consulesa da França no Brasil, estará no dia 18 de julho, segunda-feira, a partir das 10h30, visitando 26 famílias residentes no Quilombo Vidal Martins, localizado no Rio Vermelho, em Florianópolis.

A ativista pela Igualdade Racial passará o dia no quilombo conversando com os moradores, conhecendo um pouco da cultura quilombola, alimentação e levantamentos sobre a dificuldade dos moradores principalmente da mulher quilombola em enfrentar a invisibilidade que ainda existe para com elas.

Na mesma noite, a partir das 20h, na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Alexandra Baldeh Loras vai ministrar uma palestra para público, autoridades, movimentos negros e imprensa, com o tema “Barreiras argilosas, obstáculos invisíveis, além do gênero”.

Quando deixar o Brasil em setembro, Loras assumirá a missão francesa na ONU em Nova York.

Sobre a consulesa:
Alexandra Loras é uma das principais vozes internacionais de combate ao racismo

A francesa Alexandra Loras é uma dessas pessoas que tem um propósito de vida bastante claro: acabar com o preconceito racial no mundo por meio da conscientização da sociedade sobre o eurocentrismo da cultura ocidental. Esse é o grande desafio pelo qual Alexandra acredita que vale a pena lutar. Alexandra já é reconhecida como uma referência contra o racismo em todo mundo.

Mestrada em Gestão da Mídia pela Science Po, fala cinco idiomas e já visitou mais de 50 países. Só neste ano participou de 52 eventos sobre diversidade, foi uma das palestrantes convidadas para o TEDx em Cannes, durante os eventos do mês da consciência negra em Harvard e é a idealizadora do primeiro TEDx São Paulo, focado em mulheres negras, que acontecerá dia 23 de julho no Hotel Unique.

Em 2015 falou no TEDx São Paulo, foi uma das painelistas do Fórum de Davos e foi entrevistas por diversos veículos da mídia nacional e internacional.

O que mais chama atenção no discurso de Alexandra é sua fala conciliadora. Como filha de mãe branca de uma família francesa e um pai imigrante da Gâmbia, ela acredita que o racismo será vencido pelos esforços conjuntos entre negros e brancos. “Costumo dizer que não é à toa que me casei com Damien (cônsul geral da França em São Paulo), que é branco e tive um filho branco. Acredito na conciliação entre brancos e negros por meio da conscientização. O branco de hoje não tem culpa pelas atrocidades que foram feitas no passado, mas somos todos responsáveis por solucionar as consequências traumáticas do passado”.

Como consulesa da França em São Paulo, ela teve a oportunidade de levar esse debate à elite paulistana e para a imprensa brasileira como um todo. Apesar de falar em todo o mundo sobre a importância do fim do preconceito contra afrodescendentes, Alexandra acredita que o Brasil é um dos países mais importantes a serem alcançados por essa mensagem: “O Brasil é o país com o maior número de afrodescendentes do mundo depois da Nigéria. 57% da população brasileira é negra, por isso, a transformação da sociedade brasileira no combate ao racismo pode mudar o mundo”.

Com esse objetivo em mente, além de seu trabalho contínuo de palestras sobre diversidade, Alexandra é coautora de um livro que será lançado em julho 2016 com a bibliografia de grandes inventores negros, em parceria do historiador Carlos Machado da Universidade de São Paulo. A ideia surgiu da própria tese de mestrado de Alexandra, que foi sobre a invisibilidade do negro na televisão francesa, da qual era presentadora.

E foi aí que ela começou a pesquisar e descobriu que Paris teve um prefeito negro em 1879 além de outras 30 pessoas negras na história da França entre Ministros, Senadores e Deputados. Descobriu também que os inventores do marcapasso, da geladeira, da antena parabólica, entre outras grandes invenções, eram todos negros.

Outra grande preocupação de Alexandra é empoderar as mulheres negras. Boa parte de seu trabalho voluntário é focado em fazer coaching para mulheres negras de baixa renda. “Essas guerreiras são as chefes de milhares de famílias pobres do Brasil.”. “Elas precisam saber que, apesar da pouca representatividade de mulheres negras na mídia e todas as dificuldades que elas encontram em seu dia-adia elas são cidadãs que podem e devem sonhar em ser o que quiserem”.

Quilombo Vidal Martins:

A extensa pesquisa feita a partir de documentos de cartórios, igrejas e arquivos públicos revelou diversos dados históricos importantes sobre a história da escravidão em Florianópolis.

Hoje, as famílias remanescentes do Quilombo Vidal Martins estão lutando por seus direitos, que foram reconhecidos pelo Decreto Nº 4.887/2003, assinado pelo então Presidente Lula.

O Quilombo Vidal Martins, reconhecido pela Fundação Cultural Palmares em outubro de 2013, é a primeira comunidade quilombola regularizada de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina.

O quilombo é composto por 26 famílias descendentes de escravos trazidos para o distrito do Rio Vermelho, Ilha de Santa Catarina, em meados do século XVIII.

Em 2012, Helena e Shirlen Vidal, integrantes da família Vidal Martins começaram a busca pelo resgate histórico cultural e familiar.

A extensa pesquisa feita a partir de documentos de cartórios, igrejas e arquivos públicos revelou diversos dados históricos importantes sobre a história da escravidão em Florianópolis.

Hoje, as famílias remanescentes do Quilombo Vidal Martins estão lutando por seus direitos, que foram reconhecidos pelo Decreto Nº 4.887/2003, assinado pelo então Presidente Lula.

Em breve será lançado o livro que conta a história da luta e resistência com o titulo: “Luta de Vidal Martins Escravo”.

Programação do dia 18/07:

Visita ao Quilombo Vidal Martins
Horário: a partir das 10h30
Local: Rio Vermelho, Florianópolis

Palestra: Barreiras argilosas, obstáculos invisíveis, além do gênero.
Horário: a partir das 20h
Local: Palácio Barriga Verde – Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina
Endereço: Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310 - Centro, Florianópolis Consulesa francesa Alexandra Baldeh Loras visita Quilombo Vidal Martins e ministra palestra gratuita

Categorias: Julho 2016
Tags: palestra
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 09 Dezembro 2016 Exposição "Conexões Viscerais" e... >> Exposições
até 14 Dezembro 2016 Inscrições para Projeto Verão Cultural CIC... >> Música
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar