FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Setembro 2017
Programação gratuita do Cinema do CIC - Agosto de 2017



Quando: 03 Setembro 2017, Domingo
Onde: Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: Gratuito

Durante o mês de agosto, o Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) recebe dois longas nacionais (Elena, de Petra Costa; e Do Outro Lado do Atlântico, co-produção com Cabo Verde dos diretores Danielle Ellery e Marcio Câmara) e os filmes finalistas do Grande Prêmio Cinema Brasileiro, da Academia Brasileira de Cinema (a partir do dia 10). São 18 produções, entre os mais discutidos longas de ficção, importantes longas documentários e seis longas estrangeiros. A mostra acontece simultaneamente em outras capitais e o público pode votar no seu preferido no site da academia.

As sessões ocorrem sempre de quinta-feira a domingo, com entrada gratuita. A realização é uma parceria da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do espaço, e da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) campus Pedra Branca, responsável pela programação.

Cineclube Infantil

Além da programação voltada ao público adulto, o Cineclube Infantil apresenta todos os sábados, às 16h, produções feitas especialmente para a criançada no Cinema do CIC, com entrada gratuita. A iniciativa é uma parceria entre a Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Museu da Imagem e do Som (MIS/SC), e a organização da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Confira a programação do Cineclube Infantil.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA PARA AGOSTO DE 2017:

3 e 5 de agosto (quinta-feira, às 21h; sábado, às 20h):

Elena
Direção: Petra Costa
País: Brasil
Ano: 2013
Duração: 82 minutos
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Elena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar e deixa Petra, a irmã de 7 anos. Duas décadas mais tarde, Petra embarca para Nova York em busca de Elena. Aos poucos, os traços das duas irmãs se confundem, já não se sabe quem é uma, quem é a outra. A mãe pressente. Petra decifra. Agora que finalmente encontrou Elena, Petra precisa deixá-la partir.

4 e 6 de agosto (sexta-feira, às 21h; domingo, às 20h):

Do outro lado do atlântico
Direção: Daniele Ellery, Marcio Câmara
País: Brasil, Cabo Verde
Ano: 2015
Duração: 90 minutos
Classificação etária: Livre
Sinopse: Documentário filmado em terras brasileiras e na ilha do Cabo Verde, para retratar as semelhanças entre as culturas do Brasil e as de países africanos que tem o português como língua oficial.

Grande Prêmio Cinema Brasileiro

10 de agosto (quinta-feira), às 20h:

Menino 23, infâncias perdidas no Brasil
Direção: Belisario Franca
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 80 minutos
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: As investigações do historiador Sidney Aguilar sobre tijolos marcados com a suástica nazista encontrados no interior do Brasil revelam a história de meninos órfãos e negros, vítimas de um projeto criminoso de eugenia. Aluizio Silva, o menino 23, sobreviveu para contar.

11 de agosto (sexta-feira), às 20h:

Aquarius
Direção: Kleber Mendonça Filho
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 142 minutos
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Clara (Sonia Braga), 65 anos, mora de frente para o mar no Aquarius, último prédio de estilo antigo da Av. Boa Viagem, Recife. Jornalista e escritora, viúva e mãe de três filhos adultos, ela irá enfrentar as investidas de uma construtora que quer ver o Aquarius demolido para dar lugar a um novo empreendimento. Dona do seu passado, presente e futuro, Clara irá encontrar nesse conflito uma energia nova e incomum na sua vida.

12 de agosto (sábado), às 20h:

Elis
Direção: Hugo Prata
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 110 minutos
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: A vida de Elis Regina – indiscutivelmente a maior cantora brasileira de todos os tempos, é contada nesta cinebiografia em ritmo energético e pulsante. A trendsetter cultural que sinalizou a mudança de estilos de Bossa Nova para MPB, a “pimentinha” ardente, que viveu uma vida turbulenta. Ao mesmo tempo que chocava-se com a ditadura militar no Brasil, ela lutou com seus próprios demônios pessoais.

13 de agosto (domingo), às 20h:

Boi Neon
Direção: Gabriel Mascaro
Ano: 2015
País: Brasil
Duração: 104 minutos
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Nos bastidores das Vaquejadas, Iremar e um grupo de vaqueiros preparam os bois antes de solta-los na arena. Levando a vida na estrada, o caminhão que transporta os bois para o evento é também a casa improvisada de Iremar e seus colegas de trabalho: Zé, Negão, Galega e sua filha Cacá. O cotidiano é intenso e visceral, mas algo inspira novas ambições em Iremar: a recente industrialização e o polo de confecção de roupas na região do semi-árido nordestino. Deitado em sua rede na traseira do caminhão, sua cabeça divaga em sonhos de lantejoulas, tecidos requintados e croquis. O vaqueiro esboça novos desejos.

17 de agosto (quinta-feira), às 20h:

Cinema Novo
Direção: Eryk Rocha
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 90 minutos
Classificação etária: Livre
Sinopse: Um ensaio poético que investiga um dos principais movimentos cinematográficos latino-americanos, através do pensamento e fragmentos de filmes dos seus principais autores. O filme mergulha na aventura da criação de uma geração de cineastas que inventou uma nova forma de fazer cinema no Brasil – a partir de uma atitude política que juntava arte e revolução – e que tinha como desejo um cinema que tomasse as ruas e fosse ao encontro do povo brasileiro.

18 de agosto (sexta-feira), às 20h:

Animais Noturnos
Direção: Tom Ford
Ano: 2016
País: EUA
Duração: 115 minutos
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: Um escritor pede a sua ex-mulher para ler o manuscrito de seu novo romance, uma história sobre um homem de família cuja vida dá uma guinada sombria.Durante a tensa leitura, Susan pensa sobre as razões de ter recebido o texto, descobre verdades dolorosas sobre si mesma e relembra traumas de seu relacionamento fracassado.

19 de agosto (sábado), às 20h:

Quanto Tempo o Tempo Tem
Direção: Adriana L. Dutra
Ano: 2015
País: Brasil
Duração: 77 minutos
Classificação etária: Livre
Sinopse: O documentário parte do conflito da diretora acerca da questão do tempo e a falta dele em sua vida. Ela, cineasta e empresária cultural, vive correndo contra o tempo com uma rotinas intensa de compromissos numa incessante ânsia para realiza suas tarefas diárias. Afora ela vive um grande desafio: encontrar mais tempo para realizar um documentário, que por contrato, deve ser entregue ao patrocinados em 356 dias. O filme deve ser criado, produzido, e finalizado em 1 ano. O que fazer agora? Com que tempo?

20 de agosto (domingo), às 20h:

Elis
Direção: Hugo Prata
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 110 minutos
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: A vida de Elis Regina – indiscutivelmente a maior cantora brasileira de todos os tempos, é contada nesta cinebiografia em ritmo energético e pulsante. A trendsetter cultural que sinalizou a mudança de estilos de Bossa Nova para MPB, a “pimentinha” ardente, que viveu uma vida turbulenta. Ao mesmo tempo que chocava-se com a ditadura militar no Brasil, ela lutou com seus próprios demônios pessoais.

24 de agosto (quinta-feira), às 20h:

Curumim
Direção: Marcos Prado
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 106 minutos
Sinopse: Últimos momentos de vida de Marco Archer – conhecido como Curumim nas comunidades do surfe e da asa-delta –, o primeiro brasileiro capturado pela polícia tailandesa a ser condenado à pena de morte por tráfico de drogas.

25 de agosto (sexta-feira), às 20h:

A Garota Dinamarquesa
Direção: Tom Hopper
Ano: 2016
País: Alemanha, Bélgica, Dinamarca, EUA, Reino Unido
Duração: 120 minutos
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: A história do pintor dinamarquês EinarWegener que, em 1931, foi uma das primeiras pessoas a se submeter a uma cirurgia de mudança de sexo, tornando-se uma mulher e passando a se chamar Lili Elbe.

26 de agosto (sábado), às 20h:

Eu Sou Carlos Imperial
Direção: Renato Terra e Ricardo Calil
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 90 minutos
Classificação etária: Livre
Sinopse: Figura lendária da cultura brasileira, Carlos Imperial descobriu artistas como Roberto e Erasmo Carlos, Tim Maia, Wilson Simonal e Elis Regina. Compôs clássicos como “A Praça”, “Vem quente que eu estou fervendo”, “Mamãe passou açúcar em mim” e “Nem vem que não tem”. Ainda fez sucesso no teatro, no cinema e na política. Cafajeste, mentiroso e mulherengo assumido, Imperial criava factoides para promover seus lançamentos e conquistar espaço na mídia. Para ser fiel à pilantragem de seu personagem, “Eu Sou Carlos Imperial” mostra sua trajetória misturando verdades e mentiras, ficção e realidade, depoimentos documentais e outros encenados.

27 de agosto (domingo), às 20h:
31 de agosto (quinta-feira), às 20h:


Pscicanálise e Cinema, debate promovido pela Maiêutica.

Mãe só há uma
Direção: Anna Muylaert
Ano: 2016
País: Brasil, França
Duração: 82 minutos
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Escola, bicicleta, baseado, banda de rock. Pierre é um jovem de classe média como todos os outros. Um dia a polícia bate a sua porta e sua vida vira de cabeça pra baixo. Após um exame de DNA, aquela que ele pensava ser sua mãe é presa. Pierre se vê forçado a trocar de mãe, de casa, de escola e de nome. Em sua nova identidade, ele passa a ser chamado de Felipe. É quando seus lados mais íntimos e ocultos saem do armário, doa a quem doer.

1º de setembro (sexta-feira), às 20h:

Nise, o coração da loucura
Direção: Roberto Berline
Ano: 2015
País: Brasil
Duração: 108 minutos
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Ao sair da prisão, a doutora Nise da Silveira volta aos trabalhos num hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, resta a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma revolução regida por amor, arte e loucura.

2 de setembro (sábado), às 18h e às 20h:

18h: A Garota Dinamarquesa
Direção: Tom Hopper
Ano: 2016
País: Alemanha, Bélgica, Dinamarca, EUA, Reino Unido
Duração: 120 minutos
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: A história do pintor dinamarquês EinarWegener que, em 1931, foi uma das primeiras pessoas a se submeter a uma cirurgia de mudança de sexo, tornando-se uma mulher e passando a se chamar Lili Elbe.

20h: Cícero Dias, O Compadre de Picasso
Direção: Vladimir Carvalho
Ano: 2016
País: Brasil
Duração: 79 minutos
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: A trajetória artística e pessoal do pintor pernambucano Cícero Dias, um dos nomes mais significativos do movimento modernista brasileiro.

3 de setembro (domingo), às 18h e às 20h:

18h: Animais Noturnos
Direção: Tom Ford
Ano: 2016
País: EUA
Duração: 115 minutos
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: Um escritor pede a sua ex-mulher para ler o manuscrito de seu novo romance, uma história sobre um homem de família cuja vida dá uma guinada sombria.Durante a tensa leitura, Susan pensa sobre as razões de ter recebido o texto, descobre verdades dolorosas sobre si mesma e relembra traumas de seu relacionamento fracassado.

20h: Marias
Direção: Joana Mariani, Leticia Giffoni
Ano: 2016
País: Brasil, Cuba, México, Peru e Nicarágua
Duração: 75 minutos
Classificação etária: Livre
Sinopse: “O filme surgiu de uma constatação: temos 24 países na América Latina, e todos eles tem como padroeira Maria, ”relata a diretora Joana Mariani. “Por que? Por que para tantas pessoas, Maria tem tanta importância? Saímos atrás de respostas para esta pergunta.” “Marias” não se propõe a dar uma resposta a pergunta acima, e sim várias respostas, abrindo assim a conversa sobre os valores femininos e a valorização deles nos tempos atuais. Nossa Senhora é adorada e importante para a América Latina porque representa estes valores. O acolhimento, a compreensão, o cuidado, a crença. Em tempos de agressividade, os braços sempre abertos de Maria trazem alento.
Programação gratuita do Cinema do CIC - Agosto de 2017


Categorias: Setembro 2017
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 25 Fevereiro 2018 Inscrições para workshop gratuito de defesa pessoal feminina
até 25 Fevereiro 2018 Trilha Medita do Vale da Utopia da Guarda do Embaú com prática de yoga e meditação orientada
até 25 Fevereiro 2018 Inscrições para cursos gratuitos de teatro de animação, instrumentos e prática de orquestra do IFSC
até 26 Fevereiro 2018 Inscrições para aulas gratuitas de dança, alongamento e ginástica 2018/1
até 26 Fevereiro 2018 Palestra gratuita Os Mistérios dos Antigos Celtas
até 28 Fevereiro 2018 Inscrições para curso pré-vestibular gratuito do Einstein Floripa 2018


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar