FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Fevereiro 2018
CurtaDoc lança primeira Coleção EducaDoc com exibição gratuita de 20 curtas-metragens brasileiros



Quando: 28 Fevereiro 2018, quarta-feira, às 15 horas
Onde: Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/314978738907360
e-mail: curtadoc@contraponto.tv

A primeira Coleção EducaDoc, com 20 curtas-metragens brasileiros, será lançada na quarta-feira, 28 de fevereiro, às 15h, no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. A entrada é gratuita.

Produzida pelo CurtaDoc, em parceria com o Núcleo de Estudos da Infância, Comunicação, Cultura e Arte (NICA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a coleção de documentários tem uma tiragem inicial de mil cópias do box, contendo dois DVDs e o Caderno Pedagógico. Todos os filmes têm a opção de legendas para Surdos e Ensurdecidos (LSE). O material será distribuído para educadores de todo o país.

A seleção de documentários está organizada em quatro eixos temáticos: Direitos Humanos, Arte e Literatura, Política e Memória, Diversidade Brasileira. Os filmes foram escolhidos com base no acervo online do CurtaDoc, projeto transmídia da produtora Contraponto dedicado ao documentário latino-americano. “O nosso objetivo é estimular o CurtaDoc como um meio de difusão, distribuição e estímulo do documentário como uma ferramenta pedagógica. E nesta coleção temos curtas-metragens muito importantes que fazem parte da história recente do documentário no país”, explica Kátia Klock, diretora do projeto: Eh Pagu, eh (Ivo Branco, 15min, SP, 1982), O Rito de Ismael Ivo (Ari Candido, 11min, SP, 2003), Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba (Ricardo Dias e Thomaz Farias, 10min, RJ, 2007), Amapô (Kiko Goifman, 11min, SP, 2008), Fruto da Terra (Tetê Moraes, 15min, RJ, 2008), Várias Vidas de Joana (Cava Borges e Abelardo de Carvalho, 9min, RJ, 2009), Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos (Camilo Cavalcanti, 12min, PE, 2009), O Mago dos Viadutos (Eliane Café, 7min, SP. 2008), Chacal Palavra Filme (Piu Gomes, 19min, SP, 2016), entre outros.

Além dos DVDs, a coleção conta com um caderno produzido pelo NICA com sugestões de mediações pedagógicas para cada filme, voltadas principalmente para o Fundamental II e o Ensino Médio. De acordo com Gilka Girardello, coordenadora do Núcleo, o principal mérito da coleção é colocar uma produção brasileira diversa e de qualidade nas mãos dos educadores. “São diferentes estilos e temas que permitem uma liberdade de escolha para os professores, levando em consideração aspectos pedagógicos, sociais, culturais e estéticos.”

A coordenadora da curadoria, Lícia Brancher, explica que o EducaDoc começou a ser pensado a partir da necessidade dos educadores em terem acesso à produção audiovisual brasileira, impulsionada com a Lei Nº 13.006 que determina a exibição de filmes nacionais nas salas de aula. “A partir de 2014, começamos a realizar oficinas nas escolas de Florianópolis com o apoio do NICA, o que fortaleceu a nossa parceria e ajudou a construir essa ponte com os professores.” As discussões com os professores também contribuíram para a escolha do suporte da coleção. “O DVD ainda é um suporte que permite a exibição em qualquer lugar, porque hoje todas as escolas têm equipamento de projeção, mas nem todas possuem acesso à internet”, complementa Lícia.

Educadores de todo o Brasil podem receber o kit da Coleção EducaDoc. Basta enviar um e-mail com endereço completo e nome da instituição que representam (se houver) para curtadoc@contraponto.tv

O EducaDoc é uma realização da Contraponto, produtora sediada em Florianópolis, e tem como patrocinadores as empresas Parati, Oxford, Tigre e Instituto Carlos Roberto Hansen. Todos acreditam que esta seja uma possibilidade de reforçar a relação entre o cinema, a educação e a sociedade. O projeto é realizado com os recursos da Lei Rouanet do Ministério da Cultura.

Sobre o CurtaDoc

O CurtaDoc nasceu em 2009 como um programa para o SescTV no Brasil e, desde 2011, também é um acervo de documentários online e gratuito com mais de 1350 filmes. Os principais objetivos são mapear a produção de filmes de não-ficção, fortalecer a rede de realizadores latino-americanos, contribuir para a democratização do acesso ao audiovisual, servir como fonte de pesquisa e difundir o cinema como patrimônio imaterial. Na televisão brasileira, o programa contribuiu para fomentar a cultura deste gênero com exibição e discussão dos filmes. Em oito anos, foram três temporadas com 141 episódios, mais de 500 pessoas entrevistadas e 450 documentários brasileiros e latino-americanos licenciados e exibidos.
CurtaDoc lança primeira Coleção EducaDoc com exibição gratuita de 20 curtas-metragens brasileiros


Categorias: Fevereiro 2018
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar