FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Abril 2017
Programação gratuita do Cinema do CIC - Março de 2017



Quando: 02 Abril 2017, Domingo, às 20 horas
Onde: Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: Gratuito

O Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) tem sessões gratuitas todas as semanas, de quinta-feira a domingo, às 20h. A realização é uma parceria entre Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e o curso de graduação de Cinema da Unidade Pedra Branca, da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

A primeira semana de março traz à telona do Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) filmes que abordam temas como a arte e a identidade de gênero. Na quinta-feira e no sábado (2 e 4 de março), será exibido o longa Xico Stockinger sobre o artista austríaco aprendiz de Bruno Giorgi; na sexta-feira (3) e no domingo (5) é a vez do documentário Vozeria com personalidades importantes do movimento LGBT e dos Direitos Humanos.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA PARA MARÇO DE 2017:

Dias 2 e 4 de março de 2017 (quinta-feira e sábado), às 20h:
Na quinta-feira (2) haverá debate com o diretor.
Xico Stockinger
Direção: Frederico Medina
Duração: 86 minutos
Ano: 2012
País: Brasil
Classificação etária: 10 anos
Sinopse: Xico Stockinger migra para o Brasil após a Primeira Guerra Mundial. Seu sonho é se tornar piloto de avião, mas sua origem austríaca o proíbe de concluir o curso quando o Brasil ingressa na Segunda Guerra Mundial. Inicia como aprendiz do artista Bruno Giorgi e abraça um novo sonho: a arte. A inabalável capacidade criativa de Xico ao longo da vida repercutiu entre seus contemporâneos e ainda ecoa na sociedade.

Dia 3 e 5 de março de 2017 (sexta-feira e domingo), às 20h:
Vozeria
Direção: Raphaela Comisso
Duração: 54 minutos
Ano: 2015
País: Brasil
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Trazendo reflexões sobre empoderamento, discurso, corpo, desejo, sexismo, identidade de gênero, orientação sexual, transfeminismo e homotransfobia, o documentário entrevista personalidades importantes quando se trata do movimento LGBT e dos direitos humanos, tais como João W. Nery, Amelinha Teles e Luana Hansen, entre outros.

Dias 9 e 11 de março de 2017 (quinta-feira e sábado), às 20h:
O cheiro de papaia verde
Direção: Tran Anh Hung
Duração: 100 minutos
Ano: 1993
País: Vietnã / França
Classificação etária: 10 anos
Sinopse: Premiado em Cannes e pelo British Film Institute, o primeiro longa-metragem do vietnamita Tran Anh Hung conta de forma doce a história de Mui, uma camponesa de 12 anos, contratada para trabalhar como serva na casa de uma família abastada do Vietnã. De temperamento sereno e doce, a menina conquista a matriarca da família, que a vê como uma substituta da filha morta há sete anos.

Dias 10 e 12 de março de 2017 (sexta-feira e domingo), às 20h:
Ciclo
Direção: Tran Anh Hung
Duração: 120 minutos
Ano: 1995
País: Vietnã
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Leão de Ouro no Festival de Veneza, o filme conta a dura vida de trabalhos forçados no início dos anos 1990 em Saigon (Ho Chi Minh). Um jovem condutor de riquixá (tuk-tuk movida por bicicleta) que, um dia, tem a bicicleta furtada e fica endividado com a mulher de quem alugava. Ela então o manda para o gangster Port, que obriga o jovem a cometer atos de vandalismo e pequenos furtos para quitar sua dívida.

Dias 16 e 18 de março de 2017 (quinta-feira e sábado), às 20h:
Lançamento: Túlio
Direção: Marco Martins
Duração: 55 minutos
Ano: 2015
País: Brasil
Classificação etária: Livre
Sinopse: O filme retrata a vida e a obra do compositor e sambista gaúcho Túlio Piva. Natural de Santiago do Boqueirão, Túlio consolidou sua carreira musical em Porto Alegre. Dono de uma batida muito própria no violão, viveu mais de 50 anos de samba. Foi proprietário do bar Gente da Noite, onde compôs grande parte de sua obra e gravou quatro LPs.

Dias 17 e 19 de março de 2017 (sexta-feira e domingo), às 20h:
Zebras
Direção: Javier Zevallos
Duração: 74 minutos
Ano: 2016
País: Argentina
Classificação etária: 10 anos
Sinopse: Antes do Mundial da FIFA de 2014, outro campeonato foi disputado, também no Brasil: a Copa do Mundo de Meninos de Rua. Zebras narra a surpreendente viagem dos garotos da Seleção Argentina ao Rio de Janeiro e a incrível experiência que significou representar o país em um mundial fora de casa.

Dias 23 a 26 de março de 2017 (de quinta-feira a domingo), às 20h:
Elis
Direção: Hugo Prata
Duração: 110 minutos
Ano: 2016
País: Brasil
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: Premiada cinebiografia de Elis Regina - indiscutivelmente a maior cantora brasileira de todos os tempos - tem ritmo energético e pulsante. A trendsetter cultural que sinalizou a mudança de estilos de Bossa Nova para MPB, a "pimentinha" ardente, que viveu uma vida turbulenta. Ao mesmo tempo que chocava-se com a ditadura militar no Brasil, ela lutou com seus próprios demônios pessoais.

Dias 30 de março e 1º de abril de 2017 (quinta-feira e sábado), às 20h:
Especial jornalismo faz documentários (com apresentação dos autores)
Duração: 100 minutos
Ano: 2016
Classificação etária: Livre
Santa Catarina / Brasil

Quando você voltar, de Luan Martendal e Stefanie Damazio
Dados do Ministério da Justiça apontam que cerca de 200 mil pessoas desaparecem por ano no Brasil, muitas delas sem deixar vestígios. Em Santa Catarina, cerca de três mil casos são contabilizados anualmente (42,7% envolvendo crianças e adolescentes). O documentário mostra as principais causas e desfechos de desaparecimentos registrados em Santa Catarina, em especial na Grande Florianópolis, nas últimas décadas.

Livrai-nos do mal, de Guilherme Porcher, Nayara Batschke e Stefanie Damazio
Resgata-se um pouco do histórico do antigo leprosário e as mudanças pelas quais ele passou, após o isolamento ser abolido na década de 1960. O Hospital Santa Teresa, em São Pedro de Alcântara, ainda referência no tratamento da Hanseníase, também mantém vários pacientes daquela época obscura, que não conseguiram se adaptar à vida fora dos muros que cercam a pequena vila.

Ilhados: Cuba e EUA, do Bloqueio à Reaproximação, de Michele de Mello
Três famílias cubanas contam a história da relação política entre a ilha caribenha e os Estados Unidos. O documentário percorre três períodos históricos: 1962, quando foi decretado o bloqueio econômico; 1993, ano em que Fidel Castro aprovou a despenalização do uso do dólar para cidadãos cubanos; e 17 de dezembro de 2014, data em que foi anunciado o restabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países, rompidas desde 1961. Cada família divide um mesmo lar, compartilha diferentes pontos de vista e expectativas sobre as mudanças que ainda podem acontecer.

Dias 31 de março e 2 de abril de 2017 (sexta-feira e domingo), às 20h:
Same same but different
Direção: Detlev Buck
Duração: 107 minutos
Ano: 2009
País: Alemanha / Camboja
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: Expressão comum no sudeste asiático, define a mudança de comportamento neste drama baseado na história de amor do jovem Benjamin Prufer e Sreykeo Solvan. Ben retorna de férias de Phnom Penh, para Alemanha, apaixonado por uma jovem Cambojana. Eles estão namorando, ele trabalha para mandar dinheiro para ela, assim ela deixa de se prostituir e busca outro trabalho. Quando ela descobre que está com HIV ele precisa voltar para ajudá-la.

Programação gratuita do Cinema do CIC - Março de 2017

Categorias: Abril 2017
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 24 Julho 2017 Aulas gratuitas de Tango no Palácio Cruz e... >> Dança
até 25 Julho 2017 Conferência de Patrimônio Cultural em Risc... >> Educação / Cursos
até 29 Julho 2017 Projeto Museus Virtuais terá 22 sessões gr... >> Exposições
até 15 Setembro 2017 Passeio Noturno "Floripa Misteriosa&q... >> Especiais / Outros
até 18 Setembro 2017 Inscrições para A Noite É uma Criança – 16... >> Dança
até 01 Outubro 2017 Projeto literário de âmbito nacional "... >> Educação / Cursos
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar