FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Fevereiro 2017
Espetáculo "A Armadilha de Medusa" da Elefants Companhia de Teatro



Quando: 3, 4, 10 e 11 de fevereiro, às 21 horas
Onde: Teatro Governador Pedro Ivo
Endereço: Rodovia SC 401, 4600 - Saco Grande
Quanto: R$40 inteira e R$20 meia-entrada

As experimentações no teatro praticadas a partir da virada do século XX abriram possibilidades para criações artísticas que ecoam até hoje. Por isso, a Elefants Companhia de Teatro resgata o teatro francês modernista e apresenta ao público de Florianópolis o espetáculo “A Armadilha de Medusa” nos dias 3, 4, 10 e 11 de fevereiro, sextas-feiras e sábados, sempre às 21 horas, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Sobre a peça

A Armadilha de Medusa foi escrita em 1913 pelo francês Erik Satie, grande pianista do modernismo que completaria 150 anos em 2016. Sua única peça teatral, considerada dadaísta e precursora do Teatro do Absurdo, apresenta as aventuras dos novos-ricos e a especulação financeira como matéria-prima. O personagem central da peça é um rico investidor, chamado barão Medusa, que quer casar sua filha Frisette com um jovem recomendado pelo general. Medusa, sujeito desconfiado e um tanto paranoico, resolve testar a lealdade do pretendente de sua filha com uma armadilha. Desenrola-se então uma série de acontecimentos que parecem não levar a lugar nenhum, mas provém apenas da necessidade de aparente controle da situação pelo barão.

Essa peça é fruto de uma época de experimentações artísticas que aconteceram no final do século XIX e início do século XX. Sua rapidez parece ter ecoado do “Manifesto dos dramaturgos futuristas” (1911), assinado por Marinetti, que defendia um teatro rápido, ágil e entusiasmado. A armadilha de Medusa é considerada uma das precursoras do que viria a se chamar, nos anos 1960, “teatro do absurdo”.

A montagem resgata o teatro francês modernista com uma encenação grotesca e cômica. A ideia principal da direção artística desta montagem é fazer com que o público se depare com uma imagem velha e antiquada, como se olhasse para uma fotografia antiga, em contraposição ao discurso contemporâneo que a peça propõe. A encenação traz ao palco o equilíbrio entre o risível e o trágico, e o grotesco tem papel fundamental nesta montagem. As músicas composta pelo autor para a peça serão executadas em piano ao vivo e dançadas por um bailarino-macaco, com coreografias de dança contemporânea.

Com tradução de Marina Bento, "A Armadilha de Medusa" é uma “comédia lírica em um ato”, encenada pelos atores da Elefants Companhia de Teatro, de Florianópolis. As cenas são intercaladas pela música de Satie, executada por um pianista ao vivo, acompanhada da dança de três bailarinos-macacos, com coreografias de dança contemporânea. “Queremos trazer ao palco o equilíbrio entre o risível e o trágico, portanto as formas são deturpadas, o cenário é estruturado na desproporção e os personagens na deformidade”, explica Márcio Cabral, diretor da companhia.

O espetáculo é realizado através da Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), com patrocínio da ENGIE Brasil Energia e da Allfood e apoio da Polyphonia Khoros, Garagem da Dança e Fundação Catarinense de Cultura (FCC). A coordenação geral é da Marte Inovação Cultural e a realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Sobre o grupo

A Elefants Companhia de Teatro é um grupo de Florianópolis constituído por artistas com experiência em atuação, direção, iluminação e dança. Tem em seu portfólio as peças Romeu e Julieta – Shakespeare para todos, que estreou em 2014, e Amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu Jardim, de 2013. O coletivo, além de peças teatrais, oferece oficinas de teatro, concepção e confecção de figurino e cenário. A partir de 2017, o grupo também oferecerá cursos permanentes de teatro.

Ficha Técnica:

Direção Geral: Márcio Cabral
Assistência de direção: Marina Bento e Willian Mario
Coreografia: Paula Dias
Assistência de coreografia: Willian Mario
Texto: Erik Satie
Tradução: Marina Bento
Concepção do Cenário; Concepção e Confecção dos Figurinos: Márcio Cabral
Iluminação: Gabriel Guedert
Fotografia: Rodrigo Melleiro e Fabiano Augusto
Realização: Elefants Companhia de Teatro

Elenco:
Barão Medusa: Márcio Cabral
Policarpo: Lorenzo Lombardi
Frisette: Marina Bento
Astolfo: Gabriel Guaraciaba
Pianista (Erik Satie): Felipe Soares
Macaco: Willian Mario
Cavalo: Paula Scheidt

Classificação: 16 anos
Espetáculo "A Armadilha de Medusa" da Elefants Companhia de Teatro


Categorias: Fevereiro 2017
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 19 Setembro 2017 Prefeitura oferece curso gratuito de idiom... >> Educação / Cursos
até 19 Setembro 2017 Serviço de Atenção Psicológica Sapsi da UF... >> Especiais / Outros
até 19 Setembro 2017 2ª Semana Inclusiva Grande Florianópolis t... >> Exposições
até 19 Setembro 2017 Primavera parisiense com mais de três mil ... >> Exposições
até 19 Setembro 2017 Projeto Capoeira da Ilha promove aulas gra... >> Esportes
até 23 Setembro 2017 Circuito Sesc de Caminhadas na Natureza - ... >> Esportes


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar