FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Fevereiro 2016
Concerto gratuito ao ar livre "Intervenções Musicais" do Dromedário Loquaz



Quando: 21 Fevereiro 2016, Domingo, às 17 horas
Onde: Parque da Luz
Endereço: Alto da Rua Felipe Schimidt - Centro
Quanto: Gratuito

Neste domingo, dia 21 de fevereiro, o Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz dá a largada para as comemorações dos seus 35 anos de história com o projeto Intervenções Musicais que todo mês irá reunir piano e canto em um concerto ao ar livre, onde serão interpretadas peças solos para piano, árias operísticas e canções populares.

A primeira apresentação acontecerá no Parque da Luz (área verde na cabeceira da Ponte Hercílio Luz, altos da Rua Felipe Schmidt), às 17 horas, que será palco de um Concerto de piano e canto em plena luz do dia. Em caso de chuva, o evento será transferido para o próximo domingo.

A cada apresentação o grupo apresentará repertório diferenciado e contará com a participação de cantores convidados. Sob a coordenação artística da diretora Sulanger Bavaresco, nesta edição participam o pianista Eugênio Menegaz e a soprano Alicia Cupani, integrantes do Dromedário Loquaz, acompanhados por dois cantores líricos convidados, o tenor Thompson Magalhães e a soprano Marta Grazziotin.

Mesmo sem patrocínio, o grupo pretende oferecer até o final de 2016 edições mensais da ação artística em diversos parques, praças e áreas verdes de Florianópolis. Um convite a moradores e visitantes para desfrutarem de finais de tarde acompanhados por boa música em importantes espaços de convivência com a natureza na cidade.

O grupo – Fundado em 1981 por Isnard Azevedo e Ademir Rosa, o Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz soma em seu histórico mais de 20 montagens teatrais. Na última década o coletivo tem alternado a produção de espetáculos teatrais com outros musicais, dando origem em 2006 ao Núcleo Lírico, que aposta principalmente na desmistificação e popularização do gênero operístico.

Equipe Artística Intervenção Musical Parque da Luz:

Eugênio Menegaz - pianista
O pianista, que possui mestrado em piano na UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina iniciou seus estudos de música no Instituto de Artes da Universidade de Passo Fundo e em Porto Alegre.
Morou na Hungria, onde recebeu orientação de professores da Academia Franz Liszt, de Budapeste e realizou diversos cursos de interpretação pianística com Jeno Jendo, Sokolay Balazs e István Lantos (Hungria); Dirce Knijnik e Ney Fiakow (Brasil); Cristina Ortiz (Inglaterra); Judit Gábos (Romênia).
Realizou concertos na Hungria, Eslováquia, Iugoslávia e Alemanha.
Em 2011 realizou turnê pela Hungria com o recital Dél-Amerikal Líra e além de sua participação em espetáculos do Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz tem se apresentado como pianista em óperas, operetas e acompanhando diversos cantores líricos em Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Alicia Cupani - soprano
Licenciada em Música, Especialista em Educação Musical e Mestre em Musicologia (Unesp); aperfeiçoou-se em canto lírico com Neyde Thomas (PR) e Liborio Simonella (Buenos Aires).
Integrou diversos grupos incluindo o Coro Sinfônico de Paris, França (1994-95).
Como solista tem se apresentado em diversas obras sacras, recitais de câmara e óperas como La Traviata, As Bodas de Fígaro e A Flauta Mágica. Apresentou-se em Lisboa, Portugal, no musical Imaginária Ilha Catarina.
Foi selecionada para o Concurso Internacional BBC Cardiff Singer of the World 2007, etapa brasileira (RJ); e prêmio Menção Honrosa no X Concurso Aldo Baldin.
É professora de Canto, no Departamento de Música da Universidade do Estado de Santa Catarina/ UDESC, onde realiza espetáculos musicais através do Projeto VivaVoz UDESC.
Desde 2006 participa de projetos e espetáculos do Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz.

Marta Grazziotin – soprano
Diplomada no curso superior de piano pelo Instituto de Artes da Universidade de Passo Fundo – UPF a soprano iniciou seus estudos de canto com a professora Reny Graeff Sudbrack, aperfeiçoando-se com o maestro Túlio Belardi e com renomadas cantoras como Rita Contino e Graziela Zographos (Uruguai), Neyde Thomas (Curitiba), Floriana Cavalli (Miláo) e Raquel Pierotti (Barcelona).
Atuou em concertos, óperas e oratórios com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Orquestra de Câmara de Porto Alegre, Orquestra SESI-FUNDARTE, Camerata Classe A, Trio Montevidéo, Quinteto Sinopus e Quinteto Promenade de Montevidéo – Uruguai.
Foi solista nas óperas La Bohème, Cosi Fan Tutti e Il matrimônio Secreto, entre outras.
Gravou o CD Açude, Cantares e Encontros com o violinista Mário Barros.
Com o pianista Eugênio Menegaz e o baixo Ernani Hass apresentou-se em salas de concerto e teatros em turnê realizada na Hungria em 2006.

Thompson Magalhães – tenor
Graduado em música pela Universidade Federal do Mato Grosso(UFMT), estreou na ópera como o protagonista Alfredo, na ópera La Traviata de Verdi do Projeto VivaVoz da UDESC. Ainda em Florianópolis participou do musical O Fantasma da Ópera, do Projeto VivaVoz UDESC e da ópera Carmen, produção da Cia de Ópera de Santa Catarina.
Em 2015 participou do Miami Summer Music Festival (MSMF), cantando em produções do MSMF Opera Institute, e na qualidade de ‘top performers’ do festival atuou como solista no New World Center Concert, renomada sala de concerto de Miami, sob a direção do maestro Michael Rossi.
Com o coaching Sergio Puig (EUA) participou dos concertos Zarzuela in the Summer Nights do MSMF Zarzuela Program. Ainda no mesmo ano, atuou como Ferrando na opera Cosi fan Tutte de Mozart na Companhia Opera Fusion em Fort auderdale/Fórida
(EUA). Ali trabalhou com o consagrado barítono americano Dean Peterson e com Birgit Fioravante.
Atualmente vem aprimorando e desenvolvendo repertório com o coaching Sergio Puig da Florida Gran Opera, tendo estudado também com Paul OffenKrantz (Boyton Beach\Fl) e o renomado Many Perez (Miami\Fl).

Sulanger Bavaresco – coordenação artística
Natural de Videira/SC. Produtora cultural, diretora e atriz, é graduada em Artes Cênicas pela UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina e atua no âmbito teatral desde 1984 e desde 2011 é acadêmica da ACLA - Academia de Artes e Letras de Santa Catarina.
Pelo Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz dirigiu os espetáculos Agnus Dei, adaptação de Sulanger Bavaresco, em 1995; Quinnipak – mundos de vidro, adaptação de Sulanger Bavaresco em 2002 e 2005; Jardim das Delícias (parceria com Grupo Armação) em 2006 e 2008; Árias Públicas, em 2012; Um deus dormiu lá em casa, de Guilherme Fiqueiredo com direção de Sulanger Bavaresco em 2012/15; e Spollium – as irmãs siamesas, de José Rubens Siqueira em 2014/15.
Desde 2005 participa ativamente da cena operistica de Florianópolis, como assistente de direção nas montagens de ópera pela Cia Ópera de Santa Catarina e como diretora de operetas pela Camerata Florianópolis, entre outras ações de ópera.
Idealizou e executou em 2012 o espetáculo Árias Públicas, que levou para a Rua Felipe Schmidt um pianista e 10 cantores liricos em performance que encantou a cidade.
Ao lado do pianista Eugênio Menegaz e da soprano Alicia Cupani desenvolve projetos que objetivam a desmistificação e popularização do genero operístico.

Realização: Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz
Apoio: Associação dos Amigos do Parque da Luz Concerto gratuito ao ar livre "Intervenções Musicais" do Dromedário Loquaz

Categorias: Fevereiro 2016
Tags: Concerto
Deixe seu comentário!
comentários







Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 09 Dezembro 2016 Exposição "Conexões Viscerais" e... >> Exposições
até 14 Dezembro 2016 Inscrições para Projeto Verão Cultural CIC... >> Música
até 17 Dezembro 2016 Inscrições para oficinas gratuitas de comp... >> Educação / Cursos
até 25 Dezembro 2016 Inscrições abertas para o 4º Bazar Vegano ... >> Especiais / Outros
até 28 Maio 2017 Ironman Florianópolis 2017 abre inscrições >> Esportes
Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter
Buscar