FaceBook Instagram Twitter


Samba de Terreiro na Escadaria do Rosário



Quando: 15 Abril 2019, segunda-feira, das 18h às 20h
Onde: Escadaria do Rosário
Endereço: Rua Marechal Guilherme, 60 - Centro
Quanto: Gratuito
Evento no FB: www.facebook.com/events/324347388272305

Há mais de 2 anos, o projeto Samba de Terreiro promove rodas de samba com apresentações gratuitas e abertas ao público na Escadaria do Rosário, no Centro de Florianópolis.

A próxima edição ocorrerá na segunda-feira, 15 de abril, a partir das 18h, em seu local de origem, na Escadaria do Rosário. Com o lema “Samba de Terreiro conta a nossa história”, o evento propõe divulgar essa forma de executar o samba e de preservar um dos principais elementos da cultura afro-brasileira, bem como valorizar os guardiões da Velha Guarda.

Com o proposito de resgatar a história do samba, o projeto realizou a primeira apresentação em três de janeiro de 2017. Na estreia, reuniu mais de mil pessoas na Escadaria do Rosário e, desde lá, já foram 23 apresentações, sempre ganhando a simpatia e o coração do público.

Antes da apresentação das músicas, os coordenadores iniciam cada roda com a explicação sobre o que é samba de terreiro ou samba de quadra e o objetivo do projeto. Entre os compositores que fizeram história, estão nomes como Silas de Oliveira, Noel Rosa de Oliveira, Dona Ivone Lara, Chico Santana, Paulo da Portela, Padeirinho e Cartola. O público que quiser cantar junto, tem acesso ao caderno das letras através do evento no Facebook.

As edições do Samba de Terreiro Florianópolis são gratuitas e mantidas, até o momento, com o trabalho voluntário dos integrantes. Ao todo, são mais de 40 pessoas na equipe entre músicos, pesquisadores e administração.

Neste ano, houve patrocínio e apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis através da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude e Fundação Franklin Cascaes.

Organizado por historiadores, sambistas e produtores, o projeto Samba de Terreiro na Escadaria da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos propõe a preservação e a divulgação da memória de uma das manifestações culturais musicais tocadas, cantadas e dançadas, inicialmente nos terreiros e, depois, nas quadras das escolas samba do Rio de Janeiro e de Florianópolis a partir dos anos de 1930.

Entre os principais objetivos do projeto estão:
- Valorização do samba de terreiro;
- Apresentar, narrar e explicar os sambas que fizeram sucesso nos terreiros das escolas a partir dos anos de 1930 no Rio de Janeiro e também nas escolas de Florianópolis, como na Embaixada Copa Lord. Estes sambas serão tocados e cantados por músicos que fizeram história e defendem essa cultura. Faz parte do projeto, além da apresentação das músicas, a explicação sobre o que é samba de terreiro ou samba de quadra;
- O projeto tem como finalidade manter a roda de samba aos moldes do que era tocado ou cantado nos terreiros nas escolas de samba a partir dos anos de 1930. Portanto, não serão admitidos instrumentos ou releituras que levem a outros ritmos do próprio samba, como choro, lundu, samba canção, entre outros. Importante: o samba de terreiro é o centro, com os devidos instrumentos de percussão (surdo, cuíca, tamborim, pandeiro), além de cavaco e violão.
- O samba de terreiro ou de quadra tem características que precisam ser respeitadas em sua forma de execução e de andamento. O projeto vai respeitar tais características;
- Será uma roda aberta a novos talentos, desde que entendam a hierarquia do sambista: respeito aos mais velhos e a preservação da memória do samba e das Velhas Guardas.
Samba de Terreiro na Escadaria do Rosário


Categorias: 2019
Tags: SAMBA
Deixe seu comentário!







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 27 Maio 2019 Inscrições para mais de 900 vagas em cursos gratuitos da Escola Livre de Artes (ELA)
até 27 Maio 2019 Inscrições para o Floripa Teatro 2019 - 24º Festival Isnard Azevedo


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar