FaceBook Twitter Google+
Início » Arquivo » Eventos de Março 2018
252ª Procissão do Senhor dos Passos



Quando: 17 e 18 de março
Onde: Capela do Hospital de Caridade, Catedral Metropolitana - Centro
Quanto: Gratuito

Tradição entre os católicos catarinenses desde 1766, a Procissão do Senhor dos Passos celebra em 2018 sua 252ª edição. Realizada anualmente, sempre 15 dias antes da Páscoa, a procissão mobiliza milhares de fiéis no cortejo pelas ruas do Centro de Florianópolis. A edição deste ano acontecerá nos dias 17 e 18 de março, mas a programação das celebrações começa uma semana antes, com uma missa na Capela Menino Deus.

Tradição entre os católicos catarinenses desde 1766, a Procissão do Senhor dos Passos celebra em 2018 sua 252ª edição. Realizada anualmente, sempre 15 dias antes da Páscoa, a procissão mobiliza milhares de fiéis no cortejo pelas ruas do Centro de Florianópolis. A edição deste ano acontecerá nos dias 17 e 18 de março, mas a programação completa das celebrações tem início já no dia 11 de março.

Há 252 anos, a Procissão do Senhor dos Passos ganha às ruas do Centro da capital catarinense como símbolo de fé e história. A festividade iniciou em 1766, após dois anos uma embarcação com destino a cidade de Rio Grande (RS), ter atracado na Ilha do Desterro trazendo a imagem baiana de Senhor Jesus dos Passos. Por uma vontade divina, assim acreditaram os católicos da Ilha, a vinda por engano da escultura que rememora o sofrimento de Jesus Cristo crucificado, se tornou símbolo de devoção. A imagem é atribuída ao escultor baiano Francisco das Chagas.

A Procissão do Senhor dos Passos é Patrimônio Cultural Imaterial de Santa Catarina, conforme Decreto n° 2.504 de 2006. Está em processo de ser registrada como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), todo registro fotográfico e documental já foi realizado durante os anos de 2014, 2015 e 2016 e agora tramita em questões burocráticas. A expectativa da Irmandade do Senhor dos Passos era que a certificação sairia antes do evento deste ano, porém até o momento não existem informações sobre o registro.

Segundo levantamentos históricos, a Procissão Senhor dos Passos já figura entre os maiores eventos de fé do Brasil, ficando somente atrás do Círio de Nossa Senhora de Nazaré e das homenagens ao Padre Cicero, em Juazeiro do Norte, e que enche de orgulho os fiéis de Santa Catarina. Esse é o principal motivo de tanta dedicação e fé, para todos os membros da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos.

Um dos grandes desafios para edição deste ano é atrair ainda mais jovens para o evento, para que se possa manter viva a história e a Procissão.

Alguns momentos marcam a tradição, como as missas que iniciam 10 dias antes da tradicional Procissão, a cerimônia da Lavação da Imagem, realizada sempre na quinta-feira que antecede o evento, realizada por crianças de até 7 anos simbolizando a pureza e na sequência os adultos secam a imagem. A cerimônia prepara o Senhor Jesus dos Passos para a saída às ruas. Rito ocorre quinze dias antes da Sexta-Feira Santa. As crianças passam um pano embebido em água perfumada nos pés, rosto e mãos da imagem. Esta água perfumada e benta é distribuída entre as pessoas que a procuram para a cura de algum mal. Distribuição é feita na Capela Menino Deus. Além disso, a Procissão do Carregador, que é realizada no sábado de manhã, no sábado à noite, a Procissão da Transladação das Imagens do Senhor Jesus dos Passos e da Nossa Senhora das Dores; e por fim, na tarde de domingo, a Procissão propriamente dita, que consagra o final dos festejos.

A imagem

Esculpida em madeira pelo baiano Francisco Chagas, a imagem de Nosso Senhor Jesus dos Passos estava originalmente destinada a uma igreja da cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul (RS). Em 1764, o barco que a trazia fez escala para abastecimento na antiga Nossa Senhora do Desterro (Florianópolis). Após três tentativas frustradas em seguir viagem ao Rio Grande, devido às fortes tempestades, a tripulação tomou como sinal divino de que a imagem deveria permanecer na cidade, onde já havia recebido visitas nos dias que permaneceu no porto. Dois anos depois, em 1766 foi realizada a primeira Procissão.

A imagem representa a primeira queda de Jesus a caminho do Calvário. Em tamanho natural, tem o joelho esquerdo apoiado no chão e as mãos seguram a grossa cruz amparada no ombro esquerdo. A túnica de tecido roxo decorada com bordados dourados deixa a mostra os pés do Senhor dos Passos. No rosto escorrem suor e sangue, provocados pela coroa de espinhos que prendem os longos cabelos.

Os momentos da Procissão

- O trajeto: as imagens saem da Catedral Metropolitana de Florianópolis. A imagem do Nosso Senhor Jesus dos Passos e a Imagem de Nossa Senhora das Dores fazendo trajetos diferentes. O cortejo é aberto por um estandarte, chamado Guião, onde se lê a sigla S.P.Q.R. - Senado de Todo o Povo Romano - e segue, então, restituindo os passos do Calvário, numa representação da "Via Crucis". Milhares de pessoas acompanham a Procissão. Integram o cortejo pessoas da comunidade representando as figuras de José de Arimatéia, Nicodemus, São João, Maria Mãe, Maria Madalena, Simão Cirineu, Três Beús e a Verônica, que acompanharam Cristo em direção ao Monte Calvário.

Nesse cortejo participam também os pagadores de promessas. No decorrer da Procissão, acontecem algumas paradas, chamadas de "estações da Via Crucis". É neste momento que Verônica canta anunciando a dor de Cristo. Após o canto, a matraca (instrumento de madeira e ferro) é tocada e o seu som é o sinal para dar prosseguimento ao cortejo.

- Sermão do Encontro: após percorrer o centro da cidade as imagens retornam para a frente da Catedral, acontecendo o Sermão do Encontro, com o Encontro das duas imagens: Senhor Jesus dos Passos - o Filho - e Nossa Senhora das Dores - a Mãe. É neste momento que acontece o "Sermão do Encontro"

- Retorno para Capela Menino Deus: após o Sermão do Encontro as duas procissões se unificam e seguem em direção à Capela do Menino Deus, no Morro da Boa Vista, simbolizando o Monte Calvário.

Participação de Dom Orlando Brandes

O catarinense Dom Orlando Brandes, 71 anos, arcebispo de Aparecida, está confirmado como a grande novidade na Procissão Senhor dos Passos deste ano. Ele será o responsável pelo sermão na tarde de domingo, 18, o Sermão do Encontro. Após as imagens saírem da catedral e percorrerem o Centro da cidade, retornam para frente da mesma, acontecendo o Sermão, com o Encontro das duas imagens: Senhor Jesus dos Passos - o Filho - e Nossa Senhora das Dores - a Mãe. Após o Sermão do Encontro, as duas procissões se unificam e seguem em direção à Capela Menino Deus, no Morro da Boa Vista, simbolizando o Monte Calvário.

Réplicas

Os devotos do Senhor Jesus dos Passos podem conferir réplicas fiéis à imagem original em 20 paróquias da Grande Florianópolis. O ritual de distribuição das imagens faz parte da programação da Procissão do Senhor dos Passos.

As réplicas, produzidas no intuito de democratizar ainda mais a devoção pelo Senhor Jesus dos Passos, já estão expostas nas seguintes paróquias:

Catedral Metropolitana – N. S. do Desterro e Alexandria - Centro;
Igreja São Francisco - Centro;
Igreja Santo Antônio – Centro;
Igreja São Sebastião – Centro;
Igreja de Nossa Senhora de Lourdes e São Luís - Agronômica
Igreja da Santíssima Trindade – Trindade;
Capela Militar Cristo Rei – Trindade;
Igreja de São Francisco Xavier – Monte Verde;
Igreja Santo Antônio – Santo Antônio de Lisboa;
Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe – Canasvieiras;
Santuário do Sagrado Coração de Jesus - Ingleses;
Igreja de Nossa Senhora da Imaculada Conceição – Lagoa da Conceição;
Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus – Prainha;
Igreja da Boa Viagem – Saco dos Limões;
Igreja João Maria Vianney – Rio Tavares;
Capela Santa Catarina de Alexandria do Colégio Catarinense - Centro;
Santuário de Nossa Senhora de Fátima - Estreito
Igreja Nossa Senhora do Carmo – Coqueiros;
Igreja Santo Antônio – Campinas – São José
Igreja São João Batista e Santa Luzia - Capoeiras

Alterações do trânsito

A Guarda Municipal e Polícia Militar farão fechamento de ruas para garantir o bom andamento do cortejo e a segurança dos fiéis. Os motoristas devem ficar atentos quanto às mudanças no trânsito na região. Na sexta-feira (16), durante a noite, cones serão colocados nas ruas Menino Deus, Bulcão Viana, Tiradentes e no entorno da Praça XV de Novembro, para impedir o estacionamento de veículos nestes locais.

No sábado (17), o trânsito será interrompido a partir das 8h e das 18h nas ruas que fazem parte do trajeto da Procissão: Menino Deus, Bulcão Viana, Tiradentes, Ilhéus e Tenente Silveira, no trecho em frente à Catedral Metropolitana de Florianópolis. Após o cortejo, o fluxo de veículos será liberado.

Já no domingo (18), às 5 horas, as ruas Tiradentes e Bulcão Viana serão fechadas para os fiéis confeccionarem tapetes referentes à festividade. Já à tarde, às 16h, o trânsito será interrompido novamente para o percurso. A caminhada sai da Catedral Metropolitana, passa pelas ruas Tenente Silveira, Deodoro, Largo da Alfândega, Largo João Paulo II, Tiradentes, Bulcão Viana, Menino Deus, finalizando na Capela Menino Deus, no Imperial Hospital de Caridade.

Durante as missas, tanto de sábado como de domingo, o tráfego da rua Arcipreste Paiva será desviado para a rua Vidal Ramos, assim como o da rua Tiradentes e do entorno da Praça XV. A Guarda Municipal estará por todo o trajeto para auxiliar no trânsito e na segurança dos cidadãos.

Programação da Procissão Senhor dos Passos 2018:

DOMINGO | 11/03

08h - Missa na Capela Menino Deus da Investidura de Novas(os) Irmãs e Irmãos

QUARTA-FEIRA | 14/03

19h30 - Missa e Bênção do Santíssimo Sacramento na Capela Menino Deus

QUINTA-FEIRA | 15/03

6h30 – Tradicional Lavação da Imagem do Senhor Jesus dos Passos na Capela Menino Deus

09h - Missa e Administração do Sacramento da Unção dos Enfermos na Capela Menino Deus

19h30 - Missa e Bênção do Santíssimo Sacramento na Capela Menino Deus

SEXTA | 16/03

19h30 - Missa e Bênção do Santíssimo Sacramento na Capela Menino Deus

SÁBADO | 17/03

07h30 - Procissão do carregador: No sábado da quinta semana da Quaresma, após a celebração da missa às sete horas da manhã, acontece a Procissão do Carregador. Começa com a mudança das alfaias, que compreendem vários objetos utilizados na Procissão como castiçais, mesas, suportes, escadinha da Verônica, baús e crucifixos, da Capela do Menino Deus para a Catedral

18h - Missa na Capela Menino Deus em honra do Senhor Jesus dos Passos

20h - Transladação das imagens: as imagens são levadas no sábado à noite para a Catedral, onde ficam até à tarde de domingo, quando ocorre a cerimônia da Procissão
Animador: Pe Márcio Alexandre Vignoli

DOMINGO | 18/03

9h30 - Missa na Catedral Metropolitana com a participação do Senhor Jesus dos Passos
Local: Catedral Metropolitana de Florianópolis
Celebrante: Dom Wilson Tadeu Jonck, SCJ

16h - Procissão do Senhor Jesus dos Passos: representa um momento de profunda religiosidade popular, particularmente visível nos símbolos e rituais da preparação e celebração. Contagia todo o povo católico do mundo, a devoção ao Senhor Jesus dos Passos, no caminho de sofrimento, crucificação, morte e ressurreição de Cristo, passagem que se revive durante a Semana Santa, segundo o Calendário Litúrgico da Igreja Católica
Pregador: Dom Orlando Brandes
252ª Procissão do Senhor dos Passos


Categorias: Março 2018
Deixe seu comentário!





Cinema Gratuito
Exposições


Inscrições abertas
até 23 Abril 2018 Inscrições para o Floripa Teatro 2018 - 23º Festival Isnard Azevedo
até 27 Abril 2018 Inscrições para Oficina gratuita de Relaxamento e Meditação na UFSC
até 30 Abril 2018 Serviço de Atenção Psicológica Sapsi da UFSC recebe inscrições para Grupo de Cessação do Tabagismo


Curta nossa Fan-page
Siga-nos no Twitter


Buscar