FaceBook Instagram Twitter


Mostra Aliança Francesa de Cinema exibe gratuitamente sete produções contemporâneas



Quando: de 19 a 23 de novembro
Onde: Fundação Cultural Badesc
Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 216 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/2222910711341686

A prestigiada Mostra Aliança Francesa de Cinema chega à terceira edição em 2019 e apresenta em Florianópolis um recorte da produção contemporânea em língua francesa. Entre os dias 19 e 23 de novembro, sete produções recentes serão exibidas gratuitamente na Fundação Cultural Badesc, Centro da Capital. A comédia Le Poulain, de Mathieu Sapin, abre a mostra no dia 19, às 19h.

A seleção apresenta filmes produzidos nos últimos três anos e que evidenciam temas sociais e muito atuais – na França, mas com eco também no Brasil e no mundo: o poder político, a integração, a diferença, a luta por direitos. A curadoria é assinada pela Aliança Francesa Florianópolis em parceria com a Fundação Cultural Badesc a partir do acervo do Institut Français.

— A programação mostra várias facetas da sociedade francesa. Do mundo político até a escola pública, passando pela legalização do casamento entre casais do mesmo gênero. Além de mostrar uma realidade de uma sociedade em movimento, também remete à história da França, marcada pelas imigrações e lutas sociais. Na verdade, não é possível entender uma sociedade sem conhecer o seu passado, a sua história — afirma Solène Leblanc-Maridor, diretora da Aliança Francesa de Florianópolis.

Outra temática que desponta em três filmes — À voix haute: la force de la parole, M e Le Poulain — é a da voz, do discurso, da forma de falar.

— Esse tema tem um sentido especial para Aliança Francesa, que além da programação cultural é um centro de aprendizagem da língua. O que revela a nossa forma de falar? A língua como vetor de emancipação, de exclusão ou de manipulação? — questiona Solène.

Bastidores da política na França na comédia Le Poulain

Lançado em 2018, Le Poulain é uma comédia ambientada nos bastidores da campanha política na França. O protagonista Arnaud (Finnegan Oldfield), um jovem de 25 anos, sem qualquer experiência profissional ou em política, entra para a equipe de campanha de um candidato à eleição presidencial francesa. Ele fica fascinado pelas técnicas e meandros desse mundo, assim como por Agnès (Alexandra Lamy), a diretora da campanha especialista em comunicação política e que não hesita em virar a casaca se isso servir ao próprio interesse.

O diretor, Mathieu Sapin, usou a experiência que ganhou com políticos como François Hollande ou Emmanuel Macron como inspiração — mas garante que a obra é ficção e não tem nada a ver com a experiência pessoal. Sapin, aliás, é conhecido pelo trabalho como autor de história em quadrinhos e o filme é a sua estreia como diretor de cinema.

A Mostra Aliança Francesa de Cinema 2019 é viabilizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio da ENGIE. Apoio do Consulado da França em São Paulo, do Institut Français, do Institut Français do Brasil e da Fundação Cultural Badesc. A coordenação é Marte Cultural. Realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal.

PROGRAMAÇÃO

Terça, 19/11
19h – Le Poulain, de Mathieu Sapin
França. 2018. 97 min. Comédia.
Arnaud, 25 anos, entra na equipe de campanha de um candidato à eleição presidencial francesa. Ele fica fascinado pelas técnicas e meandros desse mundo, assim como por Agnès, a diretora da campanha.

Quarta, 20/11
19h – Corniche Kennedy, de Dominique Cabrera
França. 2016. 94 min. Drama.
Um grupo de adolescentes que aproveita o verão na praia de Marselha acaba por se envolver com o tráfico de drogas.

Quinta, 21/11
19h – Primaire, de Hélène Angel
França. 2016. 105 min. Drama.
Apaixonada pela profissão, a professora Florence percebe que o jovem Sacha é negligenciado pela mãe. Irritada com a falta de iniciativa dos colegas, Florence se dispõe a fazer de tudo para ajudá-lo.

Sexta, 22/11
17h – A socióloga e o ursinho (La sociologue et l’ourson), de Etienne Chaillou e Mathias Théry
França. 2016. 78 min. Documentário.
Interpretada por ursinhos de pelúcia e brinquedos, o filme ilustra a discussão entre a socióloga Etienne Chaillou e seu filho sobre o processo legislativo que ocorreu na França, entre 2012 e 2013, para legalizar o casamento entre casais do mesmo gênero.

19h – M, de Sara Forestier
França. 2016. 100 min. Drama.
Lila, uma jovem tímida e com gagueira, se apaixona por Mo, um piloto de corridas clandestinas que esconde um segredo.

Sábado, 23/10
15h – À voix haute: la force de la parole, de Stéphane de Freitas, Ladj Ly
França. 2016. 99 min. Documentário.
Todos os anos, a Universidade de Saint-Denis realiza um concurso com o objetivo de eleger o melhor orador. Mas além da retórica, esse é um momento no qual os alunos podem aprender mais sobre si mesmos.

17h – Wallay, de Berni Goldblat
França. 2017. 84 min. Drama.
Um garoto de 13 anos é enviado de sua casa na França para morar com seus parentes na zona rural de Burkina Faso.
Mostra Aliança Francesa de Cinema exibe gratuitamente sete produções contemporâneas


Categorias: 2019
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 25 Novembro 2019 Programa Jovem em Ação oferece 1,3 mil vagas gratuitas em cursos de capacitação profissional
até 25 Novembro 2019 Inscrições para 3,3 mil vagas em cursos gratuitos técnicos e Proeja do IFSC
até 30 Novembro 2019 Prefeitura abre cinco mil vagas em aulas gratuitas de defesa pessoal para mulheres


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar