FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Dezembro 2015
Agenda das sessões gratuitas do projeto Museus Virtuais 2015



Quando: 12 Dezembro 2015, Sábado
Onde: Centro Integrado de Cultura (CIC)
Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica
Quanto: Gratuito

O projeto Museus Virtuais, que traz educação, cultura e entretenimento para a comunidade por meio da tecnologia, estreia uma nova temporada de apresentações em Florianópolis, desta vez realizada no Cinema do CIC – Centro Integrado de Cultura.

Durante a atividade, uma visita virtual por museus e galerias de todo o mundo é conduzida por um arte-educador, que aborda um tema específico da história da arte, como Renascença, Arte Clássica ou Arte Brasileira, entre outros. Nesta nova fase do projeto, mais dois temas foram incorporados à programação: Arte Moderna, que apresenta as principais escolas artísticas europeias, como Futurismo, Abstracionismo, Dadaísmo, Surrealismo e Expressionismo, e mostra obras de grandes gênios criativos, como Picasso, Matisse, Salvador Dalí e Miró, expostas em locais importantes, como o Instituto de Artes de Chicago e a Galeria Nacional de Arte Moderna de Roma; e Arte Contemporânea em Espaços Abertos, que faz um passeio pelos jardins do Instituto Inhotim, em Minas Gerais, mostrando obras de artistas renomados, como Adriana Varejão, Tunga, Cildo Meireles e Hélio Oiticica, e em um segundo momento aborda a street art em grandes centros urbanos, como Bogotá, Roma e Londres.

A nova temporada do Museus Virtuais estreia no dia 6 de agosto, em uma sessão especial para convidados, e então segue com uma programação com 56 sessões gratuitas, 13 delas abertas ao público em geral e 43 destinadas à escolas da rede pública municipal. Em ambos os casos, é preciso realizar agendamento prévio pelo site www.institutomaratonacultural.com . Confira abaixo a agenda completa de sessões abertas ao público e um descritivo detalhado sobre cada um dos temas abordados.

"Esta nova fase do Museus Virtuais no CIC traz grandes oportunidades ao projeto, pois além de levarmos as crianças para as sessões virtuais, poderemos colocá-las em contato com um museu "real", no caso o MASC – Museu de Arte de Santa Catarina, que fica ao lado do cinema”, comenta Heitor Lins, coordenador do projeto Museus Virtuais. "Fizemos essa mudança após percebermos que cerca de 90% das crianças que participavam das visitas nunca tinham ido a um museu de verdade!”, completa.

O projeto é uma realização do Instituto Maratona Cultural, com patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Há também o apoio cultural da UNIMED e apoio institucional da Fundação Catarinense de Cultura. As visitas virtuais são realizadas com utilização da plataforma Google Art Project.


Conheça os roteiros temáticos do projeto

A Arte Clássica
A National Gallery de Londres e a Gemäldegalerie de Berlin agregam uma rica coleção de arte clássica apresentada nesta exposição virtual, a qual propõe conduzir o público visitante à contemplação de mais de quatro séculos de história da arte ocidental: da Renascença ao Romantismo. Através das obras de grandes artistas como Rafael, Tiziano, Caravaggio, Veronese, Rembrandt, Velazquez, entre outros, apreciaremos a delicadeza, a força, a proporção estética expressa na beleza contemplativa dos personagens da mitologia, da cristandade ou em retratos de importantes membros do clero e da nobreza. Estes gênios da arte criaram obras apreciadas em todo mundo e através delas serão discutidos conceitos sobre estilo, técnicas, como foram concebidas, quem os artistas retratavam, com que objetivo e relação de metáforas da existência de uma época.

Cotidiano
Este tema visa desenvolver o olhar estético para a diversidade de ações que envolvem a figura humana. Veremos retratos de damas, heróis, políticos, de pessoas populares, do homem símbolo de seu tempo; as relações familiares, de trabalho, o lazer, a frivolidade. Esta intervenção refere-se ao cotidiano e tem por objetivo estudar a variada gama inspiradora ao longo dos séculos, com novas escolas, novas musas, renovando a arte e o olhar sobre ela. No Museu Nacional de Amsterdã na Holanda, conheceremos a arte barroca de Rembrandt, Frans Hals e Vermeer. Através das pinturas poderemos perceber os costumes, o modo de vestir-se, as paisagens rural e urbana da sociedade europeia dos séculos XVII e XVIII. No Smithsonian Museum de Washington (EUA) veremos a representação da cultura americana nos séculos XIX e XX em cenas populares, esportivas, musicais, além da rica coleção de retratos presidenciais.

Onde Vivem as Musas
Uma vez imortalizadas em esculturas, pinturas, objetos, as musas ganharam uma morada própria: os museus. Estes são em um só tempo residência para as obras de arte como a própria obra em si. Pensando em estimular o olhar do público para a relevância do estilo arquitetônico e estrutural dos museus enquanto espaços culturais ativos, propõe-se o tema "Onde Vivem as Musas". Veremos museus integrando arte, decoração e arquitetura em uma mesma linguagem e estilo. Neste roteiro conheceremos a história de dois importantes museus: O Hermitage de São Petersburgo na Rússia, onde observaremos o estilo arquitetônico do antigo palácio integrado com as esculturas e pinturas que caracterizam a maior coleção de arte do mundo e o Museu D'Orsay em Paris onde iremos contemplar a transformação de uma estação de trem na principal galeria de arte impressionista, a qual serve de residência para quadros de Van Gogh, Monet, Degas, Renoir, Toulouse-Lautrec, Cezanne e tantos outros mestres.

A Renascença Italiana e a Capela Sistina
Nos séculos XIV, XV e XVI uma nova arte floresceu na Itália e germinou o espírito renascentista por todo o ocidente. Da inspiração clássica greco-romana surgiu a arte secular da beleza, contemplada pelo público que reverencia os artistas como mestres da arte. O cenário para esta mostra é um mergulho virtual na Galeria Uffizi em Florença, cidade berço do Renascimento Italiano, onde apreciaremos obras de Giotto, Cimabue, Botticelli, Leonardo da Vinci, Rafael, Michelangelo, Tiziano, Caravaggio. Em Roma, ao som suave de um coral lírico, faremos uma imersão na Capela Sistina, templo do que foi considerado um dos milagres da arte: os afrescos de Michelangelo. No teto, as imagens do livro da Gênesis entre profetas, sibilas e gnudis nos mostrarão o vigor da Alta Renascença, enquanto que no painel atrás do altar, o Juízo Final nos será apresentado por um novo aspecto, a Renascença Tardia. Este roteiro nos propiciará um encontro com a arte, o simbólico, o belo ideal de um tempo navegando por lugares de grande importância histórica, hoje prestigiados centros turísticos.

A Arte Brasileira
Este tema pretende tratar da produção artística no Brasil do período imperial ao modernismo. O modo como artistas nacionais e estrangeiros pintaram a fauna, a flora, a paisagem, o homem, seus mitos, culturas e tradições. Ao caminhar pelas galerias da Pinacoteca do Estado de São Paulo teremos a oportunidade de apreciar um panorama representativo da arte brasileira. O século XIX nos ofereceu como legado o academicismo, os retratos imperiais, o romantismo tardio, as cenas históricas. Já o século XX iniciou dominado por um ambiente cultural francês, cuja influência da Belle Époque foi sentida diretamente na pintura seja no modo de representação como na inserção de novos temas. O impressionismo chegou ao país juntamente com a pintura de nus e as cenas do cotidiano. Durante a década de 1920 a necessidade de mudanças provocou a realização da Semana de Arte Moderna e um fervor manifesto em busca de nacionalismo, o que trouxe novas questões sobre a produção artística no Brasil. Algumas obras dos mais importantes modernistas brasileiros pertencem ao acervo do MASC e fazem parte desta exposição virtual. Neste roteiro iremos observar trabalhos de artistas como Pedro Américo, Victor Meirelles, Almeida Junior, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Portinari, Di Cavalcanti.

Arte Moderna em Exposição
Em fins do século XIX e início do século XX surgiram diversos movimentos artísticos na Europa, sobretudo em Paris. Artistas de diferentes nacionalidades criaram novas estéticas que modificaram o cenário da pintura e escultura e abriram caminhos para novos procedimentos e meios de expressão. Gênios criativos como Picasso, Matisse, Salvador Dalí e Joan Miró tornaram-se ícones culturais ao liderarem movimentos de vanguarda modernista e constituírem novas tendências, por vezes abstrata e geométrica, em outras pela liberação de sentimentos e emoções ou pela composição surreal de fantasias oníricas. As obras destes grandes artistas estão expostas em importantes museus do mundo como o Instituto de Artes de Chicago, um dos museus escolhidos para esta mostra virtual. Na Galeria Nacional de Arte Moderna de Roma conheceremos as principais escolas europeias como o Futurismo, o Abstracionismo, o Dadaísmo, Surrealismo e Expressionismo.

Arte Contemporânea - Espaço Aberto
O "Museu Virtual” apresenta uma exposição de arte contemporânea pelas salas e jardins do charmoso Instituto Inhotim em Brumadinho/MG. Neste roteiro poderemos apreciar obras de artistas de diferentes países do mundo e renomados brasileiros como Adriana Varejão, Tunga, Cildo Meireles e Helio Oiticica. Em meio a uma extensa área de floresta e jardim botânico, os projetos artísticos, muitas vezes em grandes dimensões, dialogam com a natureza e o paisagismo envolvente do instituto mineiro. O segundo momento desta mostra acontece pelas ruas de grandes capitais como Bogotá, Roma e Londres que oferecem espaços abertos à Street Art transformando o cenário das cidades em galerias urbanas. Uma ótima oportunidade para conhecer e discutir os diferentes meios de apresentação da arte na contemporaneidade.


Agenda das Sessões Abertas ao Público

Agosto
12/08 (quarta-feira) às 20h – Tema: Onde Vivem as Musas
15/08 (sábado) às 17h – Tema: Cotidiano
29/08 (sábado) às 17h – Tema: A Arte Brasileira

Setembro
12/09 (sábado) às 17h – Tema: A Renascença Italiana e a Capela Sistina
19/09 (sábado) às 17h – Tema: Arte Moderna em Exposição
23/09 (quarta-feira) às 20h – Tema: Arte Contemporânea – Espaço Aberto

Outubro
10/10 (sábado) às 17h – Tema: A Arte Clássica
14/10 (quarta-feira) às 20h – Tema: Onde Vivem as Musas
31/10 (sábado) às 17h – Tema: Cotidiano

Novembro
04/11 (quarta-feira) às 20h – Tema: A Arte Brasileira
14/11 (sábado) às 17h – Tema: A Renascença Italiana e a Capela Sistina
28/11 (sábado) às 17h – Tema: Arte Moderna em Exposição

Dezembro
12/12 (sábado) às 17h – Tema: Arte Contemporânea – Espaço Aberto

*Datas e horários estão sujeitos a alteração
*As inscrições estarão disponíveis sete dias antes de cada sessão na página inicial do site:
www.institutomaratonacultural.com
Agenda das sessões gratuitas do projeto Museus Virtuais 2015
Categorias: Dezembro 2015
Tags: Museus, Arte
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 23 Agosto 2017 Inscrições abertas para duas oficinas grat... >> Educação / Cursos
até 23 Agosto 2017 Inscrições para oficinas gratuitas da Pala... >> Educação / Cursos
até 23 Agosto 2017 Projeto Capoeira da Ilha promove aulas gra... >> Esportes
até 26 Agosto 2017 Projeto Museus Virtuais terá 22 sessões gr... >> Exposições
até 30 Agosto 2017 Workshops do Prêmio Desterro – 8° Festival... >> Dança
até 30 Agosto 2017 Inscrições para oficina gratuita de Inicia... >> Educação / Cursos
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar